sexta-feira, janeiro 24, 2014

CDU propõe alterações na circulação automóvel na Praia Grande



http://www.publico.pt/local/noticia/cdu-de-sintra-quer-reordenar-o-transito-na-praia-grande-1620607

"A circulação automóvel apenas num sentido e a construção de um parque de estacionamento no acesso à Praia Grande fazem parte de uma proposta apresentada nesta terça-feira ao executivo da Câmara de Sintra pelo vereador Pedro Ventura (CDU).
A proposta de circulação, estacionamento e transportes para a Praia Grande tem como objectivo prioritário a requalificação da Avenida Alfredo Coelho, que corre ao longo da frente marítima, “de forma a potencializar esta área turística de referência no concelho de Sintra”, afirmou o autarca no documento.
Os problemas de circulação durante a época balnear na principal praia do litoral de Sintra são antigos. Numa primeira fase, propõe-se que seja retirado grande parte do estacionamento automóvel junto ao areal. Para que tal seja possível, a primeira acção terá de passar pela criação de uma zona de estacionamento alternativo num terreno próximo do cruzamento com a Estrada do Rodízio, no sentido de Almoçageme, junto ao restaurante Nortada."

Notícia integral no Jornal Público -aqui



4 comentários:

Anónimo disse...

Circulação automóvel apenas num sentido??? Mas esses senhores por acaso (mas só por acaso) viram que a Praia Grande não tem saída???
Isto vai de mal a pior...

Unknown disse...

Caro anónimo não leu a notícia.. A ideia é fazer uma estrada nova. Eu concordo com ela. Adicionalmente acho que deve ser assegurado um sítio para motas junto da praia.

Fatyly disse...

Eu concordo mas é preciso que a façam, o que já ponho sérias dúvidas, quer pelos donos dos terrenos, quer por poderem causar deslize de terras. Portanto ver para crer.

Já agora o que irá surgir no antigo parque de campismo, na subida após o Horto, hoje totalmente desmantelado e no terreno em frente? Abandonados e já com sinais de vandalismo.

Anónimo disse...

Sinceramente. Esta proposta mais facilmente criará mais problemas de transito do que atualmente. Estou a imaginar a quantidade de famílias que pararão na estrada para "desembarcar" a tralha, mais os filhos, etc... Já agora Nuno... concorda desde que não seja para todos? Porque razão passariam as motas a ter prioridade sobre os carros.?!