sexta-feira, julho 24, 2009

Adães Bermudes

AdaoBermudes

O arquitecto Adães Bermudes viveu na Quinta da Saibreira, em Paiões, no Concelho de Sintra. Depois de cursar a Academia Portuguesa de Belas Artes