Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2012

Da Praia das Maçãs até à Ericeira

Imagem
Foto de hoje, na Praia das Maçãs, a maré baixa permitia visualizar o Magoito e a Ericeira. " Praia das Maçãs - onde desagua o rio do mesmo nome num areal fortemente batido pelas ondas. A praia de fundo arenoso, estende-se num compr. de 500 m. Abrigada dos ventos S. e SE., é uma esplêndida estação de inverno. De Verão dominam os ventos N. e NE. Extremamente belo o panorama das arribas maravilhosamente recortadas, fechado SO. por altas rochas caindo a prumo sobre o mar. Do lado da terra espectáculo soberbo da serrania, que desenrola os seus cumes e vertentes até ao oceano e que há hora violeta do poente se embebe toda da poesia misteriosa - De há umas dezenas de anos para cá vão pululando as edificações, quase sempre em péssimo estilo. Passeios muito belos ao longo da costa: na direcção N., no rebordo dum paredão da penedia sobranceiro à pequena praia do Mindelo, Pedra do Concelho e Arcão." No "Guia de Portugal -Lisboa e Arredores", Ed. de 1924 de Raul Proença

Dia Internacional da Memória do Holocausto

Imagem
N o dia 27 de Janeiro, foi assinalado o sexagésimo sétimo aniversário da libertação do campo de concentração nazi de Auschwitz. A data de 27 de Janeiro de 1945, foi escolhida para assinalar o Dia Internacional da Memória do Holocausto. Foto retirada do blog Beijo da Terra A propósito desta data, publicamos hoje, uma interessante foto da chegada ao Hotel Netto em Sintra, em 1941, de refugiados judeus que Portugal recebeu durante a 2ª guerra, e distribuiu por Sintra, Estoril, Cascais, Caldas da Rainha, Buçaco, Curia, Foz do Arelho e Figueira da Foz. A ruína do Hotel Netto, como hoje se encontra no centro histórico de Sintra Posts relacionados sobre o Hotel Netto: -Intervenção arqueológica no Hotel Netto- Aqui -Hotel Netto- Aqui -Hóteis de Sintra Antiga - Aqui

Fotos de Sintra Rural

Imagem
Gansos, Almoçageme Abóboras, Mucifal Na margem do rio das Maçãs

Porque hoje é Sábado...

Imagem
Carta ao Mar Deixa escrever-te, verde mar antigo, Largo Oceano, velho deus limoso, Coração sempre lyrico, choroso, E terno visionario, meu amigo! Das bandas do poente lamentoso Quando o vermelho sol vae ter comtigo, - Nada é mais grande, nobre e doloroso, Do que tu, - vasto e humido jazigo! Nada é mais triste, tragico e profundo! Ninguem te vence ou te venceu no mundo!... Mas tambem, quem te poude consollar?! Tu és Força, Arte, Amor, por excellencia! - E, comtudo, ouve-o aqui, em confidencia; - A Musica é mais triste inda que o Mar! António Gomes Leal, in 'Claridades do Sul' (1875) *Foto, Praia Grande esta semana

Tertúlia Poética

Imagem
Dizer poesia é um acto telúrico. Escrevemos um mapa de poemas no corpo da montanha, como tatuagem de uma deusa antiga, renascida pelos versos de poetas e pastores da noite lunar. Partimos de poemas de Frederico Mira George, mas a viagem prosseguirá, como num barco ébrio, pelo oceano da palavra poética. Embalagem para o espírito, em público. Selene – Culturas de Sintra reinventa hoje a tradição viva de uma boa Tertúlia Poética em Sintra, no calor humano de uma noite de Inverno, no Café Saudade. (texto Selene )

Notícias do Aeroporto para Companhia de tarifas reduzidas

Imagem
Sobrevoo de Colares ontem, em rota transatlântica Novo estudo para "Aeroporto complementar de Lisboa" "O Governo criou um grupo de trabalho para fazer "o estudo de viabilidade do aeroporto complementar de Lisboa", a apresentar no prazo de 90 dias. A decisão, tomada no final de 2011 pelos ministérios da Defesa e da Economia, foi publicada esta sexta-feira em Diário da República. O chamado "aeroporto complementar" de Lisboa destina-se prioritariamente às companhias low cost (tarifas reduzidas), sendo a base aérea de Sintra a principal candidata a funcionar como alternativa ao aeroporto da capital portuguesa. A decisão enquadra-se no acordo assinado em 2011 com a troika, ao abrigo do qual Lisboa recebeu ajuda financeira internacional.(...)" De uma notícia do DN-online Assembleia de Freguesia de Algueirão Mem Martins aprovou por unanimidade uma recomendação para que a população seja ouvida no âmbito da eventual utilização da Base Aérea de Sintra

Ermida de Santa Eufémia em S.Pedro de Sintra

Imagem
"Sem informações durante a Alta Idade Média, só em 1147 a fonte de Santa Eufémia é referida documentalmente, pelo cruzado R. que acompanhou as tropas cruzadas na conquista da cidade de Lisboa (cf. ALVES ed., 1989, p.34). A circunstância de as suas águas possuírem poderes curativos, em particular problemas de tosse, levou a que, no século XIII, se tivesse edificado a ermida, espécie de santuário de romaria que, desde então, se verificou ao sítio. A actual configuração do conjunto monumental não apresenta qualquer vestígio dessa primitiva edificação medieval, uma vez que, em 1876, por iniciativa de um estrangeiro devoto da santa se reconstruiu." Fonte-IPPAR " A capela de Santa Eufémia a sua casa de banhos, cuja fama de milagrosos ainda hoje corre. Não conserva já o pittoresco aspecto d’outros tempos, a fonte de Santa Eufémia e a sua minuscula casa de banhos. Construcções modernas ali feitas ultimamente, para installação das cavallariças reaes e aposentaria da respecti

Biblioteca do Palácio de Monserrate

Imagem
"A biblioteca de Monserrate é guarnecida por notáveis e preciosas antiguidades ; a porta de entrada é em antigo alto relevo italiano, feito em madeira preta; tem nas estantes mais de cinco mil volumes, onde se encontram obras em todas as líguas e de quasi todos os principais escritores antigos. Entre as belezas que a adornam merece especial menção uma estatua equestre, em barro, que serviu de modelo à que existe em Roma representando Marco Aurélio." Descrição encontrada em "Cintra Pinturesca ou Memoria Descriptiva da Villas de Cintra e Collares e seus Arredores" de Antonio A.R. da Cunha, edição de 1905

Larmanjat de Sintra

Imagem
O Caminho de Ferro Larmanjat de Sintra foi uma via ferroviária em monocarril (Larmanjat) que ligava Lisboa (Portas do Rego) a Sintra, numa extensão total de 26 Km, tendo funcionado entre 1873 e 1877. A 11 de Julho de 1871, o Duque de Saldanha obtinha licença para estabelecer um caminho de ferro entre Lisboa e Sintra. A 2 de Julho de 1873, pelas 9 horas, foi inaugurada a linha de Sintra. Para realizar este percurso a locomotiva demorava 1 hora e 55 minutos. A abertura ao público foi feita 3 dias depois. A linha de Sintra, com 26 Km de extensão, tinha como estações: Porta do Rego, Sete Rios, Benfica, Porcalhota (Amadora), Ponte de Carenque, Queluz, Cacém, Rio de Mouro, Ranholas e Sintra As composições eram compostas por carruagens de 1ª e 3ª classes.Os preços eram de 550 e 400 reis respectivamente. Os descarrilamentos constantes, as avarias sucessivas, as quedas frequentes dos passageiros e os grandes atrasos fez com que muitos voltassem a optar pelas pelas diligências, apesar destas

Adega Regional de Colares

Imagem
*Foto encontrada no blogue bic laranja "(..) Em 15 de Agosto de 1931 foi criada a Adega Regional de Colares, ponto de partida do actual organismo que tão grande e salutar influência veio exercer sobre a viticultura e vinicultura da região, que até essa altura ,marchavam numa irregularidade tal que se não fossem as providências tomadas o descrédito deste vinho arruinaria por completo a principal riqueza local. Comerciantes pouco escrupulosos com alguns mas raras excepções serviam-se desta marca para lançarem no mercado os seus produtos sem se preocuparem com a sua qualidade, e com os legítimos interesses dos lavradores, aproveitando-se assim do rótulo de Colares que realmente representa hoje o melhor dos vinhos de mesa portugueses, sem receio de confronto com os mais afamados das regiões vinícolas dos principais países, como a Es panha, a França e a itália. Quatro anos de existência conta pois a Adega Regional e neste prazo aliás curto, transformou-se por co

Olhares à volta do Largo D.Fernando II de S.Pedro de Sintra

Imagem
A visita ao Largo D.Fernando II , em S.Pedro de Sintra para observar os Plátanos, permitiu observar também outros pormenores do largo, onde nos segundos e quartos domingos de cada mês, acontece a tradicional Feira de S.Pedro .

Uma visita ao Largo D.Fernando II em S.Pedro de Sintra

Imagem
Um aviso de abate de plátanos da CMS , levou-nos ontem ao Largo D.Fernando II em S.Pedro de Sintra. A observação feita aos plátanos naquele local, indica falta de práticas de manutenção daqueles velhos plátanos. Plátanos que tem sido vítimas de rolagens (podas camarárias), ao longo dos anos, o que os torna vulneráveis a ataques de insectos e fungos que causam podridões. Não havia marcações no terreno, (ontem às 12h30), nem estavam indicados os plátanos que estariam para ser abatidos - no local só a presença de uma carrinha da empresa que se tem ocupado ao serviço da CMS, das intervenções (podas e abates de árvores ) que temos divulgado. O aviso da CMS, esclarece que os plátanos a abater serão “ substituídos por tílias e carvalhos ” – a questão preocupante é que aquele largo é caracterizado pela existência de plátanos e outras espécies irão alterar a imagem de um local com características únicas em Sintra, em que os plátanos formam um conjunto harmonioso.

Supremacia

Imagem
Momentos no rio das Maçãs (Várzea de Colares), em que inexistência de qualquer solidariedade no bando, permite aos mais fortes comerem sempre mais - tal como na espécie humana.

Regresso ao Passado

Imagem
Foto-montagem @RiodasMaçãs O Acordo Colectivo de Trabalho era um acto jurídico celebrado entre uma entidade sindical laboral e uma ou mais empresa (s) correspondentes, no qual se estabeleciam regras na relação de trabalho existente entre ambas as partes. D iferentemente da Convenção Colectiva de Trabalho, o Acordo Colectivo de Trabalho era restrito apenas a(s) empresa(s) acordantes e seus empregados, enquanto na primeira, as regras valiam para toda a categoria abrangida pelos sindicatos de trabalhadores e associações de empregadores.

O Irreal Quotidiano

Imagem
Foto e título, sugestão de uma leitora sintrense Excerto de um comunicado da Associação de Defesa do Património de Sintra (ADPS ), sobre as práticas usadas no tratamento das árvores em Sintra, de 22 de Novembro de 2011 . “Face aos cortes de árvores efectuados recentemente, consideramos necessário reavivar o Conselho Municipal do Ambiente assim como promover reuniões multidisciplinares em que os "stakeholders" estejam presentes, para avaliação dos processos mais adequados para a conservação do património arbóreo e, em casos limite, a substituição de uma ou outra árvore. Os conhecimentos na área da arboricultura para a conservação do arvoredo permitem hoje em dia a aplicação de técnicas para a manutenção em segurança das árvores que pela sua localização, espécie, raridade, longevidade ou monumentalidade devem ser especialmente protegidas na área classificada como Património Mundial e na sua Zona Tampão e de Transição.” *Foto de 16/01/2012, perto do Largo do Morais em Sint

Lançamento de um livro sobre a Capela da Misericórdia de Colares

Imagem
No último sábado, foi apresentado na Capela da Misericórdia de Colares, o livro “A Capela da Misericórdia de Colares – Uma Capela palatina da familia Mello de Castro” da autoria de António Serôdio Lopes, Mestre em conservação e Reabilitação de Interiores, pela Escola Superior de Artes Decorativas da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva e professor na Escola Profissional de Recuperação do Património de Sintra. “O presente estudo de conjunto, dedicado à Capela da Misericórdia de colares , pretende contemplar, simultâneamente, a sua evolução histórica, em estreita associação com o reconhecimento da actuação dos seus fundadores” afirma o autor do livro agora publicado, que vai permitir um melhor conhecimento deste antigo templo de Colares, fundado por D.Dinis de Melo e Castro, bispo de Leiria, de Viseu e da Guarda em 1623, na época em que este eclesiástico estabeleceu a sua residência na Vila. António Serôdio Lopes, fazendo a apresentação do seu livro Posts publicados sob

Hélder Rodrigues ganha penúltima etapa do Dakar 2012 (Actualizado)

Imagem
Foto da etapa de ontem. Crédito foto DPPI, retirada daqui ACTUALIZAÇÃO 17H00 Hélder Rodrigues garante o terceiro lugar no pódio, no final da última etapa do Dakar 2012, ao terminar em 8º lugar a etapa de hoje, Pisco -Lima. Nas motas 1º lugar para o françês Cyril Despres, 2º lugar para o espanhol Marc Coma e o 3º para o Hélder Rodrigues. Mantendo o terceiro lugar na prova.

O Sinal analógico de televisão em Sintra será desligado a 1 de Fevereiro

Imagem
O desligamento do sinal analógico de televisão no concelho de Sintra, foi adiada para dia 1 de Fevereiro, data em que será desligado o emissor de Monsanto e o retransmissor de Sintra. Q uem reside fora das oito freguesias abrangidas pela segunda fase piloto do desligamento e ainda vê os quatro canais livres através do antigo sinal, tem até ao final do mês para migrar para a TDT adquirindo um descodificador. *Mais informação sobre Televisão Digital Terrestre (TDT) no Blogue Tudo sobre Sintra

Passado e o Presente

Imagem
No presente, a Vivenda Rafaela, casa de Alberto Totta, na Praia das Maçãs, está felizmente a ser reconstruída depois de muitos anos em ruínas. Uma boa notícia para Sintra. A Casa das "Três Marias" vizinha da Vivenda Rafaela, não teve ainda a sorte de ser reconstruída, além da reposição de um telhado novo, já há algum tempo.

Hélder Rodrigues 1ºlugar na 9ª etapa do Dakar2012

Imagem
Foto de Cezar de Luca/EDA/Correio da Manhã O sintrense Hélder Rodrigues (Yamaha), que tinha terminado o dia com o quarto melhor tempo, atrás de Cyril Despres (KTM), Marc Coma (KTM) e Joan Barreda (Husqvarna), surgiu na primeira posição da tirada depois de os três primeiros serem penalizados com 15 minutos por terem mudado o motor das suas motos. Classificação Geral (Após 9.ª Etapa): 1.º Cyril Despres (KTM)*, em 28h45m17s; 2.º Marc Coma (KTM)*, a 2m28s; 3.º Hélder Rodrigues (Yamaha), a 44m19s

Era uma vez um Choupo...

Imagem
Em Sintra já aprendemos, as Árvores não morrem de pé. Hoje quando o Presidente da CMS, Fernando Seara, for à janela, já lá não estará o CHOUPO, que já lá estava quando ele veio ocupar pela primeira vez, o lugar de primeiro responsável desta autarquia. É natural que nunca tenha olhado para aquela árvore, que agora autorizou que fosse abatida. Também nunca se apercebeu de outras que a sua autarquia tem abatido sem dó nem piedade... Página do Facebook - Grupo em Defesa das Árvores de Sintra P ágina criada em Fevereiro de 2011, mas que não tinha sido tornada pública -talvez mais um meio a utilizar na divulgação da forma como Sintra, trata as suas árvores. A cesso à página do Facebook, Grupo em Defesa das árvores de Sintra - Aqui P ara publicar no FB Grupo em Defesa das Árvores de Sintra , enviar e-mail para este endereço: defesaarvoressintra@groups.facebook.com "A decisão de abate de uma árvore, enquanto bem público e elemento fundamental do ambiente urbano que é, dever

