sábado, fevereiro 28, 2015

Festival Periferias 2015

Periferias.png



ESPECTÁCULOS
CASA DE TEATRO DE SINTRA 


De quarta a Domingo, a programação vai estar centrada na Casa de Teatro de Sintra com espectáculos, sempre às 21h30. Estarão representados grupos vindos de vários pontos periféricos do país, assim como de países de língua oficial portuguesa (Moçambique, S. Tomé e Principe e Brasil). 
 
Animações de rua
Feira do livro de Artes Performativas
Música ao Vivo


Mais informações aqui:
http://www.chaodeoliva.com/index.php/2015
logo.png

sexta-feira, fevereiro 27, 2015

Recuperação da Sala de Estar Indiana, no Palácio de Monserrate



I_Restauro_sala_Indiana_lowres_credits_PSML_Wilson
 Foto PSML
Recuperação e revalorização da Sala de Estar Indiana, no Palácio de Monserrate
Está a decorrer, desde o início do mês, a intervenção de recuperação e revalorização da Sala de Estar Indiana, no Palácio de Monserrate, que se prevê terminar em Maio. Esta intervenção, com um investimento de 35.000 Euros, insere-se no projecto global de restauro do Palácio de Monserrate.
III_Restauro_sala_Indiana_lowres_credits_PSML_Wils
Fotos PSML


A Sala de Estar Indiana, também designada por Sala de Desenho, tem uma decoração de estuques idêntica à Sala de Bilhar. Destacam-se o florão central do tecto e os dois potes (de fabrico português) da coleção de cerâmica de Sir Francis Cook.


Fonte PSML


 



quinta-feira, fevereiro 26, 2015

Alagamares 10º Aniversário

Alagamares2015.jpg
Texto  da  Alagamares (Excerto):
"Em 9 de Março de 2005, um punhado de sintrenses fundava a Alagamares, e nunca mais até hoje parou, ocupando um espaço em aberto no nosso panorama local.Ver a cronologia em Eventos Passados, no site www.alagamares.com
Nestes 10 anos, além da Alagamares, Sintra viu surgir grupos importantes como o Danças com História, o Sintra Estúdio de Ópera, a Três Pontos, a Voando em Cynthia, a Dínamo e o Ardecoro, a Caminho Sentido e a revista digital Selene, blogues de intervenção cívica como o Rio das Maçãs, Sintra do Avesso, Retalhos de Sintra, Sintra Deambulada, O Reino de Klingsor, Tudo sobre Sintra ou Serra de Sintra, os Encontros de Alternativas, o trabalho intenso de grupos como o Chão de Oliva, o teatromosca, o Teatrosfera, o Utopia Teatro, o byfurcação ou a Musgo. Restaurou-se o Chalé da Condessa e a Parques de Sintra veio mudar o paradigma da gestão do Património, abriu o Centro de Ciência Viva, afirmaram-se escritores locais como Miguel Real, Sérgio Luís Carvalho, Raquel Ochoa, Luís Filipe Sarmento, Filomena Marona Beja, Liberto Cruz, Jorge Telles Menezes ou Luís Corredoura, fizeram-se tertúlias e encontros, como os Meninos d’Avó, o Traço Comum, os III e IV Encontro de História de Sintra, nasceu a Saloia TV. E abriu o Museu de História Natural, rotinaram-se festivais como o Córtex e o Periferias, a CMS lançou o Tritão, uma revista digital, e abriu o MU.SA, ainda à procura dum caminho. É todo um panorama que difere dum passado mais rarefeito e esporádico.
Há muito a fazer, ainda, e nem tudo foram sucessos, a par da redução de verbas e das dificuldades de sobrevivência de muitos agentes culturais e grupos, com a denominada “crise”. Desapareceu o Centro de Arte Moderna e o Museu do Brinquedo, falta dar destino à Quinta da Ribafria, resolver de forma definitiva os problemas do estacionamento, o Hotel Netto, a violência dos abates e podas agressivas, o preço das entradas nos monumentos, dar atenção à formação de públicos, criar um cluster de indústrias da Cultura.
Muitos partiram nesta década:Maria João Fontaínhas, Xaimix, Pinto Vasques, Simplício dos Santos, António Raio, Maria Gabriela Llansol, António Caruna, Eduardo Lacerda Tavares, M. S. Lourenço, Ana Daniel, Carlos Viseu, João Benard da Costa, Ernesto Neves, Cláudio Brito, Bartolomeu Cid dos Santos, José Manuel Conceição, Helena Langrouva. A sua memória e testemunho nos guiarão na luta por uma Sintra de Cidadãos, activos e preocupados.desempenhado ao longo destes anos. (...)"




aniversarioAlagamares11Março2012.jpg
Foto do 7º Aniversário da Alagamares em 2012
Mais informações aqui:
http://www.alagamares.com/7-de-marco-festa-do-10o-aniversario-da-alagamares/

quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Postal de Monserrate

“Monserrate é aquele palácio de fadas que fica além da Penha Verde na volta da serra de Cintra, alcantilada e verde, todo garrido e garboso no seu estylo arabe entre arvoredos que dia a dia mais se copam, como para esconderem a residência, mimo d’arte n’uns longes d’essas habitações de conto maravilhoso, nas quaes se levava a entrar um anno e um dia.”
Era assim o início de uma reportagem publicada na revista “Illustração Portugueza” de 26 de Setembro de 1904, sobre o Palácio de Monserrate.
blogMonserrateb21082014.jpg
Construído no terceiro quartel do século XIX, por iniciativa de Francis Cook, visconde de Monserrate, sobre a ruína de um edifício anterior do século XVIII, o Palácio de Monserrate possuía um complexo sistema de redes de águas, esgotos, electricidade e aquecimento central, hoje obsoleto. A distribuição original destas redes pelo edifício foi feita através das galerias de ventilação existentes sob os pavimentos do piso térreo, cujo eixo principal é a actualmente designada galeria técnica (localizada sob o corredor longitudinal).
Fonte: PSML
Monserrate2Blogue.jpg
Número visitantes em  2014 no Parque e Palácio de Monserrate - 93.000
Monserrate2010.jpg
"Em 1949 o monumento foi adquirido pelo Estado Português, que procedeu ao leilão do vasto espólio coleccionado por Cook, perdendo-se por isso  uma parte importantíssima da história.Em Setembro de 2000 a Empresa Parque de Sintra Monte da Lua, tornou-se gestora do Palácio e do seu Parque."
Fonte "Sintra -A história se fez jardim"/Luciano Reis/Maria Helena

segunda-feira, fevereiro 23, 2015

Debate sobre os 20 anos de Sintra como Património Mundial da UNESCO

HotelNetto210220152jblogpg.jpg

Foto do estado actual do que resta do Hotel Netto em 20/02/2015
HotelNetto210220154blogjpg.jpg
O estado do interior  do Hotel Netto  em 20/02/2015- local  eleito por Ferreira de Castro
HotelNetto210220158blog.jpg
Foto em 20/02/2015
A Alagamares - Associação Cultural promove no dia 4 de Março um debate sobre os 20 anos da classificação de Sintra como Património Mundial da UNESCO, na categoria de Paisagem Cultural. A iniciativa terá lugar pelas 15h, no MU.SA - Museu das Artes de Sintra e a entrada é livre. Entre os participantes, estarão nomes como José Cardim Ribeiro, Sidónio Pardal, Francisco Nunes Correia, Gerald Luckhurst, Vítor Serrão e João Lacerda Tavares.


Memórias

 

Foto anterior à aquisição pela CMS -do Hotel Netto


Um pequeno apontamento em 3 episódios, sobre um antigo hotel de Sintra.

Episódio 1(A ultrapassagem)
No início de  2013, constou que a Parque de Sintra Monte da Lua (PSML), teria intenção de comprar o antigo Hotel Netto em Sintra. Abordando o assunto mais tarde, com um responsável da PSML – foi-me respondido que a proposta tinha sido feita, mas os acionistas não teriam aceitado.

No mês de Novembro de 2013, surgiu a notícia que a PSML, teria comprado o Hotel Netto, para instalar um Hostal.


No mesmo mês e após a   Assembleia Municipal  da CMS, foi deliberado utilizar o direito de preferência e comprar o Hotel Netto para  a instalação de um Hostal!!!

http://riodasmacas.blogspot.pt/2013/11/o-estranho-caso-do-hotel-netto.html


Episódio 2 (A conformidade)
Notícia no "Diário de Notícias"
20 Dezembro 2013

"O Tribunal de Contas (TC) declarou a conformidade da aquisição das ruínas do Hotel Netto por parte do município de Sintra, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara, Basílio Horta.


O edifício do século XIX, adjacente ao Palácio Nacional no centro histórico da vila, que se encontra em ruínas e é conhecido por ter sido o local onde o escritor romancista Ferreira de Castro morou e escreveu parte da sua obra, será adquirido por 600 mil euros à cadeia de hotéis Tivoli.
A Câmara de Sintra exerceu o direito de preferência na aquisição do hotel, impedindo a intenção de aquisição da Parques de Sintra Monte da Lua, da qual é acionista.
De acordo com o presidente do município, Basílio Horta (PS), "a confirmação do Tribunal de Contas do processo de aquisição do Hotel Netto vai permitir à Câmara de Sintra adquirir este edifício degradado que se encontra no centro histórico da vila, e assim iniciar mais uma etapa de requalificação de um dos pontos turísticos mais visitados no país".
"A aquisição do Hotel Netto revela que a Câmara Municipal vai assumir as suas responsabilidades na requalificação do centro histórico da vila de Sintra e em todo o concelho", disse o autarca à agência Lusa.
Basílio Horta acrescentou que o município pretende instalar um hostel naquele edifício.
A Câmara e a Assembleia Municipal aprovaram a aquisição do imóvel.
A declaração de conformidade é o ato em que se consubstancia juridicamente a fiscalização prévia do Tribunal de Contas, inserida nos seus poderes de controlo financeiro."
 
Episódio 3 (E a fachada?)
No Jornal da Região
"Basílio Horta reconhece que a recuperação do edifício está num impasse pelos seus elevados custos"

No Blog Sintra Deambulada, escreve João Rodil:
Outubro 28 de Outubro 2014

 "A Câmara adquiriu o Hotel Netto e agora diz-se que o problema é o dinheiro que custa manter a sua fachada! Mas poderia ser de modo diferente? Não se sabia, de um saber obrigatório, que a fachada era para manter? É a Câmara que deve obrigar a manter todas as fachadas e, obviamente, obrigar-se a si própria. (...)"

http://www.sintradeambulada.blogspot.pt/2014/10/nem-tudo-sao-rosas-no-paraiso-ou-10.HTML

Post relacionado:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2013/11/sobre-o-hotel-netto-da-vila-velha-dxe.html

domingo, fevereiro 22, 2015

Público agradecimento


Raul22022015b.jpg
Raúl Martins, amigo e leitor atento do Rio das Maçãs - colaborador frequente e a quem nos dirigíamos sempre que  era necessário obter informações sobre a história ou hábitos do Mucifal, partiu hoje inesperadamente - cidadão empenhado em diversas instituições  de Colares, actor e músico.
Este post é uma pequena homenagem e um agradecimento ao Raúl, que fez o favor de ser nosso amigo.

Exposição de Camélias e Orquídeas em Sintra

CameliaP21022015Pblog.jpg
Decorre durante o este Domingo (22 fev), a Exposição de Camélias e Orquídeas no Terreiro do Palácio de Sintra.
Cameliasc21022015blog.jpg
A PSML, promoveu  mais uma vez, a exposição “Camélias e Orquídeas em Sintra”, em parceria com a Associação Portuguesa de Camélias (APC) e o Clube dos Orquidófilos de Portugal (COP).
 A exposição realizou-se no Terreiro em frente ao Palácio Nacional de Sintra,  num espaço pouco favorável, à observação dos exemplares expostos, devido à  reduzida área das tendas montadas. Evento que  segundo a organização: "tem o objectivo de promover o valor botânico associado às Camélias e Orquídeas em Sintra".
Cameliab21022015blog.jpg
O evento  contou com a participação das Quintas Históricas de Sintra e com os sócios da APC e da Sociedad Española de la Camelia, para além da habitual representação das Camélias dos parques e jardins sob gestão da Parques de Sintra. Assim, será possível observar os melhores exemplares de Camélias de cada um dos participantes, bem como as cultivares vencedoras do concurso que, através da avaliação de um júri especialista na matéria, identificará as melhores.
Copy of Copy of Cameli21022015Pblog.jpg
*Fotos de Camélias em exposição no Sábado 21/02/ 2015

sábado, fevereiro 21, 2015

Diário das Garças

GarçariodasMacas20022015Pblog.jpg
Foto de sexta-feira 20/02/2015 na Várzea de Colares


Ontem sexta-feira à tarde, reencontrei a Garça, que será uma das que temos seguido, no seu local favorito junto ao rio das Maçãs -  talvez a preparar-se para mais uma pescaria. Após um largo intervalo de tempo, conseguimos de novo observar a Garça sobrevivente, que tão bem se integraram no habitat dos Patos Reais.


http://riodasmacas.blogspot.pt/2014/10/as-garcas-reais-do-rio-das-macas.html


http://riodasmacas.blogspot.pt/2015/02/a-garca-ja-nao-voa-aqui_13.html