terça-feira, outubro 30, 2012

segunda-feira, outubro 29, 2012

Coisas de Sintra

CamaraSintra2 Dos jornais:
 "Castelo Branco vai concorrer à Câmara de Sintra e quer acabar com lojas de chineses"
Título do Jornal de Notícias em  25/10/2012

"A Agenda de Castelo Branco para Sintra
Diz  Castelo Branco citado pelo DN, que já tem seis mil assinaturas e uma agenda política(...)”

Público 26/10/2012

"(...)Se há seis mil  sintrenses que assinaram um papel dizendo que querem J.C.B a presidir ao destino de Sintra devem ser imediatamente descobertos e interrogados.Precisamos de saber quem é  que são e porque é que odeiam tanto Sintra.”

Público/Miguel Esteves Cardoso 28/10/2012

domingo, outubro 28, 2012

A nova Estação Ferroviária do Cacém

EstaçãCPCacem2012Blogue EstaçãoCPCacemBlogue Nos últimos anos   o Projecto Polis alterou profundamente a baixa do Cacém,  melhorando a circulação automóvel , criando um ambiente urbano mais moderno e agradável, agora com a conclusão da nova estação intermodal da Refer e dos seus acessos, nasceu um novo e moderno espaço,  permitindo novas acessibilidades e funcionalidades .

Recorrendo ao projecto da Refer  para a nova estação poderemos ficar a conhecer melhor  as funcionalidades daquele novo equipamento:

Equipamentos

A nova estação será dotada de uma cobertura em forma curva com pilares de grande dimensão. No átrio subterrâneo estarão localizadas as bilheteiras, as máquinas automáticas e zonas de espera sentada, bem como sanitários, cafetaria e instalações técnicas e de segurança.

Escadas

O acesso às plataformas de embarque, dotadas de piso anti-derrapante, será feito por escadas tradicionais, escadas rolantes e elevadores para pessoas com mobilidade reduzida.

Interface

Na praça da estação, junto ao auto-silo e entre floreiras e espelhos de água, está prevista uma praça para 11 táxis, paragens de autocarros e uma zona de largada de passageiros. O interface subterrâneo prevê 12 pistas para autocarros.

Metas

É objectivo do projecto «privilegiar a funcionalidade, organizar os fluxos de maior intensidade e apresentar uma imagem formal e estética de grande simplicidade».

sábado, outubro 27, 2012

Porque hoje é Sábado...

ZooGolfinhos.Blogue  
Poema do homem-rã

Sou feliz por ter nascido
no tempo dos homens-rãs
que descem ao mar perdido
na doçura das manhãs.
Mergulham imponderáveis,
por entre as águas tranquilas,
enquanto sigram, em filas,
peixinhos de cores amáveis.
Vão e vêm, serpenteiam,
em compassos de ballet.
Seus lentos gestos penteiam
madeixas que ninguém vê.

Com barbatanas calçadas
e pulmões a tiracolo,
roçam-se os homens no solo
sob um céu de águas paradas.

Sob o luminoso feixe
correm de um lado para outro,
montam no lombo de um peixe
como no dorso de um potro.

Onde as sereias de espuma?
Tritões escorrendo babugem?
E os monstros cor de ferrugem
rolando trovões na bruma?

Eu sou O Homem.
Desço ao mar subo ao céu.
Não há temores que me domem.
É tudo meu, tudo meu.

António Gedeão




sexta-feira, outubro 26, 2012

Sobre o novo Movimento dos Aposentados, Reformados e Pensionistas

ArvoresBlogue
 No dia 22 em Coimbra, foi decidido  por meio milhar de reformados  a criação de uma associação para defesa dos direitos dos Aposentados,reformados e Pensionistas. A APRE , promete lutar "em todos os terrenos", se for preciso "na rua" contra os cortes das pensões previstos  no Orçamento do Estado para 2013.

