sexta-feira, novembro 25, 2016

Histórias dramáticas na Praia das Maçãs (reedição)

Legenda: Mae de uma das victimas gritando contra o banheiro.

Em quinta-feira 28 de Setembro duas meninas do logar do Mucifal, uma de 14 annos chamada Marcellina Rosa e outra de 15 annos chamada Umbellina d’Assumpção, primas carnaes, foram como de costume pelas 7 horas da manhã tomar o seu banho despindo-se na barraca do João Claudio, um dos quatro banheiros que teem installações na praia que, quando as reconduzia, lhes recommendou não tornassem a metter-se no mar.
Dentro em pouco quando o banheiro estava com outra cliente n’agua alguem lhe disse atrapalhadamente: “Olhe as pequenas do Mucifal andam além embrulhadas”. Com effeito as pequenas tinham saído da barraca e entrado de novo no mar, sendo logo levadas pela ressaca. João Claudio atirou-se em seu socorro, começou a nadar com rapidez, chegando a agarrar uma d’elas pelo fato, mas tendo que a largar em virtude da violência das ondas; o pobre banheiro ainda mergulhou e ainda veio ao lume d’agua estava exhausto, conseguindo chegar a terra em virtude de lhe ter sido lançado uma toalha por uma mulher de nome Josephina que assim, ao vê-lo perto, mas sem poder nadar.

Legenda: Mulheres do Mucifal e a mae de uma victima orando

Quando a noticia chegou ao Mucifal os paes das victimas dirigiram-se logo para a praia havendo então cenas bem dolorosas e, tendo chegado muita gente do Mucifal, começou uma perseguição aos banheiros que na sua grande excitação culpavam do desastre tendo-se refugiado os perseguidos, uns no Chalet Cunha, outros no posto fiscal das Azenhas do Mar até onde aquella gente os foi apedrejando.
Legenda:Os banheiros da Praia das Maçãs João Claudio,Afonso Lopes e José Daniel
Texto e fotos (António Cunha) publicado na "Illustração Portugueza" de 9 de Outubro de 1905


Outro caso ocorrido também na Praia das Maçãs, é relatado por Visconde de Juromenha em “Cintra Pinturesca” de 1838:

”Um funesto exemplo se experimentou recentemente no anno de 1838. Tres senhoras que se banhavam foram arrebatadas pelas ondas juntamente com os banheiros; destas apenas huma foi arrojada morta á praia, as outras não foram mais vistas, enchendo de consternação tão lastimoso successo as familias, que naquele tempo por aquelles sitios residiam”

Nota:Ortografia e acentuação conforme os textos originais

Sem comentários: