Trinta e Quatro anos depois



Imagens RTP -Largo do Carmo, Lisboa 25 de Abril de 1974


Comunicado do Movimento das Forças Armadas dia 25 de Abril de 1974

Às 18h20m

Aqui posto de comando das Forças Armadas. Em aditamento ao último comunicado, o Movimento das Forças Armadas informa a Nação que conseguiu forçar a entrada no quartel da Guarda Nacional Republicana, situado no Largo do Carmo, onde se encontrava o ex-Presidente do Conselho e outros membros do seu ex-Governo.

O Regimento de Lanceiros 2, onde se recolheram outros elementos do seu ex-Governo, entregou-se ao Movimento das Forças Armadas, sem que houvesse necessidade do emprego da força que os cercava.

A quase totalidade da Guarda Nacional Republicana, incluindo o seu comando e a maioria dos elementos da Polícia de Segurança Pública, já se rendeu ao Movimento das Forças Armadas.

O M. F. A. agradece à população civil todo o carinho e apoio que tem prestado aos seus soldados, insistindo na necessidade de ser mantido o seu valor cívico ao mais alto grau. Solicita também que se mantenha nas suas residências durante a noite, a fim de não perturbar a consolidação das operações em curso, prevendo-se que possa retomar as suas actividades normais amanhã, dia 26.
Viva Portugal!

Comentários

Zé-Viajante disse…
Obrigado, Pedro por este e por todos os últimos "posts".
Abril merece. Será que nós merecemos Abril?

(Nuvens muito negras no horizonte...)
Cristina disse…
Uma pensamento para todos hoje 25 april...
Anónimo disse…
25 de Abril SEMPRE, uma data especial que a mim me comove, pelas recordações que marcam as memórias dum tempo em que acreditámos ser possível um Portugal mais justa e mais humano. Um data para aplaudir, para recordar, como ideal da Liberdade, e de crença num Mundo melhor. Boa semana, meu caro.
pedro macieira disse…
Viajante,

Pela nossa parte, vamos manter viva as memórias do 25 de Abril.
Um abraço
pedro macieira disse…
Cristina,
Um dia que marca as nossas vidas.
Um abraço
Anónimo disse…
Obrigada pelos oportunos posts que publicou durante a semana.

25 de Abril, SEMPRE, como escreveu jofre alves no comentário anterior.
ereis
pedro macieira disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse…
Jofre Alves/Ereis
Será nossa obrigação, a geração que viveu o 25 de Abril lembrar às gerações mais novas como era o Portugal no 24 de Abril.
Falar disso uma vez por ano, é pouco mas é melhor do que esta data seja sómente mais um feriado.

25 de Abril Sempre!

Abraços
Manuel Dominguez disse…
eu so podo decir que recorro 1,600 para depostar uns cravos no camporraso na tumba de salgueiro Maia, onde hoxe hay uns rosales, de rosas, rojas y amarelas, ali como un peregrino acudo, y ali encontro paz y sosego, lembremos o 25 abril sempre e, parte da nosa vida, y ao zeca y adriano y oitros saludos

Mensagens populares deste blogue

Visita à Casa Branca nas Azenhas do Mar

Frutas da Região - Pêra " Lambe-os-dedos" II

Os cedros também se abatem na Serra de Sintra