Dessa primeira reunião foi  decidido:
Foi decidida a transformação do Movimento numa Associação a fim de ter personalidade jurídica;
Foi proposto e aceite o nome de APRE! para a Associação, nome esse que vai ser enviado ao Registo Nacional de pessoas colectivas;
Foi constituída uma comissão instaladora para elaborar os Estatutos;
Irá avançar-se já com um pedido de audiência à Srª Presidente da Assembleia da República.
Foram ainda enunciadas outras medidas como:
Convidar as organizações, associações e grupos de pensionistas a fazerem chegar aos deputados de todos os grupos parlamentares, testemunhos pessoais, escritos ou gravados em audio-vídeo, sobre os valores das suas pensões, os cortes que irão sofrer e as consequências de tais cortes;
Convidar os deputados a tomarem a iniciativa de envio ao TC do OE2013 para verificação da constitucionalidade das disposições relacionadas com as várias medidas de austeridade, nomeadamente no que respeita a pensões e reformas;
Promover uma campanha de recolha de assinaturas contra as referidas medidas, e enviar esse abaixo-assinado a todos os órgãos de soberania, da República e das Regiões Autónomas.
Organizar uma campanha de esclarecimento público, nas redes sociais e nos media, sobre o tema das pensões e em especial, sobre o significado do contrato social inerente ao conceito de pensão ou reforma;
Criar um site próprio, ou uma página no Facebook, que faça o esclarecimento de dúvidas, que dê informações sobre o processo e os seus desenvolvimentos e que procure unificar iniciativas e congregar esforços num mesmo sentido.
Avançar com uma providência cautelar para o tribunal administrativo.

quinta-feira, outubro 25, 2012

Horário de Inverno do Eléctrico da Praia das Maçãs

ElectricoOutonoBlogue A terminar o Horário de Outono no próximo  Domingo, dia 28 de Outubro, podemos hoje informar que o Horário de Inverno, terá início no primeiro fim de semana de Novembro e que estará em vigor até 31 de Março de 2013.

terça-feira, outubro 23, 2012

Vindimas e o Vinho de Colares


Fontanelas2012gBlogue
 Texto publicado na edição do  jornal "Correio de Sintra"  de 17 de Outubro de 2012

Tempo de vindimas

“As vindimas roubam ao Outono as uvas onde o Verão está escondido e levam-nas  para lugares cobertos onde o Verão será liquefeito e prolongado, melhorando, bem protegido, enquanto as tempestades ou as brisas ou seja  lá o tempo que for batem lá fora” escreveu Miguel Esteves Cardoso, habitante na região, – e porque estamos no tempo das vindimas em Colares, que melhor tema escolher  que não o Vinho de Colares.


Observador atento do que se passa em Sintra, tenho, ao longo do tempo, tido oportunidade de acompanhar algumas actividades da Adega Regional de Colares – o que me tem permitido ir aprendendo algumas coisas sobre a cultura do vinho nesta região e a sua importância ao longo dos tempos para a história de Colares.


A Região Demarcada de Colares é a segunda mais antiga do País, tendo sido fundada pelo Rei D. Manuel II através de Carta de Lei de 18 de Setembro de 1908. Encontra-se localizada no Concelho de Sintra, nas Freguesias de São Martinho, São João das Lampas e Colares.

Em 15 de Agosto de 1931 foi criada a Adega Regional de Colares, organismo  que teve, e tem, grande influência sobre a viticultura e vinicultura da região. Actualmente a produção do Vinho de Colares da Adega Regional de Colares, está dependente de um pequeno número de produtores da região, o que provoca alguns problemas à sua sustentabilidade.

O Vinho de Colares, tão mencionado por Eça de Queirós, e premiado no princípio do século em vários certames internacionais, está actualmente  numa situação difícil  devido à  escassez da sua  produção.

Os requisitos para que o vinho de Colares seja DOC (Denominação de Origem Controlada) são de grande exigência, tanto no plano da vinha, como também no controlo da sua produção, o que coloca alguns pequenos produtores fora da zona da Adega Regional. A denominação de DOC Colares é feita pela comissão Vitivinícola Regional de Bucelas, Carcavelos e Colares.


As pequenas uvas de ramisco dão origem à casta de Colares, a identidade da região. Cultivadas em solos de areia, com raízes a quatro metros de profundidade, ficam assim protegidas da filoxera, uma doença provocada por um insecto, que no séc.XIX destruiu milhares de vinhas por toda a Europa.



Na região surgiram outras soluções que fogem ao tradicional cultivo da vinha. É o caso da Fundação Oriente (2004), que detém actualmente a maior vinha de Colares  que utiliza métodos de cultivo da vinha  que  não respeita as práticas  tradicionais, como a rega automática e elevação das cepas acima do que é previsto ou   a replantação de “enxertos prontos”. Além disso,  a não utilização das paliçadas de canas secas, que além da descaracterização paisagistica natural da vinha poderão produzir alterações nas caraterísticas do produto final, e que segundo os viticultores tradicionais dificilmente se poderá chamar de Colares.

Outros projectos de menor dimensão como o exemplo da empresa de dois jovens enólogos “Casca Wines”, que se deslocam todos os anos a Almoçageme, e na Adega  Víuva Gomes  fabricam o vinho de Colares com uva malvasia e ramisco da região, respeitam todas as regras do DOC Colares, que depois  de engarrafado com marca própria se destina na maior parte a ser exportado.

Dentro do ambiente do vinho de Colares além dos produtores que mencionámos existem dois armazenistas que engarrafam o vinho adquirido aos produtores da região e comercializam-no tanto no mercado nacional como no estrangeiro. É o caso de  António Paulo da Silva, da Adega  das Azenha do Mar, que comercializa o vinho de Colares com o rótulo Colares Chitas e também  o casal da Azenha de chão rijo e um vinho mais corrente, o Beira-Mar.

A Confraria dos Sabores de Sintra, criada em 2011, na qual o Vinho de Colares tem uma representação, poderá ser um veículo de maior divulgação do Vinho de Colares, mas até agora os  eventos públicos por si organizados  demonstram  alguma debilidade nesses objectivos.

Será necessário apoiar activamente  a Adega Regional de Colares, de forma a preservar este valioso património que é uma parte importante da história de Sintra, mantendo como objectivo um longo futuro.

Pedro Macieira
Colares,07/10/2012
Photobucket

segunda-feira, outubro 22, 2012

O Tempo do Eléctrico da Praia das Maçãs

Electrico21102012bBlogue

Excerto de um texto publicado na revista "Fugas" de 14 de Agosto de 2010, do Jornal Público, "Sintra para além das vistas" da autoria de de Luís Maio.

"A Linha do eléctrico que liga Sintra à Praia das Maçãs deve ser a quintessência da experiência bucólica sobre carris. Viaja-se em peças de museu gloriosamente restauradas, que hoje circulam sobretudo pelo prazer de circular, ao ritmo do seu tempo de construção. Levam três quartos de hora a percorrer menos de 13 quilómetros de paisagem protegida entre a serra densamente florestada e o mar aberto, passando por quintas pitorescas e vilas tradicionais. O eléctrico é assim parte integrante, ou mesmo o epítome, da mística que consagrou Sintra como santuário do romantismo.

Os eléctricos podem ser os mesmos, a paisagem é que não.Apesar de protegida sob a figura do parque natural, tem sofrido muitas e radicais transfigurações desde que a ferrovia de bitola estreita  nela se veio sinuosamente inscrever, nos inícios do século passado. A serra de Sintra é ainda uma das mais frondosas e bonitas de Portugal, mas está agora muito humanizada e mesmo terrivelmente degradada nalgumas áreas.  Vendo as coisas em retrospectiva, é bem provável que o eclipse do manto vegetal de Sintra tenha começado justamente com o seu apogeu declarado, ou seja , a era romântica.(...)"

*Foto de 21/10/2012
No próximo fim de semana (28/10/2012), terminará o Horário de Outono -aguardamos informações sobre  a existência de um novo horário da circulação do eléctrico nos próximos meses.

domingo, outubro 21, 2012

Começou no Sábado a Feira das Mercês 2012

Photobucket
Feira das Mercês no Domingo 16 de Outubro de 1904

 Página da "Illustração Portugueza" de 24 de Outubro de 1904


"É a mais importante feira do districto de Lisboa e embora os mercados de gados e de varios productos não tenham na região da Estremadura nem pitturesco nem o valor da feiras minhotas e alentejanas, esta impõe-se pela variedade de typos e arrabaldinos que ali concorrem. Veêm-se carros de todos os feitios, vehiculos quasi prehistoricos arrastados por alimarias de todas as idades, homens que discutem, mulheres de typos vistosos que se apeiam no local da feira, ranchadas que se mettem nos campos devorando as merendas.

Á mistura um ou outro lisboeta curioso do pitoresco e d'um pouco de bom ar, que ri vê as transacções, que contempla aquellas fileiras de vendedores de fructas e de leitões assados e se retira á noite, na boa paz , n'um comboio rapído que silva e o deixa no Rocio."
*Grafia e acentuação conforme o original

sábado, outubro 20, 2012

Porque hoje é Sábado...

Manif13102012Blogue2
 RUA DA BICA DUARTE BELO

ESTES PRÉDIOS SÃO QUASE DE GRAÇA
Diz a tabuleta encarnada
à gente que passa

E é que às vezes passa uma gente engraçada:
um estudante sem livros e ao lado
um operário desempregado

Mário Cesariny
Nobilíssima Visão


*Foto
Durante a manifestação "Que se lixe a Troika", na Praça de Espanha em Lisboa em 13/10/2012

sexta-feira, outubro 19, 2012

A noite de Sintra do Rally de Portugal Histórico 2012

RallyPortugal2012Blogue
 Porsche 911(1977)Jean-Marie Kunegel/Etiene Claude

A passagem por Sintra do Rally de Portugal Histórico 2012
Na noite do último Sábado, foi  mais uma vez possivel reviver a noite de Sintra e dos troços da Lagoa Azul e da Peninha, com as duas passagens na última etapa  do Rally de Portugal Histórico 2012 entre Viseu e Estoril numa distância de 289,73Km.
 Passagem pela Peninha e Lagoa Azul dos rallys TAP e das Camélias,  que nos anos 70 e 80 traziam a Sintra milhares de adeptos do desporto automóvel.

RallyPortugal2012fBlogueO  vencedor do Rally de Portugal Histórico 2012, José Lareppe/Robert Vandevorst,  Opel Kadett GTE(1978),  Lareppe,  foi o primeiro piloto a bisar no palmarés da competição - na foto no início da classificativa da Peninha, após percorrer os 801,4 Km  da prova, dos quais 289,73 Km em classificativas.RallyPortugal2012eBlogue  Herve Courbis/Isabelle Courbis  Renault Alpine 1600S(1970)RallyPortugal2012hBlogue  José Maria aunon Vicente/Miguel Lopez-CaniegoPalacios Fiat 124 Spider (1971)RallyPortugal2012lBlogue Rafael Fernandez Cosin/Julen Martinez Huarte Alfa Romeo 2000 GTV (1973)

quinta-feira, outubro 18, 2012

Tertúlia com Maria Teresa Horta em Sintra

Na continuação duma série de tertúlias iniciadas pela Alagamares em Sintra, e moderadas por Miguel Real, a próxima convidada será a escritora Maria Teresa Horta. Photobucket
 Dia 20 de Outubro, pelas 21h,em Sintra, no The Legendary Café, junto à Câmara (antigo bar Tópico).ENTRADA LIVRE.

quarta-feira, outubro 17, 2012

Selene-Culturas de Sintra -Edição Outono de 2012

Selene2012
A Noite Paira no Mundo...

A Madrugada de Maria Almira Medina

 
A noite paira no mundo... isto vem num poema de Maria Almira Medina, escrito na década de 1940, mas não é hoje verdade também que a noite do pesadelo capitalista paira no mundo como a sombra de um horrendo animal moribundo, só capaz de gerar monstruosas diferenças sociais, injustiça, e toda uma série de patologias associadas à profunda depressão que se vive? Como cortar a cabeça à horrível hidra? Como transformar o velho homem num homem novo, aquele visionado, desejado, anunciado pelos homens mais sábios da humanidade há muito tempo já, mas que teima em não surgir?



Questões que pareciam arrumadas por um primário capitalismo triunfante, manifestam-se de novo com toda a acuidade. Neste ambiente que vivemos, o livro de poemas Madrugada de Maria Almira Medina, publicado clandestinamente em 1956, e vindo à luz  em 2011 pela mão da sintrense Casa das Cenas,  é um foco de luz no meio das espessas trevas que nos rodeiam. Porque precisamos de livros que nos falem de esperança, que despertem em nós a capacidade de idealizarmos um mundo melhor para vivermos.



Selene - Culturas de Sintra debruça-se nesta edição do Outono de 2012 sobre um único livro, um livro à procura do seu tempo histórico, um livro em demanda do seu lugar na história da poesia portuguesa. É o nosso contributo para que se realize justiça. Mas não estivemos sós, contámos com o apoio de amigos como Miguel Real, Carla Dias, Vítor Pena Viçoso, entre outros, ou do Museu do Neo-Realismo.
(texto Selene-Culturas de Sintra)

Selene -Culturas de Sintra

terça-feira, outubro 16, 2012

Adriano Correia de Oliveira


 Adriano Correia de Oliveira
 1942-1982

Faz hoje 30 anos que partiu Adriano Correia de Oliveira, e de novo há que gritar trovas aos ventos que passam.

A receita PSD/CDS para a crise

 Hoje o País ficou a conhecer as soluções do PSD/CDS para a crise económica e financeira que estamos a viver. Orçamento que vai aumentar a crise social  e uma espiral recessiva, num país em que a alta taxa de desemprego (que segundo as previsões oficiais ainda irá aumentar), já actualmente é uma tragédia É necessário que este orçamento não seja aprovado!

