domingo, novembro 29, 2015

Tertúlias de Colares - Os lugares de Maria Gabriela Llansol

TertuliasdeColares29112015blog.jpg
Tertúlias de Colares na Sala da Folha no Domingo 29/11/2015, com a professora Teresa Cadete

Do exílio a Colares

"Mucifal 24 de Abril de 1985 (terça)
Hoje, sem que eu saiba nem como nem porquê, a sala de jantar é quase igual à de Jodoigne; no entanto só a mesa é a mesma, e esse ambiente atravessou várias vicissitudes através de Herbais e Mucifal.
(...)
Ao nível do momento fui a Sintra. Li Hölderlin, telefonei à minha mãe. Chove e ouço cair a chuva através do cortinado que pus na janela e que só ocupa a sua parte central. O estore; avariou-se e o senhorio não tem dinheiro para o mandar concertar."
Maria Gabriela Llansol/O azul Imperfeito/Livro de Horas




Maria Gabriela Llansol vivia em Sintra desde 1980 e a sua casa em Colares era um espaço discreto como a sua postura na vida. Espólio literário de Maria Gabriela Llansol, falecida aos 76 anos, em 3 de Março de 2008, foi doado à Associação de Estudos Llansolianos, criada em 2006 para estudar a obra da escritora. Maria Gabriela Llansol deixa obras como "O Livro das Comunidades" (1974), "Causa amante" (1984), "Um falcão no punho" (1985) e "Um beijo dado mais tarde" (1990). «Lisboaleipzig» (1994) e «Amigo e Amiga», vencedor do Grande Prémio de Romance e Novela da APE 2006.

Post relacionado:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2008/10/novo-espao-llansol-em-sintra.html

Sem comentários: