quarta-feira, novembro 28, 2018

Galopim de Carvalho preocupado com bloco na Praia Grande que ameaça ruir

"António Galopim de Carvalho avisou que um bloco na vertente de pegadas de dinossauros da Praia Grande ameaçava ruir e pediu uma avaliação. Um geólogo da Câmara de Sintra já fez a avaliação e diz que não há motivo para encerrar o percurso por falta de segurança."
Foto do local  e da saliência que preocupa Galopim de Carvalho (foto em 22/10/2018)

“Estive lá com um grupo de crianças e, naqueles cinco ou dez minutos, só para explicar, estava preocupado e enquanto não corri com as crianças dali para fora não descansei”, contou o antigo director do então Museu Nacional de História Natural. o percurso por falta de segurança.No texto – também publicado no blogue De Rerum Natura, de divulgação científica –, o geólogo alertou que “uma parte da camada de calcário (sobrejacente à que contém as pegadas), com perto de uma dezena de toneladas, está prestes a ruir”. António Galopim de Carvalho avisava para a possibilidade de ser precisamente sobre as cabeças de quem estiver no pequeno patamar, existente na escadaria de acesso à praia pelo lado de Almoçageme, que irá cair, “a qualquer momento, a dita porção de rocha”.
In Público 26/11/2018
Foto em 22/10/2018

No início da semana passada, fonte oficial da Câmara, segundo a Agência Lusa, disse que técnicos
do serviço municipal de Protecção Civil informara que "não se verificam
despreendimentos de inertes na escadaria e não há razões para cortar o acesso, mas conside-
rando tratar-se de uma zona geologicamente instável será efectuada uma avaliação geológica
do estratificado com carácter de urgência", adianta o Público

Fotos em 22/10/2018
As pegadas (Foto em 22/10/2018)

Saber mais aqui

Sem comentários: