Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2006

O DEBATE DE SINTRA

Imagem
A mesa sem Fernando Seara (foto:Pedro Macieira) Decorreu ontem no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra um importante, debate promovido pelo Diário de Notícias e pela TSF sobre as acessibilidades do Concelho, em que estiveram presentes , o Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Mário Lino ,o Vereador João Soares, o Vereador Luis Duque, a Comissão de Utentes do IC19, Adelina Machado e representante da Comissão de Utentes da Linha de Sintra Rui Ramos e o Presidente da Câmara de Sintra , Fernando Seara com um atraso significativo, o debate foi moderado por Carlos Andrade. Com grande presença de público, predominantemente autarcas e ex-autarcas das Juntas de Freguesia do Concelho que colocaram algumas das questões que afectam a mobilidade e o desenvolvimento do Concelho, sendo a tónica principal não só o IC19, mas sim os acessos interiores ao IC19, e a circulação caótica dentro das localidades do Concelho.

DEBATE SOBRE ACESSIBILIDADES NO CONCELHO DE SINTRA

Imagem
Hoje quarta-feira ás 21H15m, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, organizado pela TSF e Diário de Notícias ,debate público sobre acessibilidades do Concelho de Sintra,com a presença do Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, Presidente da Câmara de Sintra Fernando Seara,Vereador da Câmara de Sintra João Soares ,Comissão de Utentes do IC19 e Comissão de Utentes da Linha de Sintra

A Comissão de Utentes do IC 19, e a inauguração da terceira via

Imagem
O "novo" IC19, segunda-feira, 16H00 -(Foto:Pedro Macieira) No jornal digital " Alvor de Sintra ": A porta-voz da Comissão, Adelina Machado, reconheceu que o alargamento do IC19 para três faixas, que ontem abriu no troço Queluz-Cacém era "uma obra sonhada pelos munícipes de Sintra há 20 anos", mas frisou que "está longe de estar acabada". "Fiquei surpreendida com a pressa de inaugurar este troço", afirmou, assinalando que ainda há troços da via com apenas duas faixas e que na parte hoje aberta "as margens ainda estão por fazer". Arons de Carvalho e o IC19 Hoje no " Diário de Notícias "em artigo, sobre trocar Sintra por Lisboa, Arons de Carvalho, deputado do PS, ex-secretário de Estado da Comunicação social no Governo do Engº Guterres, que trocou Carnide por Nafarros , faz alguns comentários sobre as acessibilidades de Sintra, o D.N. refere que: Como tem horários desfasados da maior parte dos que optaram por v

O "Alargamento" do IC19 ou uma inauguração para o boneco.....

Imagem
Imagem -SIC Notícias Não é todos os dias que uma zona de engarrafamento, passa a zona alargada,com engarrafamento e é inaugurada com pompa e circunstância pelo Primeiro Ministro, Ministro e Presidente da Câmara de Sintra . A zona alargada, (hoje inaugurada)que nem chega ao Cacém, possibilita uma fila parada, agora durante um pequeno percurso em três vias........ O engarrafamento pós-inauguração em três vias (16H00 )(Fotos:Pedro Macieira) Ver Notícia Jornal Público-Alargamento do IC19 vai ser inaugurado hoje - pressionar

A Quinta da Sarrazola no jornal "Público"

Imagem
Sábado o jornal “Público”, pela pena de José António Cerejo, publica uma notícia, sobre a Quinta da Sarrazola, assunto que o “Rio das Maçãs” abordou recentemente. Ver- Post relacionado no Rio das Maçãs O “Público” adianta que o acordo efectuado entre o Ministério da Agricultura e a empresa que se dedica à formação profissional, é um “ contrato de comodato celebrado entre o ministério e a Cenintel é válido por 30 anos, dispensa o pagamento de qualquer renda e privilegia a criação de cursos nos sectores da produção agrícola com tradição na região,caso da vitivinicultura , fruticultura e floricultura”. O articulista menciona o facto de a Cenintel apostar na “associação de lógicas de exploração turística em espaço rural, nas vertentes da restauração, hotelaria e preservação das artes tradicionais.” E adianta que a" Cenintel tem uma recente experiência na medida em que criou no Entroncamento, nas instalações do antigo centro de formação da CP, uma escola profissional com cursos

Sintra esteve ontem em Alerta Vermelho

Imagem
Sintra sob a intempérie (Foto:Pedro Macieira) Ontem todo o Concelho de Sintra esteve com Alerta vermelho ,Colares foi muito atingido com a intempérie, aqui ficam algumas imagens do Rio das Maçãs, que teve ontem todo o dia um caudal, que mesmo para para a época não é normal, chegando a transbordar durante a tarde de ontem provocando o caos na Várzea de Colares, facto excelentemente reportado em imagens pelo Blog , "Noticias da minha Freguesia" do qual retirámos uma foto expressiva do anormal acontecimento. O Rio das Maçãs às 9H00 de Sexta-feira (Foto:Pedro Macieira) Foto retirada da excelente foto-reportagem de "Noticias da Minha Freguesia" ( Foto:Vitalino Cara d'Anjo) O Rio das Maçãs, hoje 9H00 (Foto:Pedro Macieira)

Curiosidades de Sintra antiga

Imagem
Fotografias publicadas na "Ilustração Portuguesa" em 1909 , durante a inauguração da casa ,de Fernando Formigal de Morais, que viria a ser o primeiro Presidente da Câmara de Sintra, após a implantação da República em 5 de Outubro de 1910. A legenda da fotografia explica que "As novas construcções de Cintra, começam também a adquirir um certo caracter de elegancia.Damos hoje a photografia da casa do sr. Fernando Formigal de Moraes, recentemente construida na Variante da Estephania, cuja capella foi benzida a semana passada pelo sr. Arcebispo de Mytilene" (Cliché de Novaes). Os Morais Fernando Formigal de Morais,era filho de Domingos José de Morais benemérito Sintrense tendo construído a expensas suas uma escola, ainda hoje fazendo parte do património de Sintra, que tem o seu nome, também Fernando Formigal de Morais tem ao lado da escola um largo com o seu nome,conhecido pelas gentes de Sintra como o largo do Morais .Nessa escola existia uma banda de música deno

Historial (não exaustivo) do processo para instalação de uma linha de Muito Alta Tensão no Concelho de Sintra.

Imagem
-O processo da construção da linha de Muita Alta Tensão, que irá atravessar algumas freguesias de Sintra, começou por ser contestada pelas populações das áreas abrangidas. - É criado um movimento popular de contestação da obra, englobando associações ambientalistas. -Uma comissão de moradores de S.Marcos apresenta uma petição na Assembleia da República chamando a atenção dos perigos para as populações da instalação da linha aérea de muito Alta tensão. - A Junta de Freguesia de Agualva, avança com uma providência cautelar, com vista à suspensão das obras. - Assembleia de freguesia de Rio de Mouro, em 26 de Outubro rejeita por unanimidade o projecto de instalação da linha de Muito Alta Tensão, entre Famões e Trajouce. - Em Novembro, Fernando Seara Presidente da Câmara Municipal de Sintra, em Assembleia Municipal declara que “não iria permitir que as obras avançassem”, entretanto nessa mesma tarde a REN, avança com as obras......na instalação da linha entre o Alto da Mira e Tr

O estado do legado do Dr.António Brandão Vasconcelos a Colares

Imagem
Num país em que o Estado vive normalmente com cortes orçamentais , especialmente nas áreas da educação , existirem instalações modelares para a actividade pedagógica, depois de grande investimento por parte do próprio Estado (Ministério da Agricultura) em 1998, e depois deixar completamente ao abandono, sem qualquer uso e permitir que esse património seja completamente vandalizado, é uma história escandalosa (sem responsáveis, com é hábito), que aconteceu nesta Sintra, aqui mesmo em Colares. A quinta da Sarrazola em Colares, foi deixada em legado ao Estado,por testamento pelo Dr.António Brandão de Vasconcelos e sua esposa,para que ali fosse construído uma “escola agrícola que servisse os filhos e filhas da região dos vinhos de Colares”, médico e grande benemérito da região de Colares e de Sintra,fundador do Sindicato Agrícola da Região de Colares, e primeiro Presidente da Adega Regional de Colares, faleceu em 14 de Janeiro de 1934. Até finais dos anos 60 funcionou naquele espaço

Inaugurado o Centro de Ciência Viva de Sintra

Imagem
(Foto Pedro Macieira) A antiga garagem dos Carros eléctricos ,na Ribeira de Sintra construída em 1901, renasceu. Embelezada por uma reconstrução estéticamente interessante, e utilizando materiais idênticos aos do edifício antigo. É neste centenário edifício , que já foi uma central eléctrica ,que nasceu o novo Centro da Ciência Viva, inaugurado hoje. Com um núcleo independente do edifício antigo, onde estão os conteúdos relacionados com a água, também inclui um Cyber Café (com acesso gratuito à Internet) e respectiva cozinha, um laboratório e gabinetes do secretariado. O corpo humano, a água e as artes circenses são as três áreas temáticas das exposições interactivas do Centro de Ciência Viva de Sintra incluído na rede de 12 Centros de Ciência Viva de todo o País. O Centro Ciência Viva de Sintra é uma iniciativa da Ciência Viva e da Câmara Municipal de Sintra, com a colaboração da Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa. Link

Produção de vinho de Colares em 2006 superior a 2005

Imagem
A produção de vinho de Colares em 2006 é superior a 2005 em cerca de 10%, considera José António Vicente Paulo-Presidente da Adega Regional de Colares em artigo que assina no Jornal de Sintra: -”Assim será possível à Adega Regional de Colares colocar no mercado um número aproximado de 55.000 garrafas de vinho da região,destas 18.000 terão direito à denominação de origem Colares, 15.000 serão Regional Estremadura e as restantes serão vinho de mesa sem direito a designação.” Fonte : Jornal de Sintra de 10/11 /2006 Post relacionado: A Fundação de Oriente e o vinho de Colares- pressionar

O Chalet da Condessa d'Edla e Sintra-Debate.

Imagem
Estado actual do Chalet da Condessa (Foto:Alagamares) Como o Rio das Maçãs anunciou, realizou-se no passado dia 17 de Novembro, organizado pela ALAGAMARES , um debate sobre estado em que se encontra o Chalet da Condessa d’Edla, após o incêndio de 1999, que deixou aquele imóvel classificado, parcialmente destruído,sem que as entidades responsáveis pelo Parque da Pena tenham tomado as medidas necessárias para o recuperar. Este encontro foi um encontro de vontades, de forma a organizar alguma pressão para que a entidade que administra o Parque da Pena,a empresa pública Parques de Sintra- Monte da Lua , tome medidas de forma a que aquele espaço histórico não se perca de forma definitiva. Links relacionados : Missão Chalet da Condessa Notícia do debate-Página da "Alagamares "

Porque hoje é sábado....

Imagem
O palácio visto da Estefânia (Foto:Pedro Macieira)

Tribunal de Sintra trava instalação da linha de muito alta tensão

Imagem
O tribunal de Sintra ordenou a suspensão dos trabalhos para instalação da linha de muito alta tensão que vai atravessar o Concelho de Sintra, derivado de uma providência cautelar interposta pela Junta de Freguesia de Agualva.Também a Câmara Municipal de Sintra embargou as obras, por não existir licença. Por despacho do Ministério da Economia e Inovação de 16 de Agosto passado "foi concedida licença de estabelecimento para a construção da linha aérea a 220 quilovolts Fanhões-Trajouce", refere a REN. Posts relacionados: -Alta tensão no Concelho de Sintra II- pressionar -Alta tensão no Concelho de Sintra- pressionar

REUNIÃO/DEBATE

Imagem
- reunião de vontades, para pressionar a resolução de mais uma caso escandaloso. Missão 'Chalet da Condessa' (Em Galamares, dia 17.11.2006, às 21h) De entre o património ao abandono absoluto em Sintra, Património Mundial, ressalta de forma chocante o chalet romântico de D. Fernando II e sua segunda esposa, Elise Hensler, condessa d'Edla, escondido na mata da Pena.Entendendo um grupo de cidadãos que se torna necessário agir de forma construtiva e propulsora no sentido do restauro dum património que é de todos, vimos convocar os cidadãos cultores da Memória para uma reunião/debate sobre este tema nas Caves de S. Martinho, em Galamares, dia 17 de Novembro, pelas 21h, aí se vindo a assentar sobre as formas de, enquanto sociedade civil, desperta e preocupada, actuar na busca dum final feliz para o Chalet da Condessa de Edla. Posts relacionados: -Missão Chalet da Condessa II- pressionar -Missão Chalet da Condessa III- pressionar -Missão Chalet da Condessa-ALAGAMARES- pression

A SIC esteve cá....

Imagem
SIC Jornal das 13 horas Palavra de Ministro Para ver notícia completa aceder à SIC On-line- pressionar Links relacionados sobre a notícia da demolição da mansão em Colares: -Notícia no "Notícias da minha Freguesia- pressionar - Notícia no "Alagablogue"- pressionar -Notícia no "Colares entre o Mar e a Serra"- pressionar -Notícia no "Jornal de Negócios"- pressionar -Notícia no "Alvor de Sintra" - pressionar -Notícia no "Público"-pressionar- pressionar

A mansão do Comendador, o IPPAR, o PNSC o ICN a CMS, e o Estado de Direito.

Imagem
(Foto:Pedro Macieira) Mais um capítulo, do longo processo que faz deste caso um exemplo, da falta de autoridade do Estado e da confluência de estranhos interesses partidários e autárquicos, que permitiram ao arrepio de todas as regras e legislação existente, construir ilegalmente um palacete em pleno Parque Natural . Hoje mais de 5 anos desde o início das obras e dos diversos embargos, decisões judiciais de implusão,recursos e “distracções” das entidades que deviam velar pelo cumprimento da lei, do assobiar para o ar da autarquia , tanto na liderança do PS, de Edite Estrela, como já na vigência do PSD, de Fernando Seara (2ºmandato), este escandaloso caso, continua a aguardar desfecho. Segundo o jornal “Público ” de hoje em artigo assinado por José António Cerejo , relata que foi rejeitado o último recurso judicial no Supremo Tribunal Administrativo ,do ex-autarca de Sintra ,João Justino, e assim o "Ministério do Ambiente vai mandar demolir a maior parte da mansão construída il

Sintra:Falta de comparência.

Imagem
Noticía o Jornal " Alvor de Sintra ": " Autoridades Metropolitanas de Transportes: Governo marcou falta à Autarquia de Sintra " "As autoridades metropolitanas de transportes deverão começar a funcionar em 2007, revelou ontem a secretária de Estado dos Transportes, que pretende entregar a proposta de lei no Parlamento até ao final do primeiro trimestre do próximo ano. (...) Na reunião, que decorreu no auditório do Metropolitano de Lisboa, estiveram presentes autarcas de 16 dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa, com a ausência de Sintra e Sesimbra." Notícia completa no Jornal digital " Alvor de Sintra " de 10/11/2006 (Fotos:Pedro Macieira)

O XXII Aniversário da Banda da União Mucifalense

Imagem
Desfile pelas ruas do Mucifal no dia do XII aniversário Fotos:Pedro Macieira

O Hospital Amadora-Sintra e o erário público

Imagem
No momento em que em Portugal ser doente, deficiente, ou reformado é ver o seu orçamento agravado devido aos encargos com a saúde , em nome de uma melhor “justiça social", (segundo justifica o governo PS), existem na área da Saúde negócios , como o do Hospital Amadora –Sintra ,que é um exemplo de como esbanjar recursos do érario público , sempre com a justificação de um melhor equilíbrio e eficiência de recursos humanos e financeiros. O “Diário de Noticias” publica hoje um editorial assinado por Eduardo Dâmaso, que trata exactamente de um caso em que nos últimos 10 anos os interesse de um grupo privado e do Ministério da Saúde parecem coincidentes.Lesar os cofres do Estado. Nota adicional: O Ministério Público arquivou a investigação e concluiu que os gestores foram negligentes mas não tiveram intenção de beneficiar o grupo Mello, que gere o hospital. O Amadora-Sintra A história do primeiro contrato celebrado entre o Estado e um grupo privado, no caso o Mello Saúde, que

A lenda de São Martinho no “metro”

Imagem
O jornal “metro” de hoje revela uma história para mim completamente desconhecida a lenda de S.Martinho. Como amanhã é sábado.... e dia de S.Martinho, uma tradição que tem resistido ao tempo e ás crises....e com espírito de serviço público fica a transcrição: “Martinho era um soldado romano ,valente e valoroso, que regressava de Itália para a sua terra em França.Na viagem, cruzou-se com um mendigo que tremia de frio, devido à chuva que caía com intensidade. Sentindo piedade daquela alma que lhe pedia esmola,Martinho não hesitou em partilhar a sua capa militar. Pegou na espada e cortou a capa ao meio.Quando se preparava para seguir viagem, a chuva parou de cair, as nuvens fugiram e o sol começou a brilhar.Assim ficou durante três dias.Diz-se que foi recompensa divina. A tradição mantém-se e por isso se fala no verão de S.Martinho, para lembrar que as boas acções não se devem esquecer.A ligação de S.Martinho e deste episódio às castanhas faz-se porque, quer a morte do Santo, quer a lend

A vida sinuosa do eléctrico da Praia das Maçãs

Imagem
Uma imagem rara, o eléctrico nas Azenhas do Mar A linha de carros eléctricos, hoje com um percurso entre Sintra (Estefânia) e a Praia das Maçãs, sofreu ao longos dos seu já 102 anos de vida, alguns precalços, com algumas interrupções no seu serviço. Hoje felizmente o eléctrico parece estar revigorado (novas instalações na Ribeira de Sintra), e é com grande prazer que o vemos percorrer o seu percurso enriquecendo com a sua passagem toda esta região, deixando em todos nós o sentimento de ali estar de facto um museu vivo, e que nos transporta para uma época já distante.Durante a 2ª grande guerra o eléctrico era o único meio de transporte, e que sem interrupções na exploração, foi o transporte de mercadorias de Colares para Sintra destacando-se o famoso vinho de Colares. Postal do início do Séc XX com o eléctrico na Praia das Maçãs A 10 de Julho de 1904. (segundo outros testemunhos 3 de Abril de 1904)a Praia das Maçãs ficou ligada a Sintra(Estação dos C.F.) por meio de

MISSÃO:CHALET da CONDESSA III

Imagem
Registos ao longo do tempo... "Correio de Sintra" de 14 de Agosto de 1898 Notícia de " se ter declarado fogo perto do Chalet da Condessa, o qual foi apagado pelo pessoal do parque da Pena.Nele morreu carbonizado Severo Ferreira trabalhador do parque e possível causador do fogo.O enterro foi pago pela Condessa d’Edla ".(Elisa Hensler ),cantora de ópera, de origem suiça-alemã nasceu, em 22 de Maio de 1836 , e morreu em Lisboa, em 21 de Maio de 1929. “É lindo o enorme parque;e quem uma vez viu os seu lagos, as sua fontes, o chalet da Condessa d’Edla,etc.,não mais esquece de tantas maravilhas da natureza, a par com as da arte.” in: Guia doViajante em Portugal e suas Colonias em África (Empreza Nacional de Navegação) editado em 1907 (...) Uma paixão por Sintra Ainda hoje existe o eucalipto Oblíqua plantado por D.Fernando e pela Condessa D’Edla, no dia do casamento.Em pleno Parque da Pena, este eucalipto é, apenas , um símbolo da arborização da Serra de Sintra

MISSÃO:CHALET DA CONDESSA II

Imagem
Reprodução de um postal antigo Jornal de Sintra de 3 /11/2006 Transcrição de texto publicado no "Jornal de Sintra "da autoria de Fernando Morais Gomes De entre o património ao abandono absoluto em Sintra,Património Mundial ,ressalta de forma chocante o chalet romântico de D.Fernando II e sua segunda esposa,Elise Hensler,condessa dEdla,escondido na mata da Pena,e nas circunstâncias de abandono que a foto documenta [ foto na parte final deste post ]desde que foi consumido por um fogo em 1999. O local vale não só pelo interesse histórico e arquitectónico,mas também pela envolvente,pelos jardins plantados pessoalmente pelo rei e pela condessa,com o apoio do cunhado americano e silvicultor John Slade,destacando-se no jardim original as camélias,trazidas para Sintra pelo próprio D.Fernando. O chalet da condessa,também conhecido como Casa do Regalo,foi construído entre 1