terça-feira, dezembro 30, 2014

Aprovado cofinanciamento para 5 novos projectos da PSML


 
- Investimento total de cerca de 2.250.000 Euros
- Cofinanciamento de aproximadamente 1.344.000 Euros
- Projetos aprovados serão implementados em 2015
- Reabilitação do Picadeiro da Ajuda para espetáculos de Arte Equestre
- Recuperação da Quinta da Amizade/ Villa Sassetti
- Música nos Palácios de Sintra, Pena e Queluz
- Visita conjunta às áreas naturais de Sintra e Mafra
- Proteção contra espécies invasoras

 
A Parques de Sintra  (PSML),recebeu recentemente a aprovação da candidatura a cofinanciamento para 5 projetos: 4 projetos candidatados ao POR Lisboa (Programa Operacional Regional) e 1 projecto candidato ao PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural), todos a decorrer em 2015, maioritariamente no primeiro semestre.
Estes 5 projetos preveem um investimento global de aproximadamente 2.250.000 Euros, dos quais cerca de 1.344.000 Euros serão apoiados pelos referidos Programas. Desta forma, para cada uma das acções a empresa recuperará parte do investimento efectuado, minimizando o impacto no seu orçamento.
  
As candidaturas agora aprovadas dizem respeito a diferentes áreas de trabalho da empresa, nomeadamente aos seguintes projectos: reabilitação do Picadeiro Henrique Calado, na Calçada da Ajuda (para apresentações da Escola Portuguesa de Arte Equestre); recuperação da Quinta da Amizade/Villa Sassetti (edifício de Luigi Manini e percurso entre o centro histórico e a Pena/Mouros); temporadas de música nos Palácios Nacionais de Sintra, Pena e Queluz; preparação de um programa de visita conjunta a Sintra e Mafra, sob o mote “A Natureza em Parques e na Grande Tapada”; e a protecção contra agentes bióticos nocivos (através da remoção de espécies invasoras).


Fonte :PSML
 
BlogueAlterPQ20130508m

Ano Novo

Ano2015.jpg

segunda-feira, dezembro 29, 2014

Granja do Marquês

CintrA.jpg
Foto do semanário Ilustrado "Branco e Negro" nº33/15 de Novembro de 1896


Na Wikipédia:

A Granja do Marquês situa-se no concelho de Sintra, freguesia de Pêro Pinheiro. Dá-se esse nome a todo o terreno onde está situada a Base Aérea n.º 1, o Museu do Ar e também à área envolvente da mesma base. Vestígios arqueológicos apontam para que essa área foi habitada desde os tempos do neolítico, passando pelos romanos e árabes. Pertenceu ao Marquês de Pombal quando esta área tomou o nome porque ainda hoje é conhecida. Segundo uma lenda, no século XVII apareceu neste local a Nossa Senhora da Nazaré. Junto ao palácio situa-se uma capela que foi concluída em 1701. Hoje a capela é dedicada à Nossa Senhora do Ar, padroeira dos aviadores em Portugal. Em dezembro de 1927 foi criada a Base Aérea de Sintra, mais tarde denominada Base Aérea nº. 1. Essa instalação ocupou esses terrenos, tornando-se na Base Aérea mais antiga de Portugal e onde milhares de pilotos militares portugueses foram instruídos na arte de voar.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Granja_do_Marqu%C3%AAs

domingo, dezembro 28, 2014

Pôr do Sol de Colares

PordoSol26122014blog2.jpg
Pôr do Sol de Colares em 26/12/2014

Correspondência de William Beckford-1787 (com Pôr do Sol de Colares)

"(...) Jantámos numa asseada e excelente pousada, situada no centro da vila de Sintra. A rainha concedeu ultimamente ao marquês esta casa e um largo tracto de terreno contíguo, e das suas janelas e loggias vêem-se em baixo fundos barrancos e abruptas quebradas cobertas de bosques e matas, entremeadas de pedras musgosas e vetustos castanheiros. Apenas baixou o sol fomos para Colares, onde passeámos num terraço pertencente ao senhor Laroche, negociante francês, que deu provas de bom gosto na disposição da sua casa. Grupos de pinheiros e castanheiros, rompendo das fendas dos rochedos, e elevando-se uns acima dos outros a uma altura considerável, dão a Colares a aparência de uma aldeia dos Alpes; e ao longo do caminho inúmeras fontes à sombra de sobreiros e copados limoeiros, rebentam dos muros desmoronados e caem em tanques de pedra."


"Principiava a levantar-se o vento, quando subíamos o monte coroado pela villa do Marquês. Estava límpido o céu e esplêndido o pôr do Sol.(...)"

*O Terraço a que Beckford se refere, localiza-se na Quinta da Palma na Eugaria/Colares. quinta essa fundada por Pantaleão Laroche no 3º quartel do Séc XVIII. A quinta esteve na família de André Ludovice Paixão, até aos anos 50 do Séc.XX. E reza a história da família Laroche que Pantaleão Laroche possuía na sua quinta uma variedade de Pera única e que veio dar origem à Pera Rocha, a quinta também era conhecida pelos locais como a Quinta da Rocha.

*Extractos de  textos retirados de: "A corte da Rainha D.Maria I -Correspondência de William Beckford-1787"
http://riodasmacas.blogspot.pt/search?q=William+Beckford



sábado, dezembro 27, 2014

Porque hoje é Sábado...

ArvoreNatal26122014blog.jpg
 Árvore de Natal de 2014, junto ao Palácio da Vila de Sintra

O costume  de usar como símbolo a árvore de Natal tornou-se mais popular ao longo do século XVIII e no século XIX começou a ser adotado pena nobreza europeia. Em 1846, a rainha Vitória foi retratada no jornal Illustrated Londons News com os filhos perto de uma árvore de Natal. A popularidade da rainha ajudou a propagar a tradição, não só na Grã-Bretanha, mas também um pouco por todo o mundo.
A tradição em Portugal
A tradição da Árvore de Natal foi introduzida em Portugal por D.Fernando II, casado com a rainha D.Maria II Em Portugal , até meados do século XIX, a tradição do Natal tinha como centro a figura do Presépio. Com a ascensão do Trono de Portugal da Rainha D,Maria II, os hábitos da Corte Portuguesa por altura do Natal mudaram.Assim em 1836, a Rainha casou com o Principe Ferdinand von August Franz Anton von Sachsen-Coburg-Gotha-Kohary, mais tarde D.Fernando II, o Rei-Artista. Com a vinda para Portugal de Dom Fernando II foi introduzida na Corte Portuguesa, a tradição da Árvore de Natal. A pouco e pouco, graças à influência da Corte, a tradição da Árvore de Natal foi passando das elites para uma parte da população.
Ler mais aqui:
http://observador.pt/2014/12/24/historia-da-arvore-de-natal-nao-publicar/#

e aqui:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2012/12/ultimos-dias-fizemos-uma-pequena.html

sexta-feira, dezembro 26, 2014

Interlúdio

BolaVarzeadeColares22122014blog.jpg
Bola em movimento permanente, nas águas do rio das Maçãs, na Várzea de Colares -sem crianças por perto. Foto de 23/12/2014
BolaVarzeaColares222122014blog.jpg

quarta-feira, dezembro 24, 2014

Greve na Scotturb dias 24, 25 de Dezembro e 1 de Janeiro

ScotimagesVZYMQN0R.jpg

Os trabalhadores da transportadora rodoviária Scotturb, que opera em Cascais, Oeiras e Sintra, vão cumprir esta quarta-feira o primeiro de três dias de greve, convocada em protesto contra a falta de condições em que trabalham.

Luís Venâncio, da Federação de Sindicato de Transportes e Comunicações (Fectrans), disse esta terça-feira à agência Lusa que os trabalhadores exigem aumentos salariais e condições dignas de trabalho e, uma vez que "não são ouvidos pela empresa", decidiram fazer greve nos dias 24 e 25 de dezembro e 1 de janeiro.
Via Correio da Manhã e blog Tudo Sobre Sintra

terça-feira, dezembro 23, 2014

Gatos a preto e branco

Gatos02112014bblog.jpg
Momento 1
Gatos02112014blogp.jpg
Momento2
Gatos202112014blog.jpg
Momento 3


Fialho de Almeida sobre os críticos...
«Deus fez o homem à sua imagem e semelhança, e fez o crítico à semelhança do gato. Ao crítico deu ele, como ao gato, a graça ondulosa e o assopro, o ronrom e a garra, a língua espinhosa e a câlinerie. Fê-lo nervoso e ágil, reflectido e preguiçoso; artista até ao requinte, sarcasta até à tortura, e para os amigos bom rapaz, desconfiado para os indiferentes e terrível com agressores e adversários.» [...] Desde que o nosso tempo englobou os homens em três categorias de brutos, o burro, o cão e o gato – isto é, o animal de trabalho, o animal de ataque e o animal de humor e fantasia – porque não escolhermos nós o travesti do último? É o que se quadra mais ao nosso tipo, e aquele que melhor nos livrará da escravidão do asno, e das dentadas famintas do cachorro.»
Fialho de Almeida/Os Gatos/1889


gatoMucifalblog.jpg
*Fotos de Gatos do Mucifal

domingo, dezembro 21, 2014

Natal sem eléctrico da Praia das Maçãs

Electrico20012014.bloguejpg.jpg
Informação CMS:
"O Eléctrico de Sintra, por motivos operacionais, vai suspender a circulação de 21 de dezembro até dia 2 de janeiro de 2015.
O eléctrico volta ao seu normal funcionamento a partir do dia 3 de janeiro de 2015."

http://www.cm-sintra.pt/suspensao-do-eletrico-de-sintra-em-dezembro


Uma data não muito a propósito para  suspender a circulação de um transporte, que teria neste período  uma maior procura.

Solstício de Inverno

Sola20122014blogb.jpg
O dia do Solstício de Inverno marca o momento em que o Sol se encontra na sua expressão mínima; é a noite mais longa do ano.
O Solstício de inverno é um fenómeno astronómico que acontece todos os anos no dia 21 ou 22 de Dezembro.
Esta data marca o início do inverno no hemisfério norte e do verão no hemisfério sul.


*Foto do Pôr-do-Sol de 20 de Dezembro 2014, em Colares



sábado, dezembro 20, 2014

Porque hoje é Sábado...

Na altura em que o actual governo  PSD/CDS, pretende alienar (transferir para domínio alheio), um património nacional e afectivo de todos nós - publicamos para memória futura, um momento  em que Sintra, teve uma pequena participação na história da ainda Transportadora Aérea Nacional, TAP.

A despedida ao serviço do último Airbus A310 da TAP

TAPGranjadoMarques1607201424A00001log.jpg
Em Maio de 2008, a Base Aérea 1 da Granja de Marquês, acolheu a despedida ao serviço do último Airbus A310 da TAP.



TAPGranjadoMarques1607201424A0log.jpg


A chegada à B.A.1/Sintra do Airbus A310, ladeado por dois Alpha Jet dos Asas de Portugal
TAPGranjadoMarques1607201425Ablog.jpg
O último Airbus A310 o CS-TEH, (Bartolomeu Dias) chegou a Portugal em 1988 vindo de Toulouse.
TAPGranjadoMarques160720142A3blog.jpg
Fotos de Maio 2008
TAPGranjadoMarques1607201424A0000log.jpg
Na pista na Granja do Marquês/Sintra em 2008

Especificações Técnicas
Airbus A310-200

  • Comprimento (m): 46,66
  • Envergadura (m): 43,90
  • Altura (m): 15,80
  • Motores/Empuxo: 2x PW JT9D-7R4D1 (21.772 kg)
  • Peso max. decol (kg): 138.600
  • Vel. cruzeiro: 896 km/h
  • MMO/VMO: .84
  • Alcance (km): 7.149
  • Tripulação técnica: 2
  • Passageiros: 202
  • Primeiro voo: 1982
  • Encomendados: 85
  • Entregues: 85
  • Em operação: 73[72] (Um caiu a 29 de junho de 2009)
TAPGranjadoMarques160720143blog.jpg


* Manifesto contra a privatização da TAP (Não TAP os olhos)
http://www.naotaposolhos.com/?page_id=10


Post relacionado:
Sintra na rota dos Transportes Aéreos Portugueses -aqui







sexta-feira, dezembro 19, 2014

Serão Musical no Palácio da Pena

PP10438909_10152392806800947_5077430765488883160_n


O primeiro Serão Musical no Palácio da Pena, “Cintra’s Glorious Eden”, que terá lugar a 21 de dezembro, conta com um concerto do Trio Aeternus, composto pelo violinista inglês Alexander Stewart, o pianista polaco Lucjan Luc e o violoncelista arménio Varoujan Bartikian. Neste concerto serão tocados excertos da ópera Der Freischutz, de C.M von Weber, e obras de F. Schubert e B. Smetana.
Partindo da ...célebre frase de Lord Byron, “Cintra’s Glorious Eden”, este concerto procura explorar o fascínio que a Natureza – nas suas facetas amenas mas também nas mais agrestes – exerceu sobre muitos músicos do século XIX, sobretudo na tradição germânica, e o modo como ela foi evocada musicalmente por compositores como Franz Schubert ou Carl Maria von Weber. Mais informações e bilhetes: http://www.parquesdesintra.pt/noticias/seroes-musicais-no-palacio-da-pena/
Fonte:PSML

quinta-feira, dezembro 18, 2014

O que vale uma Árvore?


Kit 'Vale uma Árvore' iniciativa da QUERCUS

Uma árvore vale muito. Uma árvore autóctone ainda vale mais. As nossas árvores criam uma maior resistência à propagação dos fogos e são as melhores para amenizar o clima, promover a biodiversidade, proteger a nossa paisagem, a água e os solos.
Adquira um kit “Vale uma Árvore” nos CTT e faça parte desta campanha que vai mudar a paisagem portuguesa. Ofereça uma árvore a si, aos amigos, família e à Natureza!

Adquira um kit “Vale uma Árvore” em 210 lojas dos CTT e faça parte da campanha 'Uma Árvore pela Floresta', que vai mudar a paisagem portuguesa.

Através do código disponível neste kit, poderá registar a SUA árvore no site oficial da campanha e participar na plantação na mesma, acompanhando toda a evolução.

O kit só estará à venda até 18 de Dezembro de 2014: compre já o seu!

Ofereça uma árvore a si, aos amigos, família e à Natureza!
kit-vale-uma-arvore-.jpg
Por cá a sensibilidade é outra...
arvoreRua cafeda natalia2014.jpg
Foto de ontem na rua do Café da Natália,em Sintra (foto sintrense)
arvoreruacafedanatalia.jpg
Em 2013 o estado que ficou  a árvore após uma "poda" camarária.(foto sintrense)
"A foto de Março de 2013 foi feita após uma boda brutal, que a pôs naquele estado.  Mas até esta semana ela estava com bastante folhagem apesar de tudo. O corte foi há 2 dias e ainda hoje estava na mesma com o tronco à vista e uma pedras em cima."

quarta-feira, dezembro 17, 2014

Postal da Praia Grande

PraiaGrande15122014blog.jpg
Foto de mais um belo pôr-do-sol na Praia Grande, em 12 de Dezembro de 2014

 As Praias de Portugal
(Guia do banhista e do viajante)
Ramalho Ortigão / 1876

"(...) Cintra é, ainda assim pela natureza dos seus terrenos, pela abundancia das suas aguas, pelas suas vegetações, pelas suas collinas, pela sua serra, pelos seus nevoeiros, pela suas quintas, uma das mais bellas, das mais suaves, das mais tranquilas regiões que oferece o paiz."

(Ortografia e acentuação conforme o original)

Os animais não são prendas de Natal

10868066_830336373691113_6010018198310289464_n.jpg

Texto do Grupo de Voluntários do Canil Municipal de Sintra

Informamos que não se irão realizar adopções de animais nos dias 22 e 23 de Dezembro.

A procura de animais como prendas de última hora e a custo zero aumenta acentuadamente na altura do Natal, todos os anos. Muitos destes animais são abandonados poucos dias ou semanas depois, assim que os seus detentores se apercebem das consequências inerentes a uma adopção (as despesas, os possíveis estragos e ...barulho, pêlos na casa, garantir que alguém cuida do animal quando a família tem de se ausentar, etc.)

Um animal exige um compromisso responsável e a longo prazo.

Os animais acolhidos nas instalações do Gabinete Médico Veterinário Municipal de Sintra tiveram anteriores detentores que não souberam fazer a distinção entre um animal e uma coisa (foram largados na rua ou nas próprias instalações ou sofreram maus-tratos e negligência).
Não desejamos para nenhum deles que esta terrível experiência se repita.

Uma adopção é uma decisão que deve ser tomada com consciência e ponderação.
 

terça-feira, dezembro 16, 2014

Sintra na rota dos Transportes Aéreos Portugueses

TAP29062013blog.jpg
Legenda: Fardamentos da ainda transportadora aérea portuguesa TAP, no Museu do Ar em Sintra
ColaresTAPb071222014blog.jpg
No céu de Colares em 12 de Dezembro de 2014

História na rota do "futuro"

(Texto TAP -aspas  no título acrescentadas pelo editor do blog)

1945 - 1949

A TAP – ou mais especificamente, a Secção de Transportes Aéreos – é criada a 14 de março de 1945 pela mão de Humberto Delgado, à data director do Secretariado da Aeronáutica Civil. É neste ano que são adquiridos os primeiros aviões – dois aviões DC-3 Dakota com capacidade para 21 passageiros. No ano seguinte, são criadas definitivamente as condições necessárias para a companhia começar a operar, através da realização do Curso Geral de Pilotos. São, então, inauguradas as duas primeiras linhas aéreas: a primeira linha comercial Lisboa-Madrid abre a 19 de setembro de 1946. Mais tarde, a 31 de dezembro, é inaugurada a “Linha Aérea Imperial” que serve a rota Lisboa-Luanda-Lourenço Marques que contaria com 12 escalas, cerca de 15 dias de duração (ida e volta) e 24540 quilómetros de extensão. Até ao termo da década de 40, outras rotas são criadas: Paris (1948), Londres (1949) e Sevilha (1948).


Colares07122014TAPhblog.jpg

na rota sobre Colares...

1950 - 1959

Em 1952 entra-se definitivamente na era do jacto: em maio deste ano, a British Overseas Airways Corporation (BOAC) abre o primeiro serviço regular de aviões a jacto, voando cerca de 11 mil quilómetros entre Londres e Joanesburgo em menos de 24 horas e encurtando a viagem, até aqui realizada por aviões a hélice, para metade do tempo anterior. Ainda em 1952 inicia-se a produção do Boeing 707.
No ano posterior – 1953 – a TAP conhece pela primeira vez o significado de “privatização”, passando de um serviço público a uma sociedade anónima de responsabilidade limitada (SARL). Na mesma altura, surgem dois novos destinos TAP: Casablanca e Tânger.
Em 1955 chega a Lisboa o primeiro quadrimotor, uma aeronave impulsionada por quatro motores fixados nas asas, destinado ao longo curso da TAP que, em novembro, começa a operar na linha de África; no mesmo ano realiza-se a viagem experimental ao Rio de Janeiro, com a participação do Almirante Gago Coutinho.
O ano de 1958, apesar de ser palco da demissão de Humberto Delgado, esboça-se como um ano de recordes para a TAP: pela primeira vez, a companhia ultrapassa um milhar de trabalhadores (1009), estende-se por uma rede de mais de 14 mil quilómetros, possui cerca de 10 mil horas voadas e mais de 64 mil passageiros transportados.


Fonte:Texto TAP
- ver mais aqui:
 http://www.tapportugal.com/Info/pt/frota-historia/historia#sthash.a0yIF1PG.dpuf


Post relacionado:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2008/05/aeronostalgia-no-domingo-em-sintra.html

segunda-feira, dezembro 15, 2014

Postal do Paço de Sintra

PalacioVilaOUt2014blog.jpg
Sobre o "velho Paço de Sintra":


"Para bem apreciar, porém todo o encanto desta flor rara não basta contemplá-la, é necessário aspirar-lhe o íntimo perfume que como uma alma do passado, do seu interior se depreende - um perfume feito de tradições e de lendas, um perfume de séculos onde andam milhares de saudades dispersas.(...)"
Oliva Guerra /Roteiro Lírico de Sintra/1940

sábado, dezembro 13, 2014

Bazar de Natal na Praia das Maçãs

Bazar de Natal artesanado e gourmet freguesia de c

Pelo céu de Colares

Aviaoblog11122014.jpg
Chipmunk MK 20 no céu de colares, em 11 de Dezembro de 2014


Aviao29062013blog2.jpg
Foto na Base Aérea 1,Granja do Marquês
Chipmunk MK 20 (modif.) para instrução
        

O CHIPMUNK MK20 é um avião bi-lugar em tandem, metálico, com trem fixo e travões hidráulicos de disco, dotados de duplo comando.
Foi utilizado pela FAP para instrução elementar de pilotagem podendo, pelas suas caraterísticas de voo fazer toda a acrobacia e, em boas condições meteorológicas, voo noturno e por instrumentos.
Das cerca de 30 unidades que a Força Aérea dispunha e devido ao seu efetivo, foram selecionadas 7 unidades que, com vista à execução de missões de reboque de planadores da AFA, foram submetidas a várias modificações.
As modificações introduzidas constam de remotorização mais potente (145 HP para 180 HP); novo bloco de travões; novo rádio; transponder; derivas anti-vrille e pintura original da instrução na Força Aérea, com inscrição e emblema da Academia da Força Aérea.
Texto da FAP
http://www.emfa.pt/www/aeronave-8-chipmunk-mk-20-modif
Aviao29062013gmblog.jpg

Na pista da Base aérea 1/Sintra

sexta-feira, dezembro 12, 2014

O Som e a Fúria no Auditório António Silva no Cacém

Cartaz_SomFuria.jpg
O teatromosca estreia na próxima sexta-feira, dia 12, no Cacém, o espectáculo "O Som e a Fúria", a partir do romance homónimo de William Faulkner. - dias 12 e 13, às 21h.
http://teatromosca.com.sapo.pt/

quinta-feira, dezembro 11, 2014

Olhares sobre o Palácio da Vila de Sintra

 photo PaccedilodeSintracondSabugosablogue_zps99afc31e.jpg
Desenho da  Rainha Dona Amélia


"(...)Este maciço e silencioso palácio, sem florões e sem torres, patriarcalmente assentado entre o casario da vila, com as suas janelas manuelinas que lhe fazem um nobre semblante real, o vale aos pés, frondoso e fresco, e no alto as duas chaminés colossais, disformes resumindo tudo, como se a residência fosse toda ela uma cozinha talhada às proporções de uma gula de rei que cada dia come todo um reino..."
Eça de Queirós/Os Maias

 * Gravura retirada do livro "O Paço de Cintra", Desenhos da  Rainha Dona Amélia - Apontamentos Históricos e Archeológicos do Conde de Sabugosa - Colaboração artística de Enrique Casanova e Raúl Lino. - Lisboa - Imprensa Nacional - 1903.

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Diário das Garças da Várzea de Colares

Garça02122014ablog.jpg
(foto em 4/12/2014)


No início do mês de Dezembro, o casal de  Garças Reais que  há vários meses se instalou, no rio das Maçãs, e que temos acompanhado, permitiram  as fotos que hoje publicamos. Nos dias seguintes continuámos  a tentar observá-las, mas nas nossas  mais recentes passagens pelo rio das Maçãs,  não foi possível  encontrá-las. Continuaremos atentos.
Garça02122014P.blogjpg.jpg
No rio das Maçãs, a iniciar  mais uma pescaria (foto em 4/12/2014)
Garça2221112014hblog.jpg
Garça a observar o movimento matinal, junto à estrada na Várzea de Colares (foto em 2/12/2014)



Garçaponte21112014blog.jpg
Embora  já bem habituadas ao movimento do dia a dia da Várzea de Colares - na foto, uma das garças, refugiada debaixo da ponte, um pouco assustada, com a chegada de um grupo de crianças que alimentavam o bando de patos reais.(foto em 2/12/2014)


Posts relacionados:


Garças Reais do Rio das Maçãs.
http://riodasmacas.blogspot.pt/2014/10/as-garcas-reais-do-rio-das-macas.html
Garças Reais do Rio das Maçãs II
http://riodasmacas.blogspot.pt/2014/11/gracas-reais-do-rio-das-macas.html

terça-feira, dezembro 09, 2014

A Parques de Sintra - Monte da Lua, galardoada pela segunda vez com World Travel Award

A Parques de Sintra – Monte da Lua (PSML) foi galardoada no domingo, pela segunda vez consecutiva, com o World Travel Award para “Melhor Empresa do Mundo em Conservação”, durante a cerimónia oficial em Anguilla (Caraíbas).
PSMLConcerto7966993478_0236a85ac9_z.jpg
 Estes prémios, reconhecidos internacionalmente como os “óscares do turismo”, são atribuídos anualmente às melhores empresas do mundo na área do turismo e representam uma das distinções mais importantes que estas empresas podem receber. A votação é realizada pelo público em geral e por milhares de profissionais de Agências de Viagens e Turismo, oriundos de 160 países.
  
