sexta-feira, maio 07, 2021

Museu do Ar assinala a partir de 15 de Maio o Dia Internacional dos Museus

 

O Museu do Ar irá assinalar o Dia Internacional dos Museus, comemorado a 18 de Maio sob o mote “O futuro dos Museus: Recuperar e Reimaginar”, com várias atividades gratuitas ao longo do dia 15 de Maio, entre as 10h30 e as 22h00.

A programação do Museu do Ar está dividida por 3 blocos: manhã, tarde e noite, sendo possível inscrever-se para o dia todo ou apenas no bloco pretendido.

As iniciativas irão realizar-se maioritariamente no exterior e incluem visita guiada ao museu, com intérprete de Língua Gestual Portuguesa, visita guiada à Oficina de Conservação e Restauro, concerto de Jazz Ensemble, DJ da RFM António Mendes, diversos serviços educativos, entre outras.

Para o cumprimento das regras de segurança emanadas pela Direção geral de Saúde, devido à pandemia por Covid-19, a lotação do Museu é limitada, sendo necessário realizar inscrição prévia e a utilização de máscara obrigatória durante o evento.

A permanência no espaço está delimitada por marcações e é sugerido que o participante leve mantas, cadeiras ou bancos, de forma a aproveitar o dia.

Inscrições:

Mais informações: museudoarportugal@gmail.com ou 91 054 76 42.

 

Inf.CMS

quinta-feira, maio 06, 2021

Suspensa de novo a circulação do Eléctrico da Praia das Maçãs


 "A circulação do Eléctrico de Sintra será suspensa no dia 7 de Maio, às 10h20 no sentido Sintra-Praia das Maças e às 11h20 no sentido Praia das Maçãs-Sintra, por motivos técnicos. 

 
A linha ferroviária liga a serra ao mar através do percurso da vila até à Praia das Maçãs, ao longo de quase 13 quilómetros, entre a Vila Alda na Estefânia e a Praia das Maçãs."
Inf.CMS

terça-feira, maio 04, 2021

Porque hoje é Dia Internacional do Bombeiro


 O Dia Internacional do Bombeiro observa-se anualmente 4 de maio.

A data foi estabelecida em 1999, após uma intensa circulação de emails pelo mundo gerada pela trágica morte de cinco bombeiros num incêndio na Austrália.

segunda-feira, maio 03, 2021

Latino Coelho em Sintra (reedição)

Foto - Casa de Sintra de Latino Coelho

«O inebriante paraíso do Ocidente.»
«Cintra! Quem não tem mil vezes pronunciado o teu ó paisagem umbrosa e ridentíssima de Cintra! Quem não tem desde Lisboa a Portugal inteiro empreendido
ao menos uma vez a amena romagem das tuas agruras e das tuas veigas aprazíveis.»


Latino Coelho (1825-1891)
Arte e Natureza

Encontrado no Sintra Guia, ed.CMS



sábado, abril 24, 2021

25 de Abril sempre!


 Esta é a madrugada que eu esperava

O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

*Sophia  de Mello Breyner Andresen  


*Foto/Mural na Avenida de Berna, em Lisboa, evoca os principais símbolos da Revolução dos Cravos, numa abordagem contemporânea feita por quatro artistas da plataforma Underdogs

segunda-feira, abril 19, 2021

A partir de hoje levantamento gradual das medidas de confinamento

 


 A partir de 19 de abril, prossegue a estratégia gradual de levantamento de medidas de confinamento,a abertura do interior dos estabelecimentos de restauração até 4 pessoas e das esplanadas com mesas até 6 pessoas.


Assim, nas esplanadas devem ser cumpridos as seguintes orientações:
• Na esplanada, a distância no corredor entre mesas, passa a ser, no mínimo, 1,5 metros e entre pessoas 2 metros. No interior do estabelecimento, mantêm-se os 2 metros;
• Os coabitantes podem sentar-se frente a frente ou lado a lado a uma distância inferior a 2 metros;
• As mãos devem ser desinfectadas à entrada e saída da zona do estabelecimento comercial;
• Distância de 2 metros entre os colaboradores e, de um modo geral, entre as pessoas;
• Uso adequado e obrigatório de máscara, na esplanada a máscara deve manter-se colocada enquanto se aguarda o serviço.

sábado, abril 17, 2021

Porque hoje é Sábado...


 "Esteiros. Minúsculos canais, como dedos de mão espalmada, abertos na margem do Tejo. Dedos das mãos avaras dos telhais, que roubam nateiro às águas e vigoras à malta. Mãos de lama que só o rio afaga."

In "Esteiros" de Soeiro Pereira Gomes