quarta-feira, junho 24, 2015

O Palácio de Seteais e a concessão à Sociedade Hotéis Tivoli

A Espírito Santo Hotéis, holding que através da Rioforte controlava os hotéis Tivoli, foi declarada insolvente pelo Tribunal do Comércio de Lisboa. Na comunicação da sentença, proferida segunda-feira, é dado um prazo de 30 dias para os credores reclamaram os créditos. A assembleia de credores está marcada para 8 de Setembro.
In "Público"
http://www.publico.pt/economia/noticia/tribunal-declara-insolvencia-da-espirito-santo-hoteis-1699898 SeteaisRLino6022015blogjpg.jpg

Sobre os Hotéis Tivoli
Após a derrocada do  império BES/GES, há problemas complexos a resolver e  consequências ainda não perfeitamente esclarecidas.
Com sede no Luxemburgo, a Holding  para a área não financeira do Grupo Espírito Santo (GES): Rioforte Investiments,  que  que tinha pedido recentemente a  protecção contra credores (falência) - detinha os interesses do GES nos sectores imobiliários, turismo, agricultura saúde e energia. na área do turismo entre muitos outros investimentos estão os Hotéis Tivoli, que têm a concessão até 2023 do Hotel de Seteais -  importante património histórico Sintrense, e que segundo *jornal I - "um consórcio internacional já terá oferecido 853 milhões de Euros pela empresa."
 Relativamente  a esta concessão  que tem um futuro nebuloso, espera-se que os interlocutores neste processo, defendam  os interesses do Estado Português, e de Sintra em particular.



 

Sem comentários: