Dia da Mulher

Feira da Ladra


Maria Campaniça

Debaixo do lenço azul com a sua barra amarela
os lindos olhos que tem!
Mas o rosto macerado
de andar na ceifa e na monda
desde manhã ao sol-posto,
mas o jeito
das mãos torcendo o xaile nos dedos
é de mágoa e abandono...
Ai Maria Campaniça,
Levanta os olhos do chão
Que eu quero ver nascer o sol!

Manuel da Fonseca
8 de Março

Comentários

Anónimo disse…
há dia do homem?
pedro macieira disse…
Caro anónimo,

Há. Infelizmente tenho que reconhecer que este dia 8 de Março, ainda é necessário, face ao desequilíbrio que na nossa sociedade ainda tem a mulher em relação ao homem.Não sendo adepto destes dias de calendário, este ainda é o dia que considero ser importante comemorar, porque pelo menos neste dia fala-se de um assunto que durante os restantes dia do ano, parece ser um problema inexistente.
Zé-Viajante disse…
Um grande prazer meu é declamar a poesia de Manuel da Fonseca. É sangue do Alentejo...
pedro macieira disse…
Viajante,
Manuel da Fonseca, com um retrato real do Alentejo, ainda hoje.
Um abraço

Mensagens populares deste blogue

Visita à Casa Branca nas Azenhas do Mar

Frutas da Região - Pêra " Lambe-os-dedos" II

Os cedros também se abatem na Serra de Sintra