segunda-feira, setembro 28, 2020

A antiga ponte do Rodízio - reedição

A Ponte que já não é uma passagem para a outra margem

Há 35 anos nas grandes cheias que atingiram a região de Lisboa,  inundaram a baixa do Cacém, quando as águas da Ribeira das Jardas sairam do seu leito, estrangulado pelas construções de imóveis, aí "plantados". Também a zona de Sintra foi gravemente afectada pela forte pluviosidade, provocando a morte de 10 pessoas,e vários desaparecidos,  totalizando  os prejuízos em  cerca de 18 milhões de contos. A ponte do Rodízio que ligava a estrada da Praia das Maçãs à Praia Grande, sob o rio das Maçãs ,construída nos inicíos do Séc.XX, foi nessa altura destruída. Na semana passada, aproveitando a limpeza efectuada naquele local, nas margens do rio das Maçãs, fizemos as fotos que hoje publicamos.

 Fotografia da Ponte do Rodízio em 1915, destruída nas cheias de 1983

Testemunho de Vergílio Ferreira
Praia Grande 22. Novembro.1983 - Ontem de tarde fomos ver os desastres da cheia 
aqui ao pé. Do Rodízio para a Praia Grande há uma ponte com um 
pilar sobre uma ribeira seca durante quase todo o ano. Com a
enchente, a ribeira inchou pavorosamente e levou a ponte adiante
ontem inundava todo o areal numa maré de água turva. Havia 
almofadas vermelhas a boiarem, talvez de automóveis, muros
derrubados, canos rebentados ou postos à mostra nas ruas. Na grande
adega de Colares os tonéis sem vinho boiavam leves e ficaram 
trancados contra as portas que eram estreitas para darem passagem. 




 http://www.apagina.pt/?aba=7&cat=180&doc=12689&mid=2


Post relacionado:
https://riodasmacas.blogspot.com/2014/01/a-ponte-do-rodizio.html

http://riodasmacas.blogspot.com/2008/02/cheias-aprender-lio-de-uma-vez-por.html

sábado, setembro 26, 2020

Porque hoje é Sábado...

 


Marco Geodésico entre a Praia da Aguda e a Praia do Magoito

 Marco Geodésico são construções cilíndricas, também chamadas de talafes, em formato cónico, que marcam uma posição cartográfica exacta. Integram sempre uma rede de triangulação com outros marcos e existem sempre em locais elevados.

segunda-feira, setembro 21, 2020

Várzea de Colares

Boletim Photographico, Nº75 Março de 1916


O Jornal " O Concelho de Sintra" nº29 de 1 de Junho de 1911 , publicava um artigo dedicado à Várzea de Colares, que transcrevemos parcialmente mantendo a acentuação e ortografia do original.

"A poetica Varzea de Collares e o dia de S.João

Ha 37 annos via-se ao pé da antiga ponte e no sítio que hoje occupa a adega Bernardino Gomes e Comp.ª uma tosca cabana coberta de colmo vendo-se sobre uns fetos peras, pecegos e mais fructas; e um barril do bello ramisco...
Eram as filhas do conhecido fazendeiro Chistovão d'Almeida, vulgo da Volta, as caixeirinhas assiduas d'aquella tendinha em miniatura! Coitadas! não morreram velhas!
Parece-me estar ainda em pleno e intimo convivio com os meus amigos João Paraty, Conde de Caparica, Manoel Pereira, Conde de Idanha, do Tojal, Portocarrero, Villa Real, Luiz do Rego, Isidoro de Bemfica...e tuti quanti - a maior parte já fugiu para a outra banda.
O dia de S.João d'aquelles tempos!
Enquanto os barcos do Almeida da volta se retiravam suavemente com as cachopas, ás vezes misturadas com os Marialvas que lhes pagavam o bote, grupos alegre d'outras raparigas dançavam alegremente ao som do pifano sem chaves, e descantes populares(...)".

domingo, setembro 20, 2020

Estado da Arte

 

"A casta Ramisco é característica da zona de Colares. O seu cultivo é muito peculiar e trabalhoso, uma vez que esta casta é plantada em "chão de areia" e sem porta-enxertos. As vinhas situam-se muito próximas do mar e numa zona próxima de grandes cidades, por isso a pressão urbanística, a falta de mão-de-obra e a fraca rentabilidade do cultivo quase extinguiram esta casta. A casta Ramisco tem uma maturação tardia. Os seus cachos são médios e compactos de bagos pequenos e arredondados. Os vinhos têm uma gradação alcoólica relativamente baixa, acidez elevada e taninos intensos. Depois de envelhecerem em garrafa, estes vinhos tornam-se mais suaves e aromáticos."

In "Casca Wines"


Fotos em Fontanelas 13 de Setembro 2020


Maçã reineta em chão de areia (Fontanelas)


sábado, setembro 19, 2020

Porque hoje é Sábado...


Esplanada

Naquele tempo falavas muito de perfeição, 
da prosa dos versos irregulares 
onde cantam os sentimentos irregulares. 
Envelhecemos todos, tu, eu e a discussão, 

agora lês saramagos & coisas assim 
e eu já não fico a ouvir-te como antigamente 
olhando as tuas pernas que subiam lentamente 
até um sítio escuro dentro de mim. 

O café agora é um banco, tu professora do liceu; 
Bob Dylan encheu-se de dinheiro, o Che morreu. 
Agora as tuas pernas são coisas úteis, andantes, 
e não caminhos por andar como dantes. 

Manuel Pina, in 'Um Sítio onde Pousar a Cabeça' 

terça-feira, setembro 15, 2020

No tempo das vindimas 2020


 Hoje em Fontanelas, a vindimar aproveitando ainda um dia soalheiro, mas com previsões de chuva para os próximos dias.

A aguardar o transporte para a Adega Regional de Colares


Hoje dia dedicado à uva branca

Fotos em 15/09/2020
"A vindima tendo uma data própria que a tradição fixou para depois de 8 de Setembro, depende no entanto de as uvas haverem atingido o máximo da maturação, para que alegre e movimentada a faina comece.
A casta característica e dominante, que produz o inimitável Vinho de Colares, é o Ramisco, encontrando-se também outras castas tintas, tais como Parreira matias, Parreira da velha, Molar,Tinta miúde e Santarém, e as castas brancas Malvasia, Boal, Jampal e Arinto, devendo estas últimas, dentro de uma certa data, desaparecer da região."
in "O Vinho de Colares",1938

segunda-feira, setembro 14, 2020

Vídeo de Madona gravado nas Azenhas do Mar - reedição

*Imagem do Vídeo de Madonna
Foi lançado  em 19 de julho, novo álbum de Madonna, “Madame X”, na  página oficial da cantora no YouTube e com especiais agradecimentos a Dino D’ Santiago. Foi o artista português que lhe apresentou a Orquestra Batukadeiras, as protagonistas dos seis minutos de vídeo gravados nas Azenhas do Mar..
Casa Branca de Raúl Lino *Imagem do Vídeo de Madonna
Vídeo com Orquestra BatuKadeiras de Cabo Verde nas Azenhas do Mar *Imagem do Vídeo de Madonna
Gravado em  2019 *Imagem do Vídeo de Madonna
A música chama-se “Batuka” e é inspirada no ritmo do batuque, típico da cultura cabo-verdiana. O videoclipe foi realizado por Emmanuel Adjei e mostra algumas imagens da Casa Branca de Raúl Lino nas Azenhas do Mar e da Praia de São Julião, perto da Ericeira.
*Imagem do Vídeo de Madonna
Encontrado aqui:

sábado, setembro 12, 2020

Porque hoje é Sábado...

 

Eis as medidas que vão entrar em vigor na terça-feira em todo o país.

1 Ajuntamentos limitados a 10 pessoas;
2 Estabelecimentos comerciais só devem abrir a partir das 10h da manhã (com algumas exceções);
3 Limitações dos horários dos estabelecimentos entre as 20h e as 23h por decisão das câmaras;
4 Limite máximo de 4 pessoas por grupo em áreas de restauração de centros comerciais; 
5 Proibição de venda de bebidas alcoólicas a partir das 20h nos postos de abastecimento;
6 Proibido consumo de bebidas alcoólicas na via pública;
7 Nos lares: Brigadas distritais de intervenção rápida para contenção e estabilização de surtos - "envolvem médicos, enfermeiros para agir de forma rápida".
8 Não há público nos estádios.

*Foto em 16/04/2020 Belém

terça-feira, setembro 08, 2020

Correspondência de Sintra - reedição

Primeira página do "O Concelho de Cintra" nº24 de 25 de Maio de 1911
O jornal "O Concelho de Cintra" nº41, de Setembro de 1911, noticiava o programa de comemorações do 1º aniversário da implantação da República no Concelho de Sintra - notícia que transcrevemos, conservando a ortografia e acentuação do original

"  Anniversario da Republica Em todo o concelho de Cintra se realizam hoje e amanhã manifestações de regosijo solemnizando o 1º Anniversário da proclamação da Republica Portugueza. Por noticias recebidas n'esta redacção sabemos, que em Rio de Mouro, haverão grandes festejos. Em Cintra e S.Pedro as musicas percorrerão as ruas ao romper da manhã. Em Collares e Almoçageme de egual fórma haverão festejos. Por ordem do Almoxarife da Pena, serão dadas por artilharia no Castello dos Mouros, uma salva de 21 tiros, ás 6 horas da manhã d'hoje. Em Bellas, Montelavar e Lameiros tambem se realisam manifestações populosas saudando a Republica."

segunda-feira, setembro 07, 2020

Água de Sintra


 Gravura oitocentista no Museu da Cidade de Lisboa, Palácio Pimenta.

Representando um vendedor de água em Lisboa,

terça-feira, setembro 01, 2020

"Lisístrata" de Aristófanes no Museu de Odrinhas


 Foto MASMO

«Lisístrata», de Aristófanes | 05 a 27 de setembro

O MASMO - Museu Arqueológico de S. Miguel de Odrinhas volta a receber uma adaptação de uma obra grega pelo Teatro TapaFuros, desta vez com a peça "Lisístrata", do comediógrafo Aristófanes, que estará em cena no Espaço Ágora, aos Sábados e Domingos, pelas 18h00, entre 5 e 27 de Setembro.

Marcação prévia obrigatória.
Informações e reservas: 219238608 / 968610105
dbmu.masmo.coordenacao@cm-sintra.pt / producao@tapafuros.com

Informação MASMO