terça-feira, agosto 20, 2013

Postal da Vila Velha

VilaSintrac20130818Blogue A noite na Vila Velha de Sintra, com a nova iluminação do Castelo dos Mouros

 Notas de José Alfredo da Costa Azevedo sobre o "Largo da Vila"

 "Recordo-me perfeitamente, do que era o Largo da Vila, aí por 1911, e que na planta (*) tem, apenas a designação de «Praça».
Como já descrevi em artigo referente ao Esguicho, o largo era muito pequeno, pois, um pouco para cá do «empedrado» que hoje toponimicamente, se chama Terreiro da Rainha D.Amélia, havia uma alta parede cumeada por merlões iguais aos que se vêem no alto das paredes dos corpos joanino e manuelino do palácio.
 (...)Após a revolução de 5 de Outubro de 1910, a «Praça» passou a denominar-se Praça da República. Mas os ventos mudaram e, após o 28 de Maio, como aliás era de esperar, tinham que surgir alterações toponimicas.(...)Foi apresentado o desejo que a Câmara tinha de mudar a designação de Praça da República para Largo Rainha D.Amélia.
(...)E mal diria eu que seria a Câmara a que presidi, depois do 25 de Abril, que por proposta minha iria alterar, mais ou menos da maneira que eu tinha (já) preconizado, a designação dada pela Câmara presidida pelo Engº Carlos Santos. A Praça da República voltou a ter o mesmo nome, com excepção do largo em frente do palácio (parte empedrada) que passou a chamar-se Terreiro da Rainha D.Amélia."

 Obras de José Alfredo da Costa Azevedo (Bairros de Sintra)
(*)Planta do Real Paço e da Villa de Cintra 1850

2 comentários:

Graça Sampaio disse...

O "meu" Largo da Vila! Tantas saudades!

pedro macieira disse...

Graça,
O "Largo da Vila", tem agora um Castelo iluminado com uma técnica actual, mas que não me fascina muito.
Abraço