O Orçamento de Vitor Gaspar/Passos Coelho ou os Deuses devem Estar Loucos!
Conheça aqui as medidas do Orçamento do Estado 2013:
(Retirado do Jornal I)
Carros vão pagar mais imposto, alta cilindrada com aumento de 10%
Subsídios de desemprego e de doença reduzidos em 6% e 5%
IRS com taxa mais baixa de 14,5%, maior situa-se nos 48%
Governo avança com sobretaxa de 4% em IRS a aplicar mensalmente
Gasóleo e gasolina mais caros com aumento de imposto petrolífero
Trabalho em dia feriado cai de 50 para 25%
Contratados na função pública vão ser reduzidos para metade
Imposto sobre imóveis mantém cláusula de salvaguarda
Subsídio por morte reduzido a metade
TAP vai receber menos 35% e Refer vai receber mais 5 milhões do OE
Economia cai mais 1%, desemprego sobe para 16,4% no próximo ano
Prémios a gestores públicos continuam proibidos enquanto durar o programa da troika
Governo mantém objectivo de lançar o Hospital Oriental de Lisboa
Empresas públicas têm que despedir até 20% dos trabalhadores
Corte das pensões começa em 3,5% mas chega a atingir 40%
Despesa do Ministério da Economia e Emprego cai 2,9%
Verba para Educação mantém-se nos 6,7 mil milhões de euros, 4% do PIB
Diminuição da despesa vale menos de 20% do ajustamento total
Empresas públicas obrigadas a cortar 50% em ajudas de custo
Governo cria regime em que IVA só é pago após empresas receberem dos clientes
Sector da comunicação social sofre corte de 45,26% em 2013
Gestão do património poderá ser concessionada a "entidades exteriores ao governo"
Rendas passam a ter taxa autónoma de 28%
Governo pretende cortar em 250 milhões encargos brutos com PPP em 2013
Aumento de 101 milhões de euros para Ciência e Ensino Superior
Trabalhadores independentes duplamente prejudicados no IRS
Privatização da RTP está em “fase final de estudo”
Despesa da Justiça sobe 34,1 milhões de euros, um aumento de 2,5%
IRS vale 65% da receita total que o governo espera para reduzir défice
Saúde com menos 1709,7 milhões. Uma descida de 17 % no orçamento
Receita do imposto de circulação mantém-se apesar de agravamento entre 1,3% e 10%
Parlamento recebe mais 45,9 milhões por causa das subvenções das autárquicas
Governo quer apertar controlo do consumo de medicamentos e exames dentro dos hospitais
Governo vai promover mobilidade de profissionais de saúde entre instituições públicas
Desporto com corte superior a 50%
Governo vai rever o regime de avaliação de impacto ambiental até final do ano
Cerca de 2.140 milhões de euros para o MAI, mais 12,3% do que em 2012
Municípios vão receber cerca de 2,3 mil milhões de euros
Governo corta 14% em indemnizações compensatórias a empresas públicas
Governo avança com privatização dos CTT no próximo ano
Governo vai apostar no aumento do uso de Internet em banda larga
Subsídio de Natal pago em duodécimos a funcionários públicos e pensionistas
Concessões de empresas de transportes de Lisboa e Porto só depois de reestruturadas
Governo transfere 20,8 milhões de IVA para desenvolvimento do turismo regional
Governo limita deduções à colecta para 2013
Ensino básico e secundário e administração escolar caem 6,5%
Governo vai apresentar novo modelo de apoio judiciário
Encargos com PPP baixam em 2013 para subirem 79% no ano seguinte
Orçamento do MNE aumenta 9,6% face a 2012
Empresas com redução da TSU se contratarem desempregados com mais de 45 anos
Projectos de Ciência e Ensino Superior sofrem corte de 16,3%
Regiões autónomas recebem menos quase 6 milhões do que em 2012
Governo corta para metade deduções com crédito à habitação no IRS
Idade da reforma na Função Pública sobe para 65 anos a partir de Janeiro
Programa de Emergência Social recebe mais 251 milhões de euros
Parque Escolar lidera reduções com aquisição de bens de investimento com menos 176 milhões
Governo vai lançar pacote PME 2013 para aumentar competitividade
Despesa global consolidada do Ministério da Agricultura sobe 1,2% em 2013
Governo pode retirar até 20% das verbas dos municípios para pagar dívidas das águas
Familiares dos trabalhadores de empresas de transportes perdem "borlas"
Totalidade das medidas do programa Valorizar estará implementada ou em curso em 2013
MAI quer reorganizar forças de segurança e aproximar subsistemas de saúde à ADSE
Taxa sobre transacções financeiras avança com valor máximo de 0,3%
Transportes lideram redução nas necessidades de financiamento das empresas fora do défice
Baixas médicas até 30 dias isentas do corte de 5% dos subsídios
MNE mantém cortes e propõe revisão de Estatuto da Carreira Diplomática
Empresários e sócios gerentes passam a ter direito ao subsídio de desemprego
Versão definitiva aumenta imposto sobre o tabaco, afectando o de enrolar e os cigarros
Prémios no Euromilhões superiores a 5 mil euros taxados a 20%
Parcela mensal do subsídio de Natal reposto tributada autonomamente
Candidaturas ao QREN passam a ter ‘guichet’ contínuo
Saúde com mais 0,2% se for levado em conta valor para pagar dívidas em 2012
Estruturas sindicais da PSP e GNR consideram graves as medidas previstas
Juros passam a pagar taxa de 28%, pequenos investidores perdem isenção
Empresas Públicas Reclassificadas com dívida a refinanciar de 2 400 milhões
BPN ainda pode aumentar mais o défice deste ano
Estado transfere menos 20% do valor da dívida que autarquias não conseguirem reduzir
Governo só não espera aumento de receitas nos impostos sobre veículos


Manifestação em Lisboa "Que se Lixe a Troika-Queremos as nossas vidas!"

 Em 15 de Setembro, Portugal viu a maior manifestação de protesto contra as medidas do governo que há memória - porque é um momento importante de cidadania, aqui fica um registo:

segunda-feira, outubro 15, 2012

Pelos céus de Colares

HelisColares14102012rBlogue Um sábado com grande movimento aéreo para as bandas da Adega  Regional. No céu de Colares um autêntico baile de helicópteros, permitiram as fotos que publicamos. Heli2012blogue Helis14102012Blogue Helis14102012iiBlogue

domingo, outubro 14, 2012

Artes na Rua

ManifPEspanha2012b
 A manifestação de protesto "Cultura é Resistência -Que se lixe a Troika!" reuniu ontem na Praça de Espanha em Lisboa milhares de pessoas, assim como em muitas outras cidades do País.
Em Lisboa a manifestação começou com a 5.ª Sinfonia de Beethoven, interpretada pela Orquestra Sinfónica. Entre as milhares de pessoas que se encontravam no local estavam  nomes bem conhecidos das artes. José Pedro Gomes, Júlio César, Mário Mata, Samuel, Carlos Mendes,João Reis, Francisco Fanhais,Zeca  Medeiros, Maria do Céu Guerra, Carla Bolito, Janita Salomé, os Homens da Luta, Franciso Naia, José Peixoto, Luís Varatojo, Filipa Pais entre  muitos outros que fizeram questão de marcar presença neste protesto, onde a cultura serviu como arma.
Deste importante acontecimento, publicamos um registo de alguns momentos.

Manif13102012PEspanha ManifJoaoReiscarlosMendes2012 ManifMariaCeuGuerra2012 ManifZecaMedeirosCarlosMendes2012 ManifHomensdaLuta2012

sábado, outubro 13, 2012

Porque hoje é Sábado...

Como Se Faz Um Canalha

Conheci-te ainda moço
Ou como tal eu te via
Habitavas o Procópio
Ias ao Napoleão
Mas ninguém sabia ao certo
Como se faz um canalha
Se a memória me não falha
Tinhas o mundo na mão
Alguma gente enganaste
(A fé da muita amizade
Tem também as suas falhas
Hoje fazes alianças
A bem da Santa União
Em abono da verdade
A tua Universidade
Tem mesmo um nome: Traição
Um social-democrata
Nao foge ao Grão-Timoneiro
Basta citar o paleio
O major psicopata
Já são tantos namorados
Só falta o Holden Roberto
Devagar se vai ao longe
Nunca te vimos tão perto
Nunca te vimos tão longe
Daquilo que tens pregado
Nunca te vimos ão fora
Da vida do Zé Soldado
Ninguém mais te peça meças
No folgor dos gabinetes
Hás-de acabar às avessas
Barricado até aos dentes
És um produto de sala
Rasputim cá dos Cabrais
Estas sempre em traje de gala
A brincar aos carnavais
Nos anais do mundanismo
A nossa história recente
Falará com saudosismo
Dum grande Lugar-Tenente
Sao tudo favas-contadas
No país da verborreia
Uma brilhante carreira
Dá produto todo o ano
Digamos pra ser exacto
Assim se faz um canalha
Se a memória não me falha
Já te mandei prò Caetano

Zeca Afonso 

sexta-feira, outubro 12, 2012

Teatro em Sintra

Photobucket
O espectáculo estará em cena de 19 de Outubro a 4 de Novembro, de 5ª a Sáb às 21.30h e domingo às 16h.
A faixa etária é M/12 e o preço dos bilhetes é de 10€ (bilhete normal); 5€ (<25 anos="anos" e="e">65 anos); 15€ (bilhete + jantar) neste caso terá que ser feita reserva com 48 horas de antecedência. Desconto especial para grupos (informação dada por telef 21 923 37 19)

quinta-feira, outubro 11, 2012

BPI do Mucifal assaltado por homem armado

BPIMucifal

 Notícia da Lusa:
Lisboa, 11 out (Lusa) - A dependência bancária do BPI do Mucifal, Sintra, foi hoje assaltada por um homem armado que conseguiu levar vinte mil euros, disse à Lusa fonte da GNR.
De acordo com a fonte, o assalto ocorreu às 14:50 quando o homem entrou na dependência bancária e, com recurso a uma arma de fogo, ameaçou os funcionários do banco.
O homem terá actuado sozinho, adiantou a fonte.

Festas de N.S.da Graça em Almoçageme

FestasAlmoçagemesraGraça2012Bblogue FeatasAlmoçageme09102012hBlogue Na noite de terça -feira o fogo de artifício foi o último momento ( como é tradicional), das festas de N.S.da Graça em Almoçageme deste ano. Fogo de artifício que antigamente era "preso", e nos últimos anos deixou de ser.
Nas fotos os derradeiros momentos do fogo de artifício  das festas de 2012.Photobucket
Cartaz das Festa de N.S.da Graça em 1926

quarta-feira, outubro 10, 2012

Torre de radar de 45 metros no Cabo da Roca chumbada pelo ICNF

CabodaRoca2012blogue Sobre a torre de radar que o Ministério da Administração Interna (MAI) quer instalar no Cabo da Roca, que terá mais do dobro da altura do farol - publicou no dia 4 de Outubro o jornal "Público" uma notícia da autoria de Luís Filipe Sebastião que refere que:


"O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) chumbou a instalação de uma torre metálica com 45 metros de altura, para vigilância da costa, a escassas centenas de metros do farol do Cabo da Roca. O projecto apanhou de surpresa a Câmara de Sintra, onde há quem considere que a sua viabilização constituirá "um crime ambiental e paisagístico."
O jornal Público,  refere ainda que " uma fonte do ICNF terá adiantado que o Ministério da Administração Interna estava a estudar um pedido de suspensão do plano de ordenamento do PNSC no Cabo da Roca, para levar por diante o projecto, mas a intenção também não foi confirmada oficialmente, quer pelo ICNF, quer pelo MAI. O presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara (PSD), disse desconhecer o projecto e solicitou informações aos serviços, reservando para mais tarde uma posição."

Post relacionado:
Torre de radar põe em risco paisagem do Cabo da Roca -aqui

terça-feira, outubro 09, 2012

Vinho de Colares 2012 (5)

JSantarém
 Foto: dois cachos de uva da casta João Santarém

O vinho de Colares é até hoje  feito na Adega Regional de Colares de acordo com as técnicas tradicionais, sendo composto por 80% de uvas de casta Ramisco, e 20% de outras castas, com predominância das castas "Molar" e "João Santarém".

Depois de já termos divulgado uvas das castas Ramisco e Malvasia, podemos hoje publicar por gentileza do amigo  Raúl Martins, dois cachos de "João Santarém", casta componente do famoso vinho de Colares.

segunda-feira, outubro 08, 2012

Maria Teresa Horta em Sintra a convite da Alagamares

Photobucket
Na continuação duma série de tertúlias iniciadas pela Alagamares a 15 de Setembro em Sintra, e moderadas por Miguel Real, a próxima convidada será a escritora Maria Teresa Horta. Dia 20 de Outubro, em Sintra, no The Legendary Cafe, junto à Câmara (antigo Tópico). Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa em 20 de Maio de 1937, oriunda, pelo lado materno, de uma família da alta aristocracia portuguesa, contando entre os seus antepassados a célebre poetisa Marquesa de Alorna.Estudou na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Dedicou-se ao cine-clubismo, como dirigente do ABC Cine-Clube, ao jornalismo e à questão do feminismo tendo feito parte do Movimento Feminista de Portugal juntamente com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa. Em conjunto lançaram o livro "Novas Cartas Portuguesas".Também fez parte do grupo Poesia 61. Publicou diversos textos em jornais como Diário de Lisboa, A Capital, República, O Século, Diário de Notícias e Jornal de Letras e Artes, tendo sido também chefe de redacção da revista Mulheres. Obras:Espelho Inicial (1960) (Poesia) Tatuagem (1961) Cidadelas Submersas (1961) Verão Coincidente (1962) Amor Habitado (1963) Candelabro (1964) Jardim de Inverno (1966) Cronista Não é Recado (1967) Minha Senhora de Mim (1967) (poesia) Ambas as Mãos sobre o Corpo (1970) Novas Cartas Portuguesas (1971) (obra conjunta)) Ana (1974) Poesia Completa I e II(1983) Os Anjos (1983) O Transfer (1984) Ema (1984) Minha Mãe, Meu Amor (1984) Rosa Sangrenta (1987) Antologia Política (1994) A Paixão Segundo Constança H. (1994) O Destino (1997) A Mãe na Literatura Portuguesa (1999) As Luzes de Leonor (2011).

sábado, outubro 06, 2012

Porque hoje é Sábado...

Photobucket Photobucket
Firmeza

Sem frases de desânimo,
Nem complicações de alma,
Que o teu corpo agora fale,
Presente e seguro do que vale.
Pedra em que a vida se alicerça,
Argamassa e nervo,
Pega-lhe como um senhor
E nunca como um servo.
Não seja o travor das lágrimas
Capaz de embargar-te a voz;
Que a boca a sorrir não mate
Nos lábios o brado de combate.
Olha que a vida nos acena
Para além da luta.
Canta os sonhos com que esperas,
Que o espelho da vida nos escuta. 


Versos  João José Cochofel/Música de Fernando Lopes-Graça

 (Pátio da Galé, comemorações de um 5 de Outubro à porta fechada)



Créditos:
- A Ana Maria Pinto e Luisa Trindade pela  sua atitude corajosa.
Foto 1-Natacha Cardoso
Foto 2-Daniel Rocha

sexta-feira, outubro 05, 2012

Sobre a Bandeira Nacional da República Portuguesa

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Vinho de Colares 2012 (4)

RamisciFontanelas2012kBlogue  O Ramisco  (Foto, Fontanelas 2012)

"As vinhas  desta região apresentam características muito peculiares devido à sua proximidade do mar e ventos marítimos muito fortes. Colares pela sua natureza geológica divide-se em duas sub-zonas ."chão de areia" (região das dunas) e "chão rijo" (solos calcários, pardos de margas ou afins).As características únicas do vinho de Colares devem-se às castas, solo e clima temperado e húmido no Verão e, ainda ao facto de 80% da vinha estar instalada em "chão de areia", respeitando a prática tradicional de "unhar" a vara de "pé franco" no estrato subjacente à camada de areia."
Fonte:Revista de Vinhos nº154 Set.2002

Ramisco2012blogue A chegada do Ramisco à adega Regional de Colares (foto de 03/10/2012)

"A casta  característica e dominante  que produz o inimitável vinho de Colares é o Ramisco que não foi efectada pelo ataque da Filoxera no fim do século XIX, em virtude de os seus terrenos arenosos, não terem permitido a penetração do insecto."
Fonte :Revista de Vinhos nº154 Set.2002

RamiscoAdega2012Blogue Posts relacionados:
Vinho de Colares 2012  Adega Viúva Gomes em Almoçageme -Aqui
Vinho de Colares 2012  (2) Vindimas em Fontanelas -Aqui
Vinho de  Colares 2012 (3) -Malvasia na Adega Reg. de Colares -Aqui

 Agradecimentos:
Ao Enólogo Francisco Figueiredo, ao Presidente da Adega Regional de Colares- José António Vicente Paulo, e aos trabalhadores da Adega Regional, pela facilidades concedidas para a realização deste trabalho.

quinta-feira, outubro 04, 2012

Vinho de Colares 2012 (3)

Adega02102012dBlogue  
 *Vinho de Colares 2012/Fotos de 02/10/2012 na Adega Regional de Colares

Após a vindima, a  chegada da uva branca  Malvasia  à Adega Regional de Colares 

 Adega020102012Blogue Adega02102012bBlogue Adega0210202cBlogue Na prensa mecânica  "gelo frio" para estabilizar as uvas, antes de serem prensadas
  • A Malvasia Fina, também conhecida regionalmente por Malvasia de Colares, é uma casta nobre e autóctone de Colares, onde as vinhas são plantadas em pé franco (directamente sem enxertias,) em chão de areia.
 Posts relacionados:
 *Vinho de Colares 2012(2) Vindimas em Fontanelas-Aqui 
*Vinho de Colares 2012 - Adega Viúva Gomes em Almoçageme-Aqui