segunda-feira, abril 23, 2018

Viana da Mota em Colares (reedição)

Na altura em que passam 150 anos do  nascimento do compositor Viana da Mota (22/04/1868), com ligação a Colares à Condessa d'Edla e a D.Fernando II -  oportunidade para a reedição de um post do blog de 2007.
José Viana da Mota- Pianista/Compositor 1868/1948

José Viana da Mota nasceu em 1868 em S. Tomé. O pianista e compositor viveu apenas dois anos na ilha. Daqui rumou à metrópole e instala-se, com a família, em Colares, no concelho de Sintra. Com 7 anos, ingressa no Conservatório Nacional. Torna-se protegido do rei D. Fernando II, quando, aos 13 anos, se apresenta com obras da sua autoria no Salão da Trindade. É com o apoio mecenático do rei e da condessa de Edla, que depois de acabar o curso, tem uma bolsa para continuar os estudos na Alemanha. Vai para Berlim em 1882.

Exímio pianista de craveira internacional, Viana da Mota também marcou o panorama musical como compositor, pedagogo e musicógrafo. Caracterizou-se por uma enorme capacidade de trabalho e uma inabalável tenacidade, foi um brilhante intérprete de Bach, Beethoven e Liszt. Tentou contrariar a importância dada à ópera italiana, que dominava o meio musical português, revelando o repertório instrumental de tradição germânica. Foi criado, em sua homenagem, o Prémio Viana da Mota, que distingue os melhores jovens pianistas.

A Casa onde vivia a familia de Viana da Mota em Colares ,quando dedicou à Condessa d'Edla a partitura da Pastoral "Au Bord du Lac de Pena" ,composta por José Viana da Mota aos treze anos de idade.


-Dados biográficos de José Viana da Mota Adaptados site da RTP “ Grandes Portugueses"
-Imagem da partitura da Pastoral , retirado de "Condessa d'Edla" de Teresa Rebelo
-Fotos:PedroMacieira


Sem comentários: