quarta-feira, novembro 18, 2015

Chegar ao Palácio da Pena através da Quinta da Amizade

VilaSassetti 21905
 A convite da PSML visitámos em Maio  de 2012 a Quinta da Amizade e a Vila Sassetti, em 2015, é já possível utilizar este novo acesso para chegar ao Castelo dos Mouros e Parque da Pena. Hoje pelo seu interesse, publicamos na íntegra  um artigo publicado na revista "Visão" de Outubro último:


Subir,parar, admirar
"Com a recuperação da Vila Sassetti, em Sintra, nasceu um novo percurso pedestre que liga o centro histórico ao Palácio da Pena e Castelo dos Mouros. A vista é bonita, mas requer fôlego e treino

Chegar à Pena pelo novo e sinuoso percurso da Vila Sassetti é um desafio para quem não tem o físico treinado. A rota começa no jardim da Vila Sassetti, uma propriedade implantada na vertente norte da serra de Sintra.
Atravessado por uma linha de água artificial, o jardim tem palmeiras-do-chile, uma coleção de camélias e fetos arbóreos, entre outras plantas que, na altura certa, hão de florescer exuberantes. O caminho leva-nos até ao edifício principal, refúgio de férias de Victor Carlos Sassetti desenhado por Luigi Manini (o mesmo arquiteto que viria a construir a Quinta da Regaleira), com uma torre circular central, passamos depois pela Casa do Caseiro, transformada em cafetaria (só funcionará no próximo ano), e pelos restantes anexos. Foi a aquisição da Vila Sassetti por parte da Parques de Sintra, em 2011, que permitiu a criação deste novo percurso pedestre que liga o centro histórico de Sintra ao Palácio, Parque da Pena e Castelo dos Mouros. Seguimos viagem atravessando toda a Vila Sassetti. Salta à vista o contraste entre a paisagem romântica deixada para trás e a serra por onde continuamos. O caminho prossegue sinuoso, deve fazer-se a passo lento, mas firme. O piso, nem sempre plano, tem inclinações e, em algumas zonas, vários degraus. Passam-se pequenas pontes, contornam-se as rochas naturais da serra, evitam-se as raízes de árvores no chão, ramos que se atravessam. Castanheiros, acácias e carvalhos são alguns dos nossos companheiros de passeio, assim com o Penedo da Amizade, um dos locais mais antigos e emblemáticos para a prática de escalada.
O novo percurso tem uma extensão de 2550 metros até ao Palácio da Pena, 1850 metros até ao Parque da Pena e Castelo dos Mouros.
Segundo os cálculos da Parques de Sintra, faz-se em cerca de 45 minutos/1 hora. No entanto, tudo depende da condição física da pessoa ou da quantidade de paragens que se faça.
É sempre melhor, claro, do que o percurso antigo, pela Rampa da Pena, onde o visitante costumava cruzar-se com os carros, uma questão que a Parques de Sintra queria resolver. Mas chegados ao destino, percebe-se que este percurso pedestre é um «apenas» um novo passeio à descoberta dos «velhos» segredos da serra de Sintra."

*título e texto publicado na revista "Visão"/24/10/2017/Susana Lopes Faustino
ASassetiCottage3a
Quinta da Amizade, desenhada por Luigi Manini para, Victor Carlos Sassetti, que foi dono dos Hotéis Bragança, em Lisboa, e Victor, em Sintra,

http://visao.sapo.pt/actualidade/visaose7e/sair/2015-10-24-Subir-parar-admirar
Post relacionado:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2015/09/quinta-da-amizadevila-sasseti-novo.html

Sem comentários: