domingo, abril 07, 2019

Colóquio sobre as "Árvores de Sintra - Património Vivo"

Realizou-se no Sábado, o Colóquio sobre as “Árvores de Sintra–Património Vivo" na Biblioteca Municipal de Sintra, com um painel de especialistas e um auditório cheio de um público interessado e participante.



O Colóquio foi organizado pelo “Grupo de amigos das Árvores de Sintra”, que já em 17 de Novembro 2018, organizou um passeio pelas Árvores Classificadas em Sintra de interesse Municipal  
(Jardim da Correnteza, Volta do Duche, Praça da República e Largo Ferreira de Castro). 
Recentemente   o "GAAS",interveio com propostas durante a discussão pública do novo regulamento do arvoredo de Sintra, que será sujeito a votação em Assembleia Municipal amanhã
.


As intervenções  ficaram a cargo da Drª Sofia Silvano, Técnica da CMS, do Engº Eugénio Sequeira, Engª Maria Filomena Caetano, Engº Rui Tojeira,Arqº Jorge Cruz e o Arqº João Rocha e Castro.

Engº Eugénio Sequeira, na sua intervenção: Alterações climáticas e selagem dos solos e a carência de água.

No final houve debate sobre a temática das  podas municipais,  cuidados com as podas nas árvores ornamentais em espaços públicos, sobre o novo regulamento do Arvoredo de Sintra, modos da sua aplicação e problemas na gestão do património arbóreo em processo  da sua descentralização .

1 comentário:

Filipe disse...

Boa tarde
Faltou um rasgo de perspicácia política (inteligência) para aproveitar a oportunidade de ouro proporcionada pelo Eng. Rui Tujeira. Deveria ter sido posta uma questão concreta ao Eng. R. Tujeira para complementar a excelente aula com que nos presenteou, forma de desmistificar as chamadas podas camarárias, aquelas que se praticam, como sendo a opção operacional adequada face ao estado estrutural das árvores submetidas a essas intervenções geralmente por questões de segurança.