sexta-feira, outubro 03, 2014

Vindimas em Colares 2014

 "Gosto muito de ver chegar as uvas Malvasia e Ramisco à Adega Regional de Colares. É como assistir ao salvamento do Verão."
Miguel Esteves Cardoso/Público 20/09/2010

As uvas  já chegaram à Adega Regional de Colares
Foto  da Chegada das uvas à Adega Regional 
 
"Realizada a vindima é a uva recolhida em pequenos cabazes que breve se enchem e se despejam em cestos de maiores dimensões ou em gigos que os sócios depois entregam nos seis postos de pesagem que a Adega Regional de Colares mantém abertos durante o período vindimário"
in "O Vinho de Colares",1938

Foto  das uvas da casta Molar, na  Adega Regional de Colares oriundas de Fontanelas

"A vindima tendo uma data própria que a tradição fixou para depois de 8 de Setembro, depende no entanto de as uvas haverem atingido o máximo da maturação, para que alegre e movimentada a faina comece.
A casta característica e dominante, que produz o inimitável Vinho de Colares, é o Ramisco, encontrando-se também outras castas tintas, tais como Parreira matias, Parreira da velha, Molar,Tinta miúde e Santarém, e as castas brancas Malvasia, Boal, Jampal e Arinto, devendo estas últimas, dentro de uma certa data, desaparecer da região."
in "O Vinho de Colares",1938

Foto  do lagar da Adega Regional de Colares na recepção das uvas produção 2014

"Um erro durante o período da vindima, um erro durante os próximos dois ou três meses de vinha e adega e o trabalho de todo um ano poderá ser perdido num piscar de olhos."
Rui Falcão/Fugas/24/08/2013



"Nos começos da moderna história vínica portuguesa não se falava de marcas de vinhos mas sim de regiões, Bebia-.se um Bucelas, um Colares ou um Cartaxo, um Dão ou um Setúbal mas não se bebia a marca A ou B. Assim acontecia nos livros do Eça e nesses tempos de finais do séc. XIX, Colares era a região que os entendidos consideravam como a produtora dos «nossos» Bordéus, vinhos elegantes e de delicado perfumes"
João Paulo Martins/Colares/Fugas 30/06/2007

Foto  da uva Malvasia  de 2014, na prensa mecânica

Começámos pela vindima e hoje chegámos à adega, mas isso é começo a meio ciclo da vida do vinho de Colares. A seguir há o engarrafamento, a necessária distribuição e claro o consumo.

http://riodasmacas.blogspot.pt/2014/09/vindimas-2014.html
*Agradecimentos à Adega Regional de Colares, pelas facilidades concedidas para a realização destes apontamentos.

Sem comentários: