quarta-feira, abril 29, 2015

Polinização da Primavera

Polinizaçao28042015blog.jpg
Polinização da Primavera 2015 no Mucifal/Colares
PolinizaçaoB270420152bblog.jpg
Efeitos da polinização num zangão
PolinizaçaoB3270420152.blogjpg.jpg
Voar para o objectivo
Polinizaçao27042015cblog.jpg
Objectivo atingido
Polinizaçao27042015bblog.jpg
Descanso e tentar sacudir o pólen, prepararando-se para partir para nova flor.
*Fotos de 28 Abril de 2015

Polinização é o transporte de grãos de pólen de uma flor para outra, ou para o seu próprio estigma. É através deste processo que as flores se reproduzem.
 
Transporte do pólen
 
A transferência de pólen pode ocorrer de duas maneiras: através do auxílio de seres vivos (abelhas, borboletas, besouros, morcegos, aves, etc) que transportam o pólen de uma flor para outra, ou por factores ambientais (através do vento ou da água). 
 
Auto-polinização
 
Além destas duas maneiras, há também a auto-polinização, ou seja, a flor recebe seu próprio pólen. Contudo, há casos em que ela o rejeita; nestas situações, ocorrerá a troca de genes com outras flores, o que resultará em uma variação da espécie.
 
Entretanto, algumas espécies utilizam-se de seu próprio pólen objectivando produzir sementes e garantir a estabilidade de sua população (aqui não ocorrerá a variação, pois não haverá mistura de genes).
 
Polinização amenófila
 
Existem algumas espécies, como as Gimnospermas, onde, na maioria das vezes, a polinização é anemófila (através do vento). Acredita-se que isso seja em decorrência da forma de evolução desta espécie (quando não podiam contar com insectos especializados na coleta de pólen, como as abelhas). Devido a isto, esta espécie possui uma pobre variação morfológica em suas estruturas reprodutivas.
 
Animais polinizadores
 
É impossível deixar de notar a beleza e a enorme variedade de flores existentes na natureza, esta diversidade somente é possível graças à população de insectos coletores de pólen, como as abelhas, borboletas, mariposas, aves e mamíferos.
Texto retirado daqui.
 

Sem comentários: