segunda-feira, agosto 31, 2009

Campeonato do Mundo de Bodyboard na Praia Grande - último dia

bodyboar3008292final copy

bodyboard300820092final

bodyboard300820094final

Fotos de Jeff Hubbard em plena actuação ontem, último dia do Portugal Sintra Pro o9 na Praia Grande
bodyboard30082009final

Sem grandes dificuldades, Jeff Hubbard venceu o heat final do Sintra Portugal Pro 09. Deparando-se com um Ryan Hardy demasiado cauteloso, o havaiano lançou-se sem cerimónias às melhores ondas e não deixou escapar o título.
(...)
"Sempre quis vencer o Sintra Portugal Pro, e finalmente consegui", comentou o bodyboarder havaiano, que se estreia na final da prova com uma vitória incontestável. Ryan Hardy, também estreante nestas fases da etapa de Sintra, terá de esperar por 2010 para voltar a tentar a sua sorte. O Sintra Portugal Pro 09 é uma prova Grand Slam do Bodyboard World Tour, e conta com o mais elevado prize money total ($60 000, cerca de €42 000). Ao incluir este ano uma etapa do Circuito Mundial de Dropknee, acrescentou $5000 (aproximadamente €3500) como prémio total para este atletas. A 14ª edição da Praia Grande teve mais de 170 inscritos.


Texto retirado do Sintra Portugal Pro 09

Da Ermida da Vila Guida até ao Mar

Procissão Praia das Maçãs

A Praia das Maçãs viveu este Domingo,a singularidade de uma procissão atravessar o areal e transportar os andores até ao mar, onde segundo a tradição, têm de aguardar por sete ondas.

A procissão da Nossa Senhora da Praia, iniciada por Alfredo Keil em 1893, voltou este Domingo a acontecer - este ano esta cerimónia também pretende assinalar os 120 anos da Praia das Maçãs, sendo exactamente na Vila Guida e na Ermida erigida pelo próprio Alfredo Keil em 1890, terceiro fundador do lugar de Villa Nova da Praia, hoje Praia das Maçãs o local onde é iniciada esta procissão.

pmacasandor1112009

pmacasandor22009

pmacasandor142009


pmacasandor42009

domingo, agosto 30, 2009

Campeonato do Mundo de Bodyboard na Praia Grande -5ºdia

bodyboard290820092final

bodyboard29082009001f
Imagens do dia de ontem do Sintra Portugal Pro 09

Hoje (Domingo), o dia vai estar perfeito para proporcionar um verdadeiro espectáculo à audiência da Praia Grande, já ontem a lotar o calçadão e o areal e daí admirar o excelente desempenho dos atletas portugueses que neste sábado marcaram presença nas eliminatórias decisivas.
O mar vai hoje apresentar as melhores condições até agora verificadas na edição de 2009 do Sintra Portugal Pro, e a expectativa tem vindo a subir à medida que a data se aproxima, tudo fazendo crer que as previsões vão bater certo. A ondulação que se espera ordenada deverá atingir, no máximo, os 2,7 metros, favorecida por ventos bastante fracos na ordem dos seis nós, sentido Norte.

Texto do Sintra Portugal Pro 09

sábado, agosto 29, 2009

Tribunal de Contas considera ilegal contrato entre empresa municipal (EMES) e Gisparques

camaramunicipals

De uma notícia do jornal "Público" de 27 de Agosto de 2009

Bloco quer anular negócio do estacionamento em Sintra

O Bloco de Esquerda defendeu ontem que a "privatização da empresa de estacionamento tem de ser anulada", na sequência de um relatório do Tribunal de Contas que concluiu pela ilegalidade da entrada da Gisparques, sem concurso público, no capital da Empresa Municipal de Estacionamento de Sintra (EMES).
A autarquia de Sintra, após autorização da assembleia municipal, decidiu alienar 30 por cento do capital da EMES à Gisparques, sociedade que teve a concessão do parqueamento na vila até 2006. A empresa ficou com a gestão operacional do estacionamento contra 36,42 por cento das receitas. Segundo o relatório do TC, na fase de contraditório e sem a resposta dos órgãos autárquicos, a empresa municipal "carecia de legitimidade" para acordar com a Gisparques aquela exploração.
A falta de concurso, para o TC, desrespeita os "princípios da legalidade, do interesse público, da igualdade, da justiça e da imparcialidade". Nesse sentido, aponta para a responsabilização financeira dos administradores da EMES e dos vereadores que votaram a favor das propostas, bem como dos deputados municipais que autorizaram o negócio.
O BE, em comunicado, diz que "a direita e o PS optaram por um processo de privatização muito oportuno para a Gisparques, empresa que, por 200 mil euros, adquiriu o monopólio do estacionamento pago no concelho". Salientando que a empresa municipal serviu para distribuir lugares de administração pelo PSD/CDS-PP, PS e CDU, o Bloco exige a anulação da venda de capital à Gisparques, sem indemnização, e que decisões estratégicas sobre estacionamento fiquem para depois das eleições.
A CDU, por seu lado, lembra, em comunicado, que "foi a primeira força política a opor-se a este negócio". Em reunião de câmara, Baptista Alves votou contra por duvidar que a viabilidade da empresa passasse pela "privatização de um serviço público". Na assembleia municipal, a CDU e o Bloco votaram contra a entrada da Gisparques na EMES.

Campeonato do Mundo de Bodyboard na Praia Grande -4ºdia

bodyboard28082009final
Imagem do dia de ontem do Sintra Portugal Pro 09, a decorrer na Praia Grande

Hoje (29/08/2009) joga-se as derradeiras cartadas no penúltimo dia do Sintra Portugal Pro 09. A jornada de sábado começa com os oitavos-de-final Masculinos, com Manuel Centeno e Hugo Pinheiro a baterem-se por um lugar no pódio, e logo a seguir entram as meias-finais Femininas, fase decisiva para as três atletas portuguesas - Rita Pires, Marta Fernandes e Catarina Sousa - que continuam em prova. O dia fecha com as semi-finais de dropknee, eliminatória em que outros dois portugueses, Nuno Leitãoe Nuno Neto, vão também marcar presença.

Texto do site do Sintra Portugal Pro 09

sexta-feira, agosto 28, 2009

Climas Sintrenses

nevoeironaserrafinal
Neblinas de Colares

Escreve hoje Fernando Morais Gomes no Alagablogue:

Colares e os outros

Por brincadeira e ao estilo dos quizz do Facebook discutiu-se qual a melhor freguesia de Sintra, tendo por partida um artigo de Miguel Esteves Cardoso no Público favorável a Colares,que hoje o mesmo reitera no artigo "O clima antibiótico".Sendo todos nós indefectíveis de Sintra,a mesma das 4 estações do ano no mesmo dia,damos o assunto por encerrado,cada um na sua,até porque também gostamos muito de Colares, a freguesia mais ocidental da Europa,com ou sem ramisco.Apenas deixar no ar uma citação de Fernando Pessoa:"Os argumentos são, quase sempre, mais verdadeiros do que os factos. A lógica é o nosso critério de verdade, e é nos argumentos, e não nos factos, que pode haver lógica".Colares,S.Martinho,Sintra,as diferenças complementam-na(mas nós temos mais castelos...)e a cada coração sua razão.

Só um detalhe: parece que se anuncia que o Verão vai acabar por aí a 21 de Setembro.Por estes lados, logo se verá.Se tem saudades do Inverno passe o Verão em Sintra.

Incontornável a crónica do Sintrense Miguel Esteves Cardoso, hoje no Público:
MEC200920828F

Campeonato do Mundo de Bodyboard na Praia Grande -3ºdia

bodyboard27082009333f

Uma imagem do 3º dia do Sintra Portugal Pro 09

quinta-feira, agosto 27, 2009

A Assembleia Municipal de Sintra a Junta de Freguesia de S.Martinho, a União Desportiva e Cultural de Nafarros e o respeito pelos animais

Em Abril de 2009 a Assembleia Municipal de Sintra, aprovou um Regulamento de Animais do Município em que ficava expresso :

“Através deste Regulamento, a Câmara de Sintra assume que o apoio institucional ou a cedência de recursos, por parte da autarquia, para a realização de espectáculos com animais fica condicionado pela não existência de actos que inflijam sofrimento físico ou psíquico, lesionem ou provoquem a morte do animal. A realização de espectáculos com fins comerciais, desportivos, beneméritos ou outros em que estejam envolvidos animais, respeita o disposto na Lei e nos Regulamentos Municipais, i.e., fica sujeita ao parecer prévio e vinculativo do Médico Veterinário Municipal.”

Nota:
Segundo informação do Diário de Notícias de hoje, relativa à corrida de toiros em Nafarros: " o Gabinete Médico Veterinário Municipal informou a Divisão de Licenciamento de Actividades Económicas (DLAE) que não poderia apoiar o espectáculo porque "contém actos que infligem sofrimento físico e psíquico, bem como lesionam os animais"

EM 26 de Agosto de 2009, em Nafarros/Sintra acontece isto:


touradaNafarros

Há coisas fantásticas, não há?

De uma notícia do Diário de Notícias de hoje:

" Polémica anterior com extrema-direita
A tourada desta quarta-feira é a segunda iniciativa polémica recente a envolver o União Desportiva e Cultural de Nafarros. Em Janeiro, a direcção do clube esteve prestes a alugar instalações para a festa de aniversário dos Hammerskin portugueses, um grupo violento de extrema-direita. No entanto, ao aperceber-se da atenção mediática e das autoridades de segurança, os promotores mudaram a festa para uma discoteca discreta na praia de São Julião, na fronteira entre Sintra e Mafra."


Campeonato do Mundo de Bodyboard na Praia Grande -2ºdia

bodyboard26082009final
Uma imagem do 2º dia das provas do Sintra Portugal Pro 09 na Praia Grande

Bodyboard é um desporto onde o praticante desce a onda deitado ou de joelhos em uma prancha, que tem medidas (médias) de 39 polegadas a 42 polegadas (podendo haver maior ou menor. Para auxílio da prática do desporto, utilizam-se pés de pato - nadadeiras - que servem para auxiliar na entrada da onda e na execução de manobras.

O desporto que deu origem ao Bodyboard era conhecido no Havaí como paipo-board. No fundo é um bodyboard mais erudito fabricado de madeira. O paipo é a prancha reportada como a mais antiga para apanhar ondas, pelo menos que esteja registado, mas é algo que surge como senso comum se pensarmos que é a forma mais obvia de andar nas ondas, e uma evolução natural ao bodysurf. Mais tarde os reis havaianos, e apenas eles construiram pranchas maiores, autênticos troncos, para andar "de pé" nas ondas, uma forma de se distanciarem da plebe. Os nativos em geral continuaram a usar o paipo para se divertirem, algo que veio até aos nossos dias até à invenção da prancha de surf.

Texto encontrado na Wikipédia

quarta-feira, agosto 26, 2009

Ontem em Almoçageme

Procissao082009

Agosto é um mês cheio de festividades onde o religioso e o pagão se misturam - ontem à noite ocorreu em Almoçageme um evento religioso, em mais uma etapa da peregrinação da imagem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, pelas paróquias de Sintra.

procissao0820092

A imagem original esculpida em pedra, foi adquirida por Nuno Alvares Pereira em Inglaterra, e foi proclamada Padroeira de Portugal em 25 de Março de 1646, por Dom João IV, em Vila Viçosa.

procissao0820093

A imagem que chegou ontem a Almoçageme vinda do Penedo terá sido oferecida pelos Duques de Bragança em 8 de Dezembro de 2006, em virtude da imagem original revelar sinais de desgaste que não aconselhavam a sua condução nas procissões ou eventos marianos.

segunda-feira, agosto 24, 2009

Campeonato do Mundo de Bodyboard na Praia Grande

cartaz sintra pro 09

Amanhã tem início o Sintra Portugal Pro 09, este ano na sua 14ª edição consecutiva na Praia Grande e que volta a reunir os melhores bodyboarders da actualidade, para aquela que é considerada a mais importante e concorrida prova do Circuito Mundial.


BODYBOARD332008
BODYBOARD262008
Fotos de participações femininas no Sintra Portugal Pro 2008 na Praia Grande.


domingo, agosto 23, 2009

Na árvore já não há - Miguel Esteves Cardoso

Pêssegos-rosa do Mucifal/Sintra

Os pêssegos, sozinhos, constituem o sexo feminino de todas as frutas. O artigo está mal posto.Os pêssegos-rosa de Colares (que tanto vêm de Janas, como do Mucifal, ou de Fontanelas ou da Adraga, como até, em casos limítrofes, de Colares), são um milagre que só nos resta aceitar.
Duram, quanto muito, quatro dias em Agosto. Nem tanto. Os pêssegos são melindrosos e massacrados não só por moscas mediterrânicas como por melros e pardais bem portugueses. Todos sabem o que é bom. A fruta com bicho é aquela que a natureza (ou Deus, conforme se preferir) abençoa.
Os pessegueiros são bravos – nem sequer precisam de ser regados. Morrem muito novos. São predispostos à desgraça. Mas, caso se safem, abençoam-se de sabor. E o cheiro enche uma sala inteira de amor.
Anteontem, disseram-me, deixou de haver “nas árvores”. Os poucos que restam estão em frigoríficos: “senão, não havia até ao fim de Agosto”.
Armado em bom, eu disse ao distinto casal de fruticultores de Janas que me abasteceu, que eu tirava sempre os pêsegos do frigorífico duas horas antes de comê-los.
“Duas horas antes?” Fartaram-se de rir! Então explicaram-me, com graciosa condescendência e generosidade, que os pêssegos-rosa têm de ser “tirados à noite, para o outro dia". Seja: precisam de uma noite escura e fresca para recuperar a fragância e a suculência.
De noite não apodrecem. Repôem-se bons, enquanto dormimos. Era este o segredo que me estavam a dizer.

Miguel Esteves Cardoso -Crónica de hoje do Jornal "Público"

Foto- Pêssegos-rosa do Mucifal

sábado, agosto 22, 2009

A restauração do Jardim e Chalet da Condessa d'Edla

Chalet da Condessa d'Edla


Foi hoje publicado em vários jornais, um pedido da PSML de colaboração pública, para recolha de dados e informações sobre o jardim original, que o Chalet da Condessa d’Edla, (em restauro) no Parque da Pena tinha em 1869.

É positivo da parte da PSML esta solicitação, será bom que tenha resultados. Convém lembrar que um grupo de cidadãos preocupados e juntos pelo objectivo do restauro do Chalet, em reunião no dia 13 de Novembro de 2007, já nessa altura colocava à PSML , numa tentativa de diálogo, algumas questões, entre as quais:

“-a filosofia da intervenção passa por uma recuperação simples ou pela musealização do espaço?
-e os jardins e anexos envolventes?

-porque não um espaço dedicado ao Romantismo em Sintra?”


O diálogo com a PSML, não tem sido fácil e em algumas alturas inexistente - aguarda-se agora que a solicitação actual da PSML, possa produzir frutos, para bem do Parque da Pena e da memória da Condessa d’Edla.
chaletdacondessajardim2

sexta-feira, agosto 21, 2009

Ainda Ontem - Miguel Esteves Cardoso

eléctrico da Praia das Maçãs

Disse-me um eléctrico

Não tenho férias. É Agosto. As minhas férias são fingir que ninguém me vai ler e que, por isso, posso escrever sobre as coisas mais vizinhas e menos interessantes. A quantos portugueses interessará saber que o eléctrico que vai de Sintra à Praia das Maçãs recomeçou, após anos de desespero e de desculpas, no dia prometido pela Câmara, dia 15?
Como é um veículo que passa à frente da minha casa, sou, logo à partida, um sujeito informado. A notícia no Público do dia 15 apenas confirmou o que eu tinha já visto no dia 14: uma estranha sensação. Como sempre, confio mais no que os meus olhos lêem do que no que vêem. O que vêem é sempre discutível e incompleto. Não é como se nem sequer tivesse acontecido; mas anda longe daí. No dia 14, vi passar o eléctrico duas vezes. Estava cheio de homens de fato e gravata; preocupados. Não posso garantir que lá estivesse o benfiquista Seara, mas creio que o vi, com aquela sorumbática esperança que nos caracteriza no século XXI, que é ansiar pela reconfortante certeza que vamos perder, para podermos ir para casa chorar.
Duas vezes disse adeus aos fatos. Da primeira ninguém me respondeu. Perdoei. Ofenderam-se com tê-los confundido com passageiros. Compreendo. Como eu os compreendo, Santo Deus.
Mas da segunda vez, quando buzinei (pela primeira vez na vida), o maquinista levantou a mão, como quem diz:”Noto o teu entusiasmo infantil.Mas deixa de ser tão piroso; está bem?”
E sabem que mais ? Deixei.


Ainda ontem –Miguel Esteves Cardoso
Crónica do jornal "Público" de Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

quinta-feira, agosto 20, 2009

Confidências

entrevista1
Blogue (muito) atento ao momento político que o País atravessa, deixo aqui um registo que nos deixa com alguma preocupação.

Um microfone ainda aberto no final da “Grande Entrevista”, esta noite na RTP1 - enquanto já passava a ficha técnica, desmonta aquilo que se poderia chamar a “politica de verdade”.

Judite de Sousa para Manuela Ferreira Leite:
"foi gira esta última pergunta, não foi?"

entrevista2

Centro de Ciência Viva de Sintra encerrado até 31 de Agosto

cienciaviva22009

Informação Centro Ciência Viva de Sintra
O Centro de Ciência Viva irá proceder à realização de trabalhos de manutenção do edifício, no período compreendido entre o dia 15 e 31 de Agosto (inclusivé), encontrando-se, assim, encerrado ao público.

cienciaviva2009

Curiosidade

centrocienciaillPort04041904

A "Illustração Portugueza" de 4 de Abril de 1904, publicava uma interessante foto da Ribeira de Sintra, local onde hoje existe o Centro de Ciência Viva, na altura sómente estação de eléctricos da "Cintra ao Oceano"

quarta-feira, agosto 19, 2009

A Casa do Marco (Azenhas do Mar)

Ilustração461927
Legenda:
Casa para o Verão, para «Week-End», deliciosamente rústica, em baixo, uma só divisão maior, onde se está durante as horas de calor, onde se faz serão e onde – num recanto – se cozinha. Em cima apenas dois quartos, e o resto dos cómodos indispensáveis alojam-se nos anexos. Nossa Senhora da Saúde, pintada em estilo de pescadores, é a padroeira desta casa que,com seus taipais alaranjados e rodeada de zimbro, desperta, pelo isolamento em que está, a curiosidade de quem passa.

Revista "Ilustração" Nº46 de 16 de Novembro de 1927

casabranca20092
A Casa do Marco ou Casa Branca de Raul Lino, construída em 1920 enquanto residência de férias para seu próprio uso - uma imagem que faz parte das Azenhas do Mar.

-Post no blogue Arrumário com fotos do ZM, do interior da Casa Branca, em Setembro de 2006.

terça-feira, agosto 18, 2009

Histórias do eléctrico da Praia das Maçãs

electricototta copy
Painel de azulejo na fachada da vivenda Rafaela nas Azenhas do Mar, representando o eléctrico na Praia das Maçãs

“Em 1898 foi adjudicada a José Emidio Pinheiro Borges e José Joaquim Nunes de Carvalho a concessão para o estabelecimento de uma linha férrea por tracção a vapor, aliás aprovada por decreto de 17 de Agosto de 1899, tendo abertura à exploração sido festejada em 2 fases: em 31 de Março de 1904 o troço de Sintra a Colares e em 1o de Julho seguinte, o troço de Colares à Praia das Maçãs.

O prolongamento até às Azenhas do Mar, espécie de D.Sebastião que haveria de aparecer em manhã de nevoeiro, era considerado como sonho dificilmente realizável. Havia que afirmasse, para demonstrar a sua descrença, que os “eléctricos” só chegariam às Azenhas do Mar quando o chafariz do Arcão deitasse vinho em vez de água. A verdade é que alguns anos mais tarde Alberto May Totta, no dia da inauguração desse prolongamento, mandou colocar uns barris de vinho devidamente canalizados ao chafariz e este, sem que nisso houvesse qualquer espécie de milagre, mas antes em puro acto de prestigitação, deitou realmente vinho. Os mais incrédulos puderam regalar-se com o precioso néctar e comprovar a sem-razão da sua incredulidade."

António Caruna em "Cem anos fazendo o bem"

tottarafaela copy
Vivenda Rafaela, a casa de Alberto Totta, hoje em ruínas, com os painéis de azulejos alusivos a Sintra em risco de se perderem.
pmacas4
Imagem rara do eléctrico nas Azenhas do Mar(foto na ed.de 1938 do "Vinho de Colares")

Em 31 de Janeiro de 1931, o eléctrico chegava às Azenhas do Mar, e assim aconteceu até 1 de Novembro de 1954.

domingo, agosto 16, 2009

Visita ao Centro Histórico de Colares

Castelo52009final
Uma gravura com que o artista gráfico Filipe Costa pretendeu ilustrar a visita

Integrada na programação da Festa de Nossa Senhora da Assunção, padroeira de Colares, decorreu ontem uma visita à Igreja da Misericórdia e ao Castelo, no Centro Histórico de Colares.

Iniciou-se a visita pela Igreja da Misericórdia, agora enriquecida com a recuperação do seu valioso retábulo. Atribuído ao pintor régio Carlos Vaz (1577), em madeira de carvalho, muito afectado pela humidificação a que esteve sujeito - após recuperação coordenada pelo técnico de conservação e restauro António Lopes, nos últimos dois anos.


A visita foi guiada pelo Director do Museu Arqueológico de Odrinhas, José Cardim Ribeiro.

IgMisericordia2009 copy
Cardim Ribeiro na Igreja da Misericórdia de Colares
retabulo2009 copy
O retábulo agora totalmente recuperado

O Castelo de Colares e o Rio das Maçãs

O director do Museu Arqueológico de Odrinhas, Cardim Ribeiro fez uma interessante dissertação sobre Colares e a importância que o Rio das Maçãs teve ao longo dos séculos para Sintra.

Do “Castelo”,que tivemos a oportunidade de visitar em Maio deste ano, construído pelos Melo e Castro, descendentes do 1º governador da India , restam as suas arcadas – orientadas para a zona de paisagem de Colares.
castelo32009 copy
Vista de Colares do terraço do Castelo dos Melo e Castro

Uma afirmação de Cardim Ribeiro que merece destaque:
“Eu prefiro o Centro Histórico de Colares ao Centro Histórico de Sintra. O Centro Histórico de Colares é mais importante, porque aqui sempre houve falta de dinheiro”.
E acrescentou: “Está deteriorado mas está autêntico...”

Castelo22009 copy
O Director do Museu Arqueológico de Odrinhas, durante as suas explicações sobre as origens do Castelo de Colares, e a importância do Rio das Maçãs para o desenvolvimento da região.

sábado, agosto 15, 2009

Porque hoje é Sábado...

Atribulações de uma viagem mal anunciada

A viagem "inaugural" do novo período de actividade em todo o percurso do eléctrico, depois de uma longa interrupção, foi pautada por algumas dificuldades inesperadas para os convidados - por não ter havido o devido aviso prévio sobre a activação do percurso, entre a Ribeira de Sintra e a Praia das Maçãs.

electricolg2
Foto de Luis Galrão
electricolg3
Foto de Luis Galrão
Os vereadores Marco Almeida e Luís Duque, com outros convidados tiveram que remover uma das viatura estacionada na linha, a peso...demonstrando desta vez, grande força de vontade para fazer chegar o eléctrico amarelo até à Praia das Maçãs.
Outras viaturas que impediam o bom andamento da viagem, felizmente para a vereação camarária foram retiradas pelos seus donos.


electricolg
Foto de Luis Galrão
electricolg4
Foto de Luis Galrão