Os World Travel Awards foram criados em 1993 para reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os sectores da indústria do turismo.
Fonte/Texto PSML 


PSMLMonserrate30Maio2014Blog.jpg
Fotos: Chalet da Condessa d'Edla, no Parque da Pena e Palácio de Monserrate

segunda-feira, dezembro 08, 2014

Clima & Serviço Público

Colares07122013bnblog.jpg
O céu de Colares com Almoçageme, envolto em nuvens brilhantes durante o pôr-do-sol de Domingo
Colares07122014bblog.jpg
Alerta amarelo para vaga de frio
A Protecção Civil de Sintra colocou sob alerta amarelo o concelho de Sintra, devido às previsões de uma descida das temperaturas, com maior destaque no período noturno entre sábado (6 de dezembro) e sexta feira (12 de dezembro).
O Serviço Municipal de Protecção Civil e com base na informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, prevê-se, para os próximos dias no concelho de Sintra, uma descida das temperaturas e assim é implementado o alerta de nível Amarelo do Plano de Contingência Municipal para as Temperaturas Extremas Adversas.

Face a estas previsões, e com particular atenção a pessoas mais vulneráveis como crianças, idosos, pessoas portadoras de patologias crónicas e indivíduos sem-abrigo, a Câmara Municipal de Sintra garantirá o acompanhamento permanente da situação.

Recomenda-se a todos os cidadãos a adoção das seguintes medidas:
  • que se evite a exposição prolongada ao frio e as mudanças bruscas de temperatura;
  • o uso de várias camadas de roupa, folgada e adaptada à temperatura ambiente;
  • a proteção das extremidades do corpo (usando luvas, gorro, meias quentes e cachecol);
  • a ingestão de sopas e bebidas quentes, evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor;
  • especial atenção com a proteção em termos de vestuário por parte de trabalhadores que exerçam a sua atividade no exterior, e evitar esforços excessivos resultantes dessa atividade.
O Serviço Municipal de Protecção Civil recomenda ainda:
  • especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex. braseiras e lareiras), que podem causar intoxicação e levar à morte;
  • que se assegure uma adequada ventilação das habitações, quando não for possível evitar o uso de braseiras ou lareiras;
  • que se evite o uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligando sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar;
  • que se tenha em atenção a condução em locais susceptíveis de formação de gelo na estrada, adotando uma condução defensiva;
  • especial atenção por parte das famílias e vizinhos, e das redes de proximidade, com as situações de pessoas idosas e em condição de maior isolamento.
Texto CMS

domingo, dezembro 07, 2014

A propósito dos 19 anos da elevação de Sintra a Paisagem Cultural da Humanidade

CardimRibeiro09012009.jpg
José  Cardim Ribeiro, Director do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas

No jornal Público de 22 de Abril de 2007, escrevia José Cardim Ribeiro, um artigo, com o título "Sete breves considerações sobre a Paisagem Cultural de Sintra", de que transcrevemos dois pequenos excertos, pelo seu interesse, na altura em que se celebra 19 anos da classificação da Paisagem Cultural de Sintra, como Património Mundial da UNESCO:

"(...)7.-Um dos princípios-base das classificações da UNESCO tem a ver com o desejável interesse e salutar aproximação entre a população e os bens classificados no seu território, respectivo usufruto e gestão. O profundo esquecimento deste princípio constitui um dos maiores desvios aos princípios da UNESCO na gestão da Paisagem Cultural de Sintra (PCS).
(...)
Actualmente, Paisagem Cultural de Sintra e sintrenses estão de costas viradas uns para outros, podendo mesmo dizer-se que existe por parte da população uma certa antipatia por aquilo que é  hoje, na realidade, a PCS (é óbvio que a gratuitidade das manhãs de domingo, nos monumentos, e parques geridos pela PSML, iniciativa meramente simbólica, em nada altera a lamentável situação subsistente).
 Permanecem, no âmbito da PCS, espaços que os sintrenses sempre consideraram públicos e como seus: o mais importante, neste aspecto, é o Castelo dos Mouros que efectivamente deveria ser de novo - como sempre, ao longo dos séculos - franqueado à população sintrense; e, através de uma iniciativa como esta, iniciar-se da melhor maneira o sempre  tão complexo mas estritamente necessário processo de aproximação entre populações e os bens internacionalmente classificados."

José Cardim Ribeiro/Público 22/05/2007
Coordenador do Dossier de Candidatura de Sintra a Património Mundial. Membro do ICOMOS.
Actualmente, Director do Museu Arqueológico de São Miguel de Odrinhas
CastelodosMouros-1.jpg