quinta-feira, junho 22, 2006

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE SINTRA

(Foto de Pedro Macieira)

Um caso que merece destaque no sentido positivo, é a recuperação de um espaço degradado que envergonhava Sintra, a instalação da Biblioteca Municipal de Sintra nas ruínas da casa Mantero. (ver foto tirada antes da recuperação),“Rio das Maçãs”, destaca este acontecimento embora a sua inauguração tenha acontecido já em Dezembro de 2003. como um exemplo que deve ser seguido na recuperação do património de Sintra, pois basta andar 100 metros para ver o que não devia acontecer , a “Vivenda Ana” abandonada dando uma má imagem de uma Vila , que se devia orgulhar de pertencer ao estatuto de “Património da Humanidade”.A intervenção da Câmara de Sintra, tem que ser imediata, antes que interesses de especulação imobiliária ,repitam o que aconteceu um pouco mais para baixo na Estefânia onde hoje existe um buraco, que envergonha qualquer transeunte, nesse caso parece que havia autorização camarária para fazer supostamente obras de restauração de antigo imóvel que também era um elemento urbanistico que já pertencia ao património de Sintra. E foi demolido , propositadamente pois , sabe-se que por estes lado parece que o crime compensa.




Sem comentários: