Postal das Azenhas do Mar



Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.

Liberdade- Sophia de Mello Breyner Andresen

*Fotos: Azenhas do Mar em 27-02-2009

Comentários

Anónimo disse…
Olá,
No verão de 1983 não havia piscina natural nas Az. do Mar, estava completamente repleta de areia, mas sempre linda...
Cumprimentos.
Teresa C.
pedro macieira disse…
Teresa C,
Tem acontecido em alguns anos que a piscina natural ficar cheia de areia, normalmente o mar volta a despeja-la e a ocupar aquele lindo espaço.
Um abraço

Mensagens populares deste blogue

Visita à Casa Branca nas Azenhas do Mar

Frutas da Região - Pêra " Lambe-os-dedos" II

Os cedros também se abatem na Serra de Sintra