quarta-feira, junho 08, 2016

Do Cinema Monumental à Figueira da Foz


Cinquenta e um anos depois

Em 11 de Setembro de 1965 no antigo cinema Monumental decorreu um concurso, no qual os Diamantes Negros perderam a meia final para os SHEIKS, tendo ficado em primeiro lugar os Claves.


Os DIAMANTES eram então formados por Carlos Manuel Mendes, viola-solo e vocalista, Carlos Alberto Duarte, sax tenor, Luis Manuel Cardoso, Álvaro Silvestre e Carlos José santos (Caínhas).

Em 1968, os DIAMANTES NEGROS, alcançaram enormes sucessos nomeadamente com as suas participações nas várias eliminatórias do Concurso Académico de Música Moderna que se realizou no saudoso Cinema Império, com o patrocínio do C.I.T.U, classificando-se em 2ºlugar, tendo o 1º lugar sido atribuído aos PSICO, conjunto musical do Porto
Em 1965, os Chinchilas venceram o Festival de Música Moderna da Costa do Sol e em 1966 ficaram em 6º lugar no Concurso Yé-Yé, realizado no Teatro Monumental, em Lisboa, por iniciativa do Movimento Nacional Feminino. Na eliminatória do Concurso, disputada a 06 de Novembro de 1965, ganha pelos Boys, de Coimbra, futuros Conjunto Universitário Hi-Fi, os Chinchilas ficaram em 2º lugar.

1 comentário:

Graça Sampaio disse...

Bela retrospetiva, Pedro!

Soube por acaso da vinda deles aqui à Figueira da Foz e não vou poder ir porque tenho uma festa de «final de ano».