quarta-feira, maio 30, 2007

Tema dos nossos dias

Greve dos trabalhadores dos eléctricos 1912 aut.Benoliel
Greve Geral-Largo de S.Domingos -1912 -aut.Benoliel

Greve de operários 1912-aut.Benoliel

Em 30 de Maio de 2007
Dados a considerar pelos comentadores de serviço para melhor entenderem os níveis de adesão aos movimentos grevistas em Portugal.

Do Jornal “Público” de hoje (dados do INE)

Alguns números
646,7
mil trabalhadores com contrato a prazo no primeiro trimestre deste ano

883,6
mil trabalhadores a recibo verde

188,7
mil trabalhadores que não estão efectivos, nem a prazo

66,1
mil trabalhadores em regime de subemprego visivel

PS:Comissão Nacional de Protecção de dados (CNPD) proibiu “qualquer tratamento autónomo de dados pessoais, relativos aos trabalhadores aderentes a greves por considerar ser um procedimento descriminatório”.
Como era o propósito da Direcção –Geral de Impostos do Governo do Partido Socialista!!

Nota : Fotografias de Joshua Benoliel do Arquivo Fotográfico Municipal da CML

terça-feira, maio 29, 2007

REFLEXÕES

Greve de varinas, início séc.XX-cliché de Johsua Benoliel

A Solução... de Bertolt Brecht

Após a insurreição de 17 de Junho
O secretário da União de escritores
Fez distribuir panfletos na Alameda Estaline
Em que se lia que, por culpa sua,
O povo perdeu a confiança do governo
E só à custa de esforços redobrados
Poderá recuperá-la.Mas não seria
Mais simples para o governo
Dissolver o povo
E eleger outro?
-Saber mais sobre Benoliel-pressionar
Notas:Fotografia de Benoliel ,Arquivo Fotográfico Municipal da CML

segunda-feira, maio 28, 2007

Palácio da Pena e Palácio de Setais na tutela de Parques de Sintra Monte da Lua

Aprovado em conselho de Ministros a alteração de estatutos da Empresa Parques de Sintra Monte da Lua que gere os parques de Sintra.


Quem faz parte dos PSML:
-Instituto dos Museus e da Conservação 34%
-Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade 36%
-Turismo de Portugal 15%
-Câmara Municipal de Sintra 15%


Os palácio da Pena e o palácio de Seteais vão também juntar-se à tutela da Sociedade, que já gere espaços verdes como o Parque da Pena e monumentos como o Convento dos Capuchos e o Palácio de Monserrate.

domingo, maio 27, 2007

PRÉMIOS LITERÁRIOS DE SINTRA


Estão abertas as inscrições para os Prémios Literários de Sintra – Adolfo Simões Müller, infanto-juvenil, e Vergílio Ferreira, ensaio literário – ambos promovidos pela Câmara Municipal de Sintra. Até 2 de Julho, podem concorrer, com trabalhos inéditos, todos os autores nacionais.

_Saber mais sobre os prémios literários de Sintra-pressionar

sexta-feira, maio 25, 2007

Fim de semana alternativo

II ENCONTRO DE ALTERNATIVAS EM SINTRA 2007

MÚSICA, TEATRO, POESIA, ANIMAÇÃO, ARTES CIRCENCES, OFICINAS, ARTESANATO, CONFERÊNCIAS, TERAPIAS, ASSOCIAÇÕES DE DESENVOLVIMENTO HUMANO, MASSAGENS, PRODUTOS BIOLÓGICOS, ENERGIA SOLAR, COZINHA VEGETARIANA.

25, 26 E 27 DE MAIO DE 2007

JARDIM DA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE SINTRA, CASA MANTERO PERTO DA ESTAÇÃO DA CP DE SINTRA

SEXTA-FEIRA DAS 15H ÀS 24H
SÁBADO DAS 10H ÀS 24H
DOMINGO DAS 10H ÀS 23H

http://encontroalternativas.blogspot.com/

quinta-feira, maio 24, 2007

Bandeiras azuis nas praias do litoral Sintrense

Este ano foram galardoadas com bandeiras azuis 189 praias.Sintra vai ter 5 praias em que a bandeira azul vai flutuar:
Praia de S.Julião

Praia do Magoito
Praia das Maçãs
Praia Grande
Praia da Adraga
Praia da Adraga
Praia Grande
Praia das Maçãs

Praia do Magoito
Praia de S.Julião

-Fonte utilizada –Jornal Público-ver
-Fotos:PedroMacieira
-Imagem da Praia S.Julião-Google Earth



quarta-feira, maio 23, 2007

O Meme dos rios

Da Violência

Do rio que tudo arrasta se diz que é violento.
Mas ninguém diz violentas
As margens que o comprimem.
Bertolt Brecht
Wickie, do Sol de Domingo gentilmente atribuiu ao "Rio das Maçãs" a responsabilidade de criar um Meme.
MEME:
Os memes podem ser ideias ou partes de idéias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma. O estudo dos modelos evolutivos da transferência de informação é conhecido como memética.
Agradecendo esta distinção,não irei neste momento passar esta incumbência, por total falta de um novo critério de selecção, depois dos "Thinking bloggers awards" feitos recentemente.
-Foto feita no rio das Maçãs/ribeira de Colares

terça-feira, maio 22, 2007

Que futuro para o antigo Parque de Campismo da Praia Grande?

No "Diário de Noticias" de 22-05-2007

"Com o aproximar do Verão, o antigo parque de campismo da Praia Grande, em Sintra, pode transformar-se numa "situação explosiva". O alerta é do deputado Francisco Lopes, do partido Os Verdes, que ontem voltou a visitar o local a convite da comissão de utentes e da Quercus."Faz exactamente um ano que estivemos aqui e a situação é agora particularmente grave", afirmou. "Apesar dos esforços dos antigos utentes, que mantêm alguma vigilância e manutenção do espaço, o parque de campismo foi deixado ao abandono", sublinhou o deputado. As instalações foram encerradas em Setembro de 2005 por falta de condições e abandonadas pela empresa arrendatária, a Wondertur." (ler notícia integral-aqui)

No "Alvor de Sintra" 22-05-2007

"Construído há mais de vinte anos num terreno privado classificado de Reserva Ecológica Nacional (REN), o Parque de Campismo da Praia Grande, entretanto arrendado à empresa Wondertur, foi encerrado pela Câmara de Sintra em Setembro de 2005, quatro meses após os ocupantes dos 600 alvéolos terem recebido cartas anunciando a desactivação.
Na origem da comunicação estaria um despacho da Direcção-Geral de Turismo, de Outubro de 2003, que ordenava a "interdição temporária" da estrutura por falta de condições sanitárias, mas mais de um ano e meio depois de fechar portas, continua desconhecido o destino dos 50 mil metros quadrados do parque, ocupado apenas por caravanas, tendas e electrodomésticos abandonados e por uma moradia cujo proprietário é desconhecido.
Ontem, a comissão de utentes, a Quercus e o Partido Ecologista "Os Verdes" promoveram uma visita ao espaço que consideram ter-se tornado "uma lixeira" para exigir a intervenção dos poderes políticos." (ler notícia integral-aqui)
-Post relacionado-pressionar

- Imagem aérea retirada do Google Earth

segunda-feira, maio 21, 2007

INFLUÊNCIAS

-Eshwege,conheceria decerto o Castelo de Stolzenfelds construído pela traça de Schinkel e Schnitzel...
...assim como o de Rheinstein construído por Lassaulx.
-Mas segundo Regina Anacleto, o que mais é morfológicamente parecido com a Pena, é o Castelo de Babelsberg, da autoria de Schinkel acabado precisamente no ano de 1835-data que o Barão (Eshwege) retorna a Portugal.


Notas:
Foto do Castelo de Stolzenfeld retirado daqui
Foto do Castelo de Rheinstein retirado daqui
Foto do Castelo de Babelsberg, retirado daqui
Foto do Palácio da Pena :Pedro Macieira
Texto utilizado extraído de: "O Palácio da Pena turismo cultural num Palácio Nacional" aut. Alexandre Garcia da Fonseca

domingo, maio 20, 2007

sábado, maio 19, 2007

Especulações jornalísticas ?

O Presidente da Câmara de Sintra esteve na ribalta,(sem ser por motivos futebolísticos) nos últimos dias. Aqui ficam algumas notícias que foram surgindo, e também a que saiu hoje no semanário "Sol":

“As fintas de Seara
Quando Marques Mendes, com um sorriso confiante, disse há uma semana aos jornalistas que o PSD iria apresentar «muito em breve» um candidato «forte, credível e para vencer» já tinha o ‘sim’ de Fernando Seara. Aliás, dois ‘sins’”

Correio da Manhã

SintraVox


Alvor de Sintra

«Seara alegou que "por questões pessoais, entendi que não tinha condições" para ser o candidato do PSD à Câmara de Lisboa

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Fernando Seara, disse ontem que, "por "questões pessoais", entendeu não ter "condições" para aceitar o convite do PSD para ser o candidato social-democrata às eleições intercalares para a autarquia de Lisboa.»
( Terça-feira, 15 de Maio de 2007 )

Kontunkonto-4ª mostra de teatro para a infância e juventude

«Na primavera, abrir a arca da fantasia! Máscaras coloridas que riem, brincam sonham... Teatro para os mais pequenos mas também para todos. Afinal “todos as pessoas grandes já foram crianças” como referia Antoine de Saint-Exupéry. Durante cinco semanas o Espaço TapaFuros será lugar de encontro e festa do teatro para a infância e juventude. Estórias serão contadas, objectos mágicos se vão revelar, o olhar para encantar. Kontunkonto: uma festa de fantasia! Eu kontunkonto. Sim conto. E acrescento um ponto!» Rui Mário

O Teatro TapaFuros e a Junta de Freguesia de Algueirão Mem-Martins
apresentam
Kontunkonto
4ª mostra de teatro para a infância e juventude

de 5 de Maio a 3 de Junho
A Festa do Sr. Bigodão Doce, pela Utopia Teatro nos dias 19 e 20 de Maio
Sábados às 16h e Domingos pelas 11h30
(à excepção do dia 26 de Maio em que a sessão será às 11h30)

A Ronda das Fadas, pelo Teatro TapaFuros nos dias 5 e 6 de Maio; As Aventuras no Meu Quarto Continuam, pela Byfurcação nos dias 12 e 13 de Maio; Alice no Jardim, pelo Teatromosca nos dias 26 e 27 de Maio; A Quatro Mãos, pelos Valdevinos a 2 e 3 de Junho.
Espaço TapaFuros
(C.C. Bela Vista, Av. Vitorino Nemésio, Nº 24 – Mem Martins)
Informações: geral@tapafuros.com 919 053 476Bilhetes: 5€

sexta-feira, maio 18, 2007

Sintra na WIKIPÉDIA

Sintra é uma vila portuguesa no Distrito de Lisboa, região de Lisboa e subregião da Grande Lisboa, com cerca de 9 300 habitantes.
É sede de um município com 316,06 km² de área e 363 749 habitantes (2001), subdividido em 20 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Mafra, a leste por Loures e Odivelas, a sueste pela Amadora, a sul por Oeiras e Cascais e a oeste tem litoral no oceano Atlântico.
A origem de Sintra dilui-se com a da própria Nação. A serra e a planície foram habitadas desde tempos remotos, como atestam e existência de dólmens e necrópoles bem como outras reliquias como os utensílios pré-históricos em exposição no Museu Municipal.
Da ocupação romana, restam lápides e urnas funerárias, junto do mausoléu circular, no Museu Arqueológico de Odrinhas. Os romanos chamavam à serra de Sintra "Mons Lunae" ou (Montanhas da Lua).
Foi conquistada por D. Afonso Henriques aos Mouros em 1147, logo após a tomada de Lisboa; recebeu foral desse mesmo rei em 9 de Janeiro de 1154.Apesar de manter ainda hoje o estatuto de Vila, o concelho possui várias outras freguesias com esse status (Algueirão-Mem Martins, Colares, Pêro Pinheiro e Rio de Mouro), e ainda duas cidades: Agualva-Cacém e Queluz.
Wikipédia[1] é uma enciclopédia multilíngüe online livre, colaborativa, ou seja, escrita internacionalmente por várias pessoas comuns de diversas regiões do mundo, todas elas voluntárias. Por ser livre, entende-se que qualquer artigo dessa obra pode ser transcrito, modificado e ampliado, desde que preservados os direitos de cópia e modificações, visto que o conteúdo da Wikipédia está sob a licença GNU/FDL (ou GFDL).
Criada em 15 de Janeiro de 2001, baseia-se no sistema wiki (do havaiano wiki-wiki = "rápido", "veloz", "célere").

- Sintra na WIKIPÉDIA-pressionar

-O que a WIKIPÉDIA-pressionar

quinta-feira, maio 17, 2007

Acontece poesia em Colares

Fernando Pessoa na Tertúlia de Poetas de Sintra

A Tertúlia de Poetas de Sintra avança, este mês de Maio, em direcção à obra de Fernando Pessoa.Esta tertúlia já faz o oitavo ponto de paragem de uma viagem literária, principalmente da poesia.
A iniciativa, que já passou pelas localidades de Queluz, Agualva-Cacém, Montelavar, Rio de Mouro, Algueirão-Mem Martins, Gouveia-Fontanelas/S.João das Lampas e Pero Pinheiro, o Traço Comum ruma agora à freguesia de Colares.
O encontro terá lugar no dia 17 de Maio, pelas 21 horas no café dos Bombeiros Voluntários de Colares. O poeta local homenageado será José Fernandes Badajós, com a colaboração do escritor e investigador João Rodil.Uma iniciativa do Ginásio Clube de Queluz e a Casa das Cenas - Educação pela Arte.
Posts relacionados:
-Figuras do Mucifal-pressionar
-Acontece poesia em Gouveia e Fontanelas-pressionar

quarta-feira, maio 16, 2007

José da Fonseca,escultor 1884-1956

José da Fonseca nasceu em Coimbra a 20 de Fevereiro de 1884 e faleceu com 72 anos em 13 Dezembro de 1956.
Em artigo publicado em 18/04/1997 no "Jornal de Sintra" da autoria de Adriana Jones, é traçado o percurso artístico de um homem que deixou em Sintra registos importantes da sua arte.

“A Obra escultórica do artista está espalhada em várias colecções particulares e por espaços públicos em todo o país.
Aqui em Sintra , entre outros temos o Monumento aos Mortos da Grande Guerra, o Medalhão de D.Fernando II no Parque da Pena, na Volta do Duche a homenagem do povo de Sintra ao Dr. Gregório de Almeida, estatuária religiosa e fúnebre em S.Marçal e na Regaleira onde a cada passo deparamos com a belísima pedra de Outil (Coimbra) , trabalhada primorosamente por José da Fonseca.
Carvalho Monteiro encontrou na família Fonseca artistas que muito contribuiram para que o projecto de Manini fosse devidamente executado, a talha da Capela é de Júlio da Fonseca e muita da cantaria foi cinzelada por Luis da Fonseca, ambos irmãos do escultor, que acompanhou até à sua conclusão as obras da Regaleira.”
Também a sua filha, Josélia Fonseca que faleceu com a mais de oitenta anos, seguiu as pisadas artísticas de seu pai, participando com as suas pinturas em exposições colectivas.Os desenhos dos marcadores com imagens de Sintra que publicamos são da sua autoria , e foram cedidos amávelmente por Emília Reis.


terça-feira, maio 15, 2007

Viana da Mota em Colares


José Viana da Mota- Pianista/Compositor 1868/1948

José Viana da Mota nasceu em 1868 em S. Tomé. O pianista e compositor viveu apenas dois anos na ilha. Daqui rumou à metrópole e instala-se, com a família, em Colares, no concelho de Sintra. Com 7 anos, ingressa no Conservatório Nacional. Torna-se protegido do rei D. Fernando II, quando, aos 13 anos, se apresenta com obras da sua autoria no Salão da Trindade. É com o apoio mecenático do rei e da condessa de Edla, que depois de acabar o curso, tem uma bolsa para continuar os estudos na Alemanha. Vai para Berlim em 1882.

Exímio pianista de craveira internacional, Viana da Mota também marcou o panorama musical como compositor, pedagogo e musicógrafo. Caracterizou-se por uma enorme capacidade de trabalho e uma inabalável tenacidade, foi um brilhante intérprete de Bach, Beethoven e Liszt. Tentou contrariar a importância dada à ópera italiana, que dominava o meio musical português, revelando o repertório instrumental de tradição germânica. Foi criado, em sua homenagem, o Prémio Viana da Mota, que distingue os melhores jovens pianistas.

A Casa onde vivia a familia de Viana da Mota em Colares ,quando dedicou à Condessa d'Edla a partitura da Pastoral "Au Bord du Lac de Pena" ,composta por José Viana da Mota aos treze anos de idade.


-Dados biográficos de José Viana da Mota Adaptados site da RTP “ Grandes Portugueses"
-Imagem da partitura da Pastoral , retirado de "Condessa d'Edla" de Teresa Rebelo
-Fotos:PedroMacieira


domingo, maio 13, 2007

Vemos ouvimos e lemos não podemos ignorar!

ACTUALIZAÇÃO- 14 de Maio de 2007
Hoje o Jornal "Público" publica uma página da autoria de Carlos Dias, dedicada ao massacre do canil de Beja, com declarações da veterinária que confirmam as denúncias que tem sido feitos por uma cadeia enorme de blogs, e também pelo jornal "Correio da Manhã".

". Na eutanásia dos canídeos "foi utilizado um método químico não inalante injectável: o pentobarbital sódico, derivado barbitúrico", descreve o mesmo documento, no qual é explicado que o produto em questão "foi administrado por injecção intravenosa em nove cães, em cinco por injecção intraperitoneal e em dois por via intracardíaca".

BLOGUES
-Blog "Tem Avondo" de um veterinário colaborador do Canil cantinho de Beja e do Municipio de Beja

-Encontrado no blog:"O Meu Melhor Amigo":

"A LPDA tem, desde o dia 27 de Março, uma reunião marcada com o Vereador responsável pelo Canil de Beja, a médica veterinária e um representante doCantinho dos Animais de Beja, para o dia 12 de Junho, às 14h.Daremos conhecimento do que foi tratado e acordado nessa reunião a todas aspessoas que se têm interessado por este assunto.

Melhores cumprimentos,

Rita Romeiras

Rio das Maçãs também apresentou queixa na LPDA,mas até hoje não tivemos qualquer resposta. De qualquer forma, como é que a LPDA aguardando até -12 de Junho-poderá intervir para que não se repitam até essa data as práticas cruéis no canil com intervenção da mesma veterinária?

Foto do Cantinho dos Animais, de Beja (foto retirada do SOSAnimal)


O caso do canil de Beja, não mereceu até hoje da parte dos responsáveis pela Autarquia, como pela Ordem dos veterinários , qualquer medida para alterar , os procedimentos cruéis no Canil Municipal.
A grande cadeia criada na blogosfera para denunciar a barbárie praticada no canil de Beja, deverá manter-se activa e continuar a pressionar até que a C.M. de Beja reconheça os direitos dos animais, e tome conhecimento da petição "PeloTratamento Condigno e Pelo Fim do Extermínio dos Animais Em Canis/Gatis Municipais" ,que no passado dia 4 de Maio , teve o apoio de todas as forças partidárias representadas na Assembleia da República incluindo o PCP, e Verdes força maioritária (CDU) na autarquia de Beja.
-Texto da Petição enviado para a C.M.de Beja em 22 de janeiro de 2007

Lista de Blogs que denunciaram o massacre do Canil Municipal de Beja (em actualização)

sábado, maio 12, 2007

A condição Animal e a blogosfera

A denúncia dos acontecimentos no canil de Beja ,inicialmente por alguns blogs locais,alargou-se rápidamente a um grande conjunto de blogs, e que está a obrigar a que alguns silêncios se quebrem. Ontem o "Jornal Correio da Manhã", publicou a notícia da chacina no canil Municipal de Beja, depois da denúncia da blogosfera.
O Jornal "Público" destaca hoje em título que "A Net é um dos melhores amigos do cão", um interessante artigo em que a NET, pode ser um meio para salvar os animais condenados e abandonados nos canis.Com este movimento na blogosfera isso já é uma certeza e a partir de agora esta cadeia de boas vontades, estará atenta para que casos como o de Beja que nos envergonham como seres humanos, não voltem acontecer no silêncio das paredes de canis que não são mais que câmaras de horrores.

Em Sintra a Associação de Protecção aos cães abandonados, tem uma actividade a todos títulos meritória, tendo inclusive um bazar, na Estefânia em Sintra, para venda de artigos, como forma de recolha de fundos para a Associação.Questionada sobre a sua opinião sobre o Canil Municipal de Sintra, a resposta só nos pode deixar tranquilos sobre a forma como os animais são tratados no nosso Canil Municipal "Em relação à questão que coloca sobre o Canil Municipal de Sintra. Só podemos realçar o excelente trabalho que a Dra. Alexandra está a fazer com os animais do canil que, finalmente começam a ter condições dignas. A equipa de veterinários que trabalha no Canil Municipal de Sintra é dedicada, competente e gosta de animais. Penso que tal resume claramente o único tipo de trabalho que estão a fazer: excelente. Qualquer acusação ao trabalho efectuado, pensamos nós, que terá como único objectivo denegrir a imagem das pessoas envolvidas e afastá-las por alguma razão desconhecida do excelente trabalho que produzem. O Canil tem também um conjunto de voluntários que publicitam os animais para adopção e lhes têm conseguido muitos donos. Têm um site: http://petzoo.no.sapo.pt/ Resumindo, só podemos enaltecer o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido no Canil Municipal de Sintra."


Também o blog, Fases da lua Cheia, faz referência a um documento oficial em que Câmara Municipal de Sintra responde a um inquérito sobre as condições do Canil Municipal-aqui-

-Do artigo do Jornal “Público” da autoria de Nuno Sá Lourenço,de 12 de Maio de 2007 e referido neste post:
“Dois meses depois de Câmara Municipal de Lisboa, juntamente com o portal Lisboa Jovem www.lxjovem.pt, terem avançado com uma campanha de promoção de adopção, através do site;
http://lisboalimpa.cm-lisboa.pt/ ,os números revelam que a quantidade de adopções que resultam da consulta da página electrónica estão entre os 30 e os 40 por cento.(...)
A solução da Câmara Municipal de Lisboa não é a única disponível na Net. O site http://www.adopta-me.org/ concentra um conjunto de organizações de protecção de animais, mas qualquer pessoa pode colocar o seu anúncio. "

Post relacionado:
-Barbárie no canil Municipal de Beja-pressionar

sexta-feira, maio 11, 2007

Barbárie no canil Municipal de Beja

ACTUALIZAÇÃO -22H10m
Apreciação em plenário da Assembleia da República da petição "PeloTratamento Condigno e Pelo Fim do Extermínio dos Animais Em Canis/Gatis Municipais" assinada por 17466 cidadãos ,que teve lugar no passado dia 4 de Maio de 2007.
Vídeos das intervenções
de todos os grupos parlamentares.-Encontrado no site da
Associação pelos Animais


DENÚNCIA
Através da denúncia do blog “Fases da Lua Cheia” e do “Canto de Pandora”, chegou-nos ao conhecimento uma chacina praticada sobre 16 desgraçados cães no dia 27 de Março de 2007, que se encontravam amontoados em condições que nos envergonham, no Canil Municipal de Beja.
Com uma brutalidade indescritível, uma veterinária e seu auxiliar quebrando todas as regras deontológicas e éticas mataram de forma cruel os pobres animais,” Ontem o método de abate que foi testemunhado foi o seguinte: a Veterinária e o auxiliar usaram luvas de aço (iguais às usadas nos talhos), colocaram açaimes nos focinhos dos cães e injectaram o produto directamente no coração provocando uma tortura atroz que nem sempre causava a morte (alguns animais ainda estavam vivos enquanto os atiravam para a pilha de cadáveres).”
Existem fotografias do local em que foi praticada esta chacina –aqui-que demonstram a forma, como em Beja tratam os animais que são apanhados na rua. Atirados sem qualquer respeito para espaços onde se amontoam outros , machos, fêmeas sãos e doentes... animais, porventura já abandonados por aqueles que consideravam seus donos e de quem teriam sido amigos fiéis.

No caso destes 16 cães já estariam a ser acompanhados para melhorar a sua situação por associações de apoio a animais abandonados.


Contactada a associação ANIMAL sobre este escandaloso modo de actuação destes técnicos do Canil de Beja , foi-nos respondido que:
“–os canis e gatis municipais tem que passar por acabar com o poder destes (ir)responsáveis municipais de decidirem simplesmente matar animais, depois de encerrá-los em jaulas miseráveis, depois de perseguirem-nos na rua, depois de os capturarem barbaramente. Esta gente tem que ser travada – mas pela raiz. Temos intervindo muitas vezes junto de câmaras municipais que permanecem completamente impermeáveis a quaisquer apelos directos, tentativas de pressão ou de negociação, que possam trazer reais benefícios para os animais de companhia. A actual situação de autêntico terrorismo urbano contra as centenas de milhares de cães e de gatos que desgraçadamente erram pelo país está completamente generalizada e é mantida legalmente(!) por quase todos os municípios do país. É por isso que a ANIMAL está há muito tempo a preparar algo, que vai lançar muito em breve, e que tem como objectivo pôr fim a este massacre e a tudo de mal que o antecede, mas de forma estrutural. Não adianta tentarmos forçar, com poucos meios e de eficácia dramaticamente limitada, câmaras municipais que promovem massacres destes alegremente.”

Na sequência desta denúncia foi apresentada queixa à Ordem dos Veterinários, Liga para os Direitos dos Animais, Sociedade Protectora dos Animais, Grupo parlamentar os Verdes, Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, que não deram qualquer resposta.

E no resto do País, e em Sintra como é que são tratados os cães que vão parar aos canis?

-Infelizmente a situação segundo informações que entretanto foram chegando e a própria ANIMAL confirma, o respeito pelos animais é uma cultura que não existe nesses locais. Com a colaboração de veterinários que deveriam exercer em nome da vida e do bem estar dos animais, os desgraçados que lá vão parar são cruelmente abatidos, por processos medievais que não respeitam os seus direitos de seres vivos.
Pretende-se que denúncias sejam enviadas a entidades que deverão ser responsabilizadas por estas chacinas, de forma a que se tomem medidas de vez para que o respeito pelos direitos dos animais não fiquem sómente no papel, mas se apliquem de facto.

-Ler notícia no Jornal "Correio da Manhã" de hoje: -pressionar

Por favor, enviem a V. mensagem de desagrado para geral@cm-beja.pt.

Ou pelo correio, na medida em que por e-mail parece que ninguém na Câmara Municipal de Beja lê o correio electrónico.
a/c Presidente da Câmara Dr. Francisco Santos
Câmara Municipal- Praça de República7800-427 Beja

ou a/c Vereador Miguel Ramalho
Câmara Municipal- Praça de República 7800-427 Beja