sexta-feira, outubro 31, 2014

Porque hoje é Sábado...


 Pedido de pão por Deus ainda é tradição no 1 de Novembro
Transcrição de uma reportagem  da TSF/ Sandra Pires)

Segundo o sociólogo Moisés Espírito Santo, a tradição do pedido do pão por Deus começa a misturar-se com o Halloween, em particular nas cidades.

Nas zonas rurais portuguesas, o (antigo) feriado do 1 de Novembro é(ra) aproveitado para se fazer o pedido do pão por Deus, uma comemoração onde os mais novos andam de porta em porta vestidos a rigor, como manda a tradição.
Ouvido pela TSF, o sociólogo Moisés Espírito Santo explicou que «as mamãs preparam-nos muito bem para andar na rua, muito bem vestidinhos, com uma saquinha muito bem arranjadinha para aquele efeito, mas nada de mascarados».
«Andam muito seriozinhos, muito sossegadinhos e preparadinhos para aquele diz de festa», acrescentou este sociólogo sobre esta comemoração numa altura em que se começa a arraigar a tradição do dia das Bruxas na cultura portuguesa.
Por esta razão, é já «costume a garotada subir aos prédios e aos andares com uma abóbora furada em forma de caveira com uma vela dentro acesa e pedem 'bolinho, bolinho, que é para as almas'».
«É uma mistura da festa das Bruxas, do Halloween e isto é próprio da cidade. Mas a tradição popular portuguesa tem a ver com a tradição de dar bolos secos e frutos secos a quem ajudou as colheitas», acrescentou.
Pão, broa, bolinhos, frutos secos e, mais recentemente chocolates, são as oferendas habituais, sendo que a quem não dá nada não lhe é rogada nenhuma praga, uma tradição que aos poucos vem perdendo força.
«Enquanto o costume era dos adultos era fácil transmitir, mas estando nas mãos da garotada tende a desaparecer, porque, às vezes, não funciona e os pais não encorajam, porque acham que é pedinchice», adiantou.
Moisés Espírito Santo notou mesmo que na região de Leiria houve mais crianças envolvidas nesta tradição no ano passado do que neste ano.
http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=1700539&page=-1
Nota do blog:
*Texto alterado pelo blog relativamente à referência ao antigo feriado de 1 de Novembro.

( Este feriado encontra-se suspenso, por decisão do governo PSD/CDS,como feriado civil, até 2018 celebrado em dia não-útil, por acordo entre a Santa Sé e a República Portuguesa)

  Também faz parte da tradição do Dia de Todos os Santos, o fabrico dos  "Bolos dos Santos", um bolo tradicional desta época nas localidades dos Concelhos de Mafra e Torres vedras. Associámos na imagem o vinho de Colares.
*. Em algumas povoações da zona centro e estremadura chama-se a este dia o ‘Dia dos Bolinhos’ ou ‘Dia do Bolinho’. Os bolinhos típicos são especialmente confecionados para este dia, sendo à base de farinha e erva doce com mel (noutros locais leva batata doce e abóbora) e frutos secos como passas e nozes.


O Orçamento para 2015 da Autarquia


A Câmara de Sintra aprovou  o orçamento para 2015, no montante de 150 milhões de euros, com uma redução de 5% na despesa corrente, e principais apostas no emprego, saúde, área social e requalificação urbana.

O orçamento municipal e grandes opções do plano foram aprovadas por maioria, com os votos favoráveis do PS, CDU e PSD e a abstenção dos eleitos do movimento independente Sintrenses com Marco Almeida (SMA).

Notícia no jornal Público, sobre o orçamento 2015 da CMS :

http://www.publico.pt/local/noticia/despesa-da-camara-de-sintra-desce-5-no-orcamento-para-2015-1674456

quinta-feira, outubro 30, 2014

Polinização Outonal


Foto em 26/10/2014 em Colares
No último Domingo, em pleno Outono, mas um dia com uma temperatura de Verão encontrámos em Colares, abelhas em grande actividade de polinização das flores, também elas com aspecto muito primaveril.

Foto em 26/10/2014 em Colares

As abelhas e a polinização
"A polinização é a transferência de grãos de pólen das anteras de uma flor para o estigma (parte do aparelho reprodutor feminino) da mesma flor ou de uma outra flor da mesma espécie. As anteras são os órgãos masculinos da flor e o pólen é a gameta masculino. Para que haja a formação das sementes e frutos é necessário que os grãos de pólen fecundem os óvulos existentes no aparelho reprodutor feminino.
A transferência de pólen para o estigma pode ocorrer das anteras para o estigama da mesma flor ou de flor diferente, mas na mesma planta (autopolinização) ou pode ser feita de uma flor para outra em plantas diferentes (polinização cruzada)."

Texto encontrado aqui
                                               

Foto em 26/10/2014 em Colares

Foto em 26/10/2014 em Colares





                                                           

quarta-feira, outubro 29, 2014

A despedida do Professor António Lamas

 
Foto de arquivo do blogue (inauguração da recuperação do Salão Nobre do Palácio da Pena)

Pelo seu interesse transcrevemos  notícias da RTP e jornal Público

Notícia RTP/Lusa:

António Lamas despediu-se dos trabalhadores da Parques de Sintra-Monte da Lua    
O presidente da Parques de Sintra-Monte da Lua (PSML), António Lamas, renunciou ao cargo na sociedade que gere os parques e monumentos de Sintra, com efeitos a partir de hoje, segundo o próprio comunicou aos trabalhadores.
"Termino esta segunda-feira 27 de outubro a minha colaboração formal com a PSML", informou António Lamas, numa comunicação "a todos os colaboradores da PSML", a que a agência Lusa teve acesso.
O presidente da sociedade desde 2006 recordou "os progressos conseguidos, marcados pelos muitos projetos de recuperação do património que a empresa gere - que aumentou (Palácios de Sintra e Queluz e Escola Portuguesa de Arte Equestre) pela confiança pública" do trabalho desenvolvido, aumento de visitantes e prémios recebidos.
"Foram quase nove anos de intenso trabalho, com uma excecional equipa, que recordarei para sempre como um dos melhores períodos da minha vida profissional", acrescentou António Lamas.
Na comunicação, o presidente cessante explicou que o conselho de administração nomeou, na semana passada, Manuel Baptista como administrador delegado, para que até à nomeação da nova administração para o triénio 2015-2017 o trabalho desenvolvido "não sofra perturbações".
"Espero poder utilizar noutros projetos públicos a experiência do `caso PSML`, como é conhecido", admitiu António Lamas, que se despediu agradecendo a "colaboração" de todos.
António Lamas deve agora ser nomeado presidente do Centro Cultural de Belém (CCB), após o falecimento de Vasco Graça Moura, em abril deste ano, conforme anunciou em setembro uma fonte oficial da Secretaria de Estado da Cultura à agência Lusa.
A comunicação surge após o presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta (PS), ter anunciado na última sessão do executivo que o ministro do Ambiente lhe disse que António Lamas "ia pedir a renúncia, uma vez que ia para Lisboa fazer o mesmo que fez em Sintra no eixo Belém-Ajuda".
O autarca acrescentou que, na altura, comunicou ao ministro Jorge Moreira da Silva que "Sintra não está confortável com a posição que tem" no capital da PSML.
A sociedade é detida pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças (35 %), Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (35), Turismo de Portugal (15) e município de Sintra (15).
"A ideia é nós termos um capital de 50%, se for necessário comprá-lo, compramos", afirmou Basílio Horta, considerando que com a repartição do capital "a sinergia entre as duas entidades será muito melhor".
O presidente da autarquia esclareceu ter recusado que todas as competências fossem entregues a Manuel Baptista e que o administrador indicado pela câmara, João Lacerda Tavares, não ficasse com qualquer atribuição.
"Era humilhante para a pessoa e era desconfortável para a câmara", justificou Basílio Horta, que adiantou que os dois administradores vão repartir as competências entre si.
A PSML gere o parque e palácio da Pena, o `chalet` da condessa d`Edla, o castelo dos Mouros, o convento dos Capuchos, os jardins e o palácio de Monserrate, os palácios nacionais de Sintra e de Queluz e a Escola Portuguesa de Arte Equestre.
António Lamas é formado em engenharia civil pelo Instituto Superior Técnico e presidiu ao Instituto Português do Património Cultural e à Junta Autónoma de Estradas.
Apesar dos vários contactos, não foi possível obter um comentário de António Lamas.
Notícia via RTP
http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=777407&tm=4&layout=121&visual=49

Foto de arquivo do blogue (durante a reconstrução do Chalet da Condessa d'Edla)

No Jornal Público de 25/09/2014:

António Lamas e a ida para o CCB: "O que defendi para Belém, está escrito"


O ainda presidente da Parques de Sintra não confirmou a mudança para o CCB mas ao PÚBLICO voltou a defender a aplicação do modelo de administração em Sintra à zona de Belém.
Ainda a presidir à Parques de Sintra Monte da Lua, António Lamas falou pela primeira vez desde que na semana passada foi noticiado que vai dirigir o Centro Cultural de Belém (CCB), podendo ainda gerir um novo pólo que reúna todos os museus daquela zona. Apesar de não ter confirmado nem desmentido a informação, Lamas defendeu ao PÚBLICO que o modelo de gestão em Sintra é aplicável em Belém.
“O que defendi para Belém está escrito”, disse ao PÚBLICO António Lamas, à margem da inauguração do novo projecto museológico do Quarto D. Quixote, no Palácio Nacional de Queluz, referindo-se ao artigo de opinião publicado neste jornal em que defendia a aplicação do modelo da Parques de Sintra, empresa pública criada em 2000 para reunir e gerir o património do Estado da Paisagem Cultural de Sintra, à zona de Belém
Nesta quinta-feira, no entanto, o ainda presidente da Parques de Sintra confirmou a sua posição em relação ao projecto que o Governo estará a preparar para a zona de Belém e que passa por juntar numa só administração todos os museus e monumentos do eixo Belém-Ajuda. Lamas não quis comparar mas deu o exemplo de Sintra: “[O Palácio de] Queluz não é rentável. Mas o Palácio da Pena ou o Castelo dos Mouros são muito rentáveis. É a gestão conjunta que permite que os que têm mais gerem receitas para os que têm menos, é a redistribuição”.
 (...)

"Nesta quinta-feira, no entanto, o ainda presidente da Parques de Sintra confirmou a sua posição em relação ao projecto que o Governo estará a preparar para a zona de Belém e que passa por juntar numa só administração todos os museus e monumentos do eixo Belém-Ajuda. Lamas não quis comparar mas deu o exemplo de Sintra: “[O Palácio de] Queluz não é rentável. Mas o Palácio da Pena ou o Castelo dos Mouros são muito rentáveis. É a gestão conjunta que permite que os que têm mais gerem receitas para os que têm menos, é a redistribuição”.

Via jornal Público -texto integral aqui
 

 “O que defendi para Belém está escrito”

terça-feira, outubro 28, 2014

Meteorologia


Praia Grande 27 de Outubro 2014

Previsão para 3ª feira, 28.Outubro.2014
INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA

Períodos de céu muito nublado.
Aguaceiros fracos, em especial no litoral.
Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante leste,
soprando temporariamente moderado (20 a 35 km/h) de sueste na
costa sul do Algarve e moderado a forte (30 a 40 km/h) do quadrante
sul nas terras altas.
Neblina matinal.

GRANDE LISBOA:
Períodos de céu muito nublado.
Possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos.
Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante leste.


ESTADO DO MAR
Costa Ocidental: Ondas de noroeste com 1,5 a 2,5 metros.
Temperatura da água do mar: 20ºC
Costa Sul: Ondas de sueste com 1 a 1,5 metros.
Temperatura da água do mar: 21ºC

METEOROLOGISTAS: Joana Sanches/Cristina Simões.
INFORMAÇÃO DO INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA.

Actualizado a 27 de outubro de 2014 às 7:12 UTC
https://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.localidade/



 



 





segunda-feira, outubro 27, 2014

Postal do Mucifal

Quinta do Murraçal

 Rua da Liberdade, Mucifal
Colares - Sintra


Mucifal

A pequena aldeia de Mucifal fica situada na margem direita do Rio das Maçãs (Ribeira de Colares), no Parque Natural de Sintra - Cascais. É uma zona ainda bastante rural, às portas da cidade de Lisboa. A sua Capela, e Largo, são de destacar, tendo ao lado o Mercado. O Largo do Mucifal - Largo Nossa senhora das Dores - é conhecido por visitantes e população dos arredores, pelas festas que aí se organizavam durante o Verão. A aldeia fica perto das praias e é um local agradável para um passeio.
Texto no

domingo, outubro 26, 2014

Maçã Reineta de Fontanelas em Festival

A decorrer até ao final do dia  deste Domingo,o II Festival da Maçã Reineta em Fontanelas

"A maçã reineta ainda é um fruto característico de Fontanelas. Com uma cor mista de tons verde e castanho, forma arredondada, o gosto ligeiramente adstringente da sua polpa branca, refresca-nos e faz-nos lembrar o clima ameno onde o fruto é cultivado"
Texto: II Festival da Maçã Reineta
"Curiosamente, a maçã reineta tem como vizinhas, há longos anos, as cepas de vinho ramisco."

sábado, outubro 25, 2014

Incêndio no Cabo da Roca (em actualização)

Foto às 17H30

100 bombeiros, 30 veículos e  2 aviões bombardeiros, têm combatido um incêndio que deflagrou cerca das 13h00, e estende-se por 3 hectares na zona envolvente do Cabo da Roca.
Foto às 17H30

Foto às 17H30

Informação SIC Notícias, 19H30:
"Considerado dominado o incêndio do Parque Natural Sintra Cascais"

Porque hoje é Sábado...

Iliteracias
Praia da Adraga, Outubro 2014


S.Mamede/Janas, Agosto 2014



quinta-feira, outubro 23, 2014

As Garças-Reais do Rio das Maçãs

Um casal de Garças-Reais, frequenta neste momento o rio das Maçãs - no dia 17 de Outubro, tivemos a oportunidade rara de as encontrar e  "conviver" algum tempo com estas elegantes aves, no habitat do grande bando de Patos Reais.


Foto 17/10/2014

Foto 17/10/2014
foto 17/10/2014
 
Foto 17/10/2014

Imponente, com o seu longo pescoço cinzento, a garça-real é muitas vezes a maior ave aquática que a vista alcança. Devido à facilidade com que é observada, é frequentemente uma das primeiras espécies a serem vistas por quem se inicia na observação de aves.

Foto 17/10/2014

Resultado da pescaria...


Posts relacionados sobre as Garças do Rio das Maçãs:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2012/06/refeicao-da-garca-nocturnagoraz-no-rio.html

http://riodasmacas.blogspot.pt/2012/06/garca-real-em-sintra.html

Em voo no rio das Maçãs 17/10/2014

quarta-feira, outubro 22, 2014

Momentos do Colóquio Nacional Raul Lino em Sintra

Foto: Casa dos Penedos(Raul Lino), vista da janela do Paço Real de Sintra

Decorreu  nos dias 17 e 18 de Outubro, o  III Ciclo de Conferências do Colóquio Nacional sobre Raul Lino,  na sala Manuelina no Paço Real de Sintra e no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas.
Miguel Real na apresentação do livro de Raul Lino "Os Paços Reais da Vila de Sintra"

"Dos pontos mais importantes por onde melhor se pode atingir a verdadeira Sintra, e monumento de uma fisionomia particularíssima, o antigo Paço Real merece ser conhecido e admirado pelas suas tradições, pela formosura dos seus trechos arquitectónicos e pelo poder evocativo com que ainda hoje nos cativa."
Raul Lino/Os Paços Reais da Vila de Sintra/1948


Intervenção de Adriana  -"Sintra como obra dos cidadãos"

COLÓQUIO NACIONAL RAUL LINO EM SINTRA
III Ciclo de Conferências do Colóquio Nacional sobre Raul Lino em Sintra.
17-18 Outubro .
Paço Real da Vila de Sintra / Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas
...
A iniciativa realçou a intervenção do arquitecto Raul Lino (1879-1974) em Sintra e em Portugal, decorrendo em 4 ciclos de conferências ao ritmo das 4 estações. O I ciclo teve lugar a 3 e 4 de Abril no Palácio de Seteais, o II ciclo a 25 e 26 de Junho na Casa dos Penedos e o III ciclo acontece no Paço Real da Vila de Sintra e no Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas a 17 e 18 de Outubro.

terça-feira, outubro 21, 2014

Climas

GRANDE LISBOA: Céu pouco nublado ou limpo, apresentando por vezes períodos de maior nebulosidade por nuvens altas. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de nordeste, rodando para norte durante a tarde. Pequena subida da temperatura máxima.

Fotos da Praia Grande, ontem (17h00),envolta em denso nevoeiro
Praia Grande 20/10/2014
Piscina com obras

segunda-feira, outubro 20, 2014

O tempo da Feira das Mercês

Este fim de semana em Sintra  aconteceu  a emblemática Feira das Mercês, além disso,  aconteceram exposições, mercado de rua, conferências e teatro e  ainda outras  propostas para sugerir  uma  visita  a Sintra.


"É a mais importante feira do districto de Lisboa e embora os mercados de gados e de varios productos não tenham na região da Estremadura nem pitturesco nem o valor da feiras minhotas e alentejanas, esta impõe-se pela variedade de typos e arrabaldinos que ali concorrem. Veêm-se carros de todos os feitios, vehiculos quasi prehistoricos arrastados por alimarias de todas as idades, homens que discutem, mulheres de typos vistosos que se apeiam no local da feira, ranchadas que se mettem nos campos devorando as merendas.

Á mistura um ou outro lisboeta curioso do pitoresco e d'um pouco de bom ar, que ri vê as transacções, que contempla aquellas fileiras de vendedores de fructas e de leitões assados e se retira á noite, na boa paz , n'um comboio rapído que silva e o deixa no Rocio."

Foto e texto na "Illustração Portugueza" de 24 de Outubro de 1904
* Grafia e acentuação conforme original

domingo, outubro 19, 2014

Uma manhã nas corridas



Uma passagem pela manhã de Sábado pelo Autódromo do Estoril, permitiu captar momentos dos treinos  de classificação, para a corrida de resistência de 4 horas de Domingo, (Última prova  da European Le Mans Series) - sentindo um pouco o ambiente das  " 24 horas de Le Mans".

Foto: Mecânico da Signalet Alpine
 
Foto :Alpine A450B-Nissan-Signalet Alpine/categoria LMP2

LMP2 (LE MANS PROTOTYPES 2)
Os LMP2 disputam os primeiros lugares na classificação geral. De elevada performance, podem apresentar carroçarias abertas ou fechadas, possuem chassis em fibra de carbono e, como limite ao desenvolvimento tem como preço de venda os 361.100 Euros. Os motores destes carros poderão ter 4. 6 ou 8 cilindros, cilindrada máxima  até 4500 cc., devendo o bloco do motor ser proveniente de um modelo de produção. O preço máximo de cada motor novo não poderá ultrapassar os 78.500 Euros.

Foto:ORECA 03 -JUDD/Race Performance

Foto:Ferrari F458 Itália GT3/SMP RACING

Foto: Box JMW MOTORSPORT

Foto: MORGAN-JUDD/Newblood By Morand Racing/LMP2

Foto:FERRARI F458 ITALIA GT3/SMP Racing

Foto: O descanso do guerreiro...

Mais informações sobre as 4 Horas do Estoril- aqui

sábado, outubro 18, 2014

Porque hoje é Sábado...

 Carlos José Paulo Santos,  colaborador frequente do Rio das Maçãs, fez o favor de autorizar a publicação de uma preciosa peça da história da Sociedade União Sintrense.

  Sociedade União Sintrense (SUS), fundada em 8 de Maio de 1877.


Dois grandes pilares da história da SOCIEDADE UNIÃO SINTRENSE.
Francisco Figueiredo dos Santos e Carlos Caetano dos Santos (Caínhas Pai), e o inseparável Pinóquio agarrado ao seu querido dono (foto).

O Ti Chico ia todos os dias abrir o bar da colectividade, o meu pai mais espaçadamente, fosse qual fosse o tempo.
Já se sentia naqueles tempos que as coisas estavam a mudar, a frequência era maior quando chegava estes tempos porque a Sociedade União Sintrense, tinha sempre uma àgua pé que arrumava quase todas as outras aqui na volta, a àgua pé era produzida na casa havia lá tudo, desde pipas a prensa, como não se podia vender usava-se o truque de que cada barril tinha um nome escrito a giz, com o nome de um associado. No dia 8 de Dezembro era o dia da matança do porco, do qual vos apresentarei noutro local uma foto de alguns colaboradores.

Texto  e foto de Carlos José Paulo Santos (Caínhas)
(Baterista dos Diamantes Negros)

Página de Facebook sobre a Sociedade União Sintrense:
https://www.facebook.com/sociedade.uniaosintrense

quinta-feira, outubro 16, 2014

TEATRO EM S. TOMÉ COM UMA CO-PRODUÇÃO DA COMPANHIA DE TEATRO DE SINTRA/CHÃO DE OLIVA



ESTREIA EM S. TOMÉ DE UMA CO-PRODUÇÃO DA COMPANHIA DE TEATRO DE SINTRA/CHÃO DE OLIVA E DA CACAU/FUNDAÇÃO ROÇAMUNDO
 
“Conversas começadas”, é a 70ª produção da Companhia de Teatro de Sintra/Chão de Oliva, co-produzida com a Cacau/Fundação Roçamundo, com estreia marcada, nas instalações desta última entidade, no próximo dia 17, às 20,30h, na cidade de S. Tomé, S. Tomé e Príncipe.
O espectáculo foi construído com base em pequenos textos escritos pelos actores, textos que iam surgindo no decorrer de exercícios em palco. Textos onde se espelham um olhar lúcido dos jovens intervenientes atores/autores, sobre o meio em que vivem, sobre o presente que se arrasta e o futuro do qual não se adivinha o contorno. Um espectáculo amargo e doce, tenso e descontraído, aparentemente leve mas incisivo, que não deixará ninguém indiferente.
Da ficha do espectáculo destaca-se os intérpretes Joel Trindade, José Neto e Yuri Sacramento, actores santomenses; a revisão e fixação do texto de Isaura Carvalho, da Cacau, e a encenação de João de Mello Alvim, do Chão de Oliva.
Com este espectáculo, pretende-se lançar as bases para a criação de um novo grupo santomense, o Cacau Teatro, assim como dar continuidade à parceria de intercâmbio firmada entre o Chão de Oliva e a Fundação Roçamundo, na linha de outras intervenções que o Chão de Oliva vem fazendo nos países de língua oficial portuguesa e que são potencializadas pelo Periferias – Festival de Artes Performativas em Sintra, organizado por esta associação.
 
 
 
Chão de Oliva / Centro de Difusão Cultural em Sintra
Rua Veiga da Cunha, 20 - 2710-627 Sintra
Tel.: 21 923 37 19
T.M. 91 926 32 56

*Texto Chão de Oliva

quarta-feira, outubro 15, 2014

Maçã Reineta de Fontanelas

Exemplares das maçãs Reinetas de Fontanelas/Sintra
Macieiras em Fontanelas em chão de areia, vizinhas das vinhas de  uvas Ramisco
Sobre o 1º Festival da Maçã Reineta em Fontenelas:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2013/11/maca-reineta-de-fontanelas.html

Sobre a Maçã Reineta:
http://www.fiel.pt/pt/catalogo/macas/maca-reineta/