Olhares de Colares

Imagem
Foto da Serra de Sintra vista de Colares em 7/1/2012 Transcrição parcial de uma crónica de MEC, no Jornal Público: "Falta Pouco Em Colares a primeira semana do ano foi clara. O fumo das fogueiras foi bonito contra o verde da serra enquanto o céu era azul.Quanto mais o sol brilhava e menos as nuvens interrompiam, mais o fumo fazia vezes de névoas que se associam a Sintra mas que, tal como o nevoeiro de Londres, são cada vez mais raras, graças a sabemos lá o quê. (...) Os patos, nesta primeira semana do ano, andam com muita fome. As aves, em geral – aquelas que aqui nasceram e ficaram -, merecem consideração. Os andarilhos como as andorinhas, são encantadores, como são os passageiros e imigrantes. O Inverno, a bem sofrer e ficar fechados em casa, ainda não veio. Cuidemos um bocadinho mais dos que ficam de fora, comparando o cuidado com a facilidade com que ficamos cá dentro.” Miguel Esteves Cardoso Jornal Público 6/1/2012 Casal de Patos Reais no Rio das Maçãs em Colar

Sintra na TVI

Imagem
Ficção televisiva da TVI, gravada em vários locais de Sintra, e especialmente em Almoçageme. Ontem foi apresentado o 1ºepisódio da nova telenovela, "Doce Tentação" - não pretendendo neste espaço, fazer a análise do enredo e da interpretação, ficam algumas imagens do episódio de ontem, em que Almoçageme,(Ribeira das Flores), enfrentou um violento temporal e onde existe uma Quinta das Maçãs... O Largo de Almoçageme O largo de Almoçageme, com uma animação raramente vista - Imagens da telenovela TVI Post relacionado: -Doce Tentação por Sintra - Aqui

Novo Blogue sobre Património de Sintra

Imagem
S intra tem agora mais um blogue - Sintra em Ruínas, o seu autor, Filipe de Fiúza, considera que este projecto tem como objectivo principal "dar relevo social através da Internet a todo o património sintrense em mau estado de conservação procurando ao mesmo tempo registar, organizar, mapear e propor informalmente algumas medidas de recuperação desse património.” Acrescenta ainda o autor que “Sintra não é apenas o centro histórico e a serra com seus resplandecentes monumentos, por isso dá-se importância a todo o património de Sintra, seja urbano, rural, histórico, público, privado, enorme ou minúsculo, seja material, imaterial, poético ou banal”. www.sintraemruinas.blogspot.com

Porque hoje é Sábado...

Imagem
H olanda, país das túlipas e das Sociedades Gestoras de Participações Sociais (SGPS), "Portuguesas" do PSI-20. A maioria das empresas do PSI-20 tem sociedades sediadas na Holanda. Empresas do PSI-20 Altri • BCP • BES • BPI • Brisa • Cimpor • EDP • EDP Renováveis • Galp • Jerónimo Martins • Mota-Engil • Portucel • Portugal Telecom • REN • Semapa • Sonae Indústria • Sonae • Sonaecom • ZON Multimédia *A REN por enquanto empresa Pública, ainda não emigrou para a Holanda. ** O PSI20 é o índice de referência do mercado de bolsa nacional, reflectindo a evolução dos preços das 20 emissões de acções de maior dimensão e liquidez seleccionadas do universo das empresas admitidas à negociação no Mercado de Cotações Oficiais. "Na Holanda, as gestoras de participações sociais não pagam impostos sobre dividendos e sobre mais-valias. Por exemplo, quando a Portugal Telecom vendeu a participação que

Custos da Cidadania (Actualizado)

Imagem
Actualização 18H08 Hoje no Tribunal de Sintra, foi lida a sentença que condenou Fernando Andrade, a um pagamento de 1.500 euros, por ter expressado uma opinião sobre a atitude de um ex-presidente da CMS, desrespeitando um embargo da CMS, numa obra de uma empresa de que é administrador. -O texto sobre a sentença lida hoje, num post do blog "Outro Galo Canta" - Aqui -Relato do processo de S.João das Lampas, no blogue "Tudo sobre Sintra" - Aqui Cidadania = Qualidade de cidadão Amanhã será lida a sentença, no tribunal de Sintra, contra um morador de S.João das Lampas, que se opôs à construção durante o embargo, de um edifício nas instalações "Galucho", pertencente ao comendador Justino. Fernando Andrade, o morador de S.João das Lampas, e autor do blogue "Outro Galo Canta ", escreveu na altura (2008),um texto de opinião, publicado no Jornal de Sintra, que foi considerado injurioso pelo antigo presidente da CMS e Administrador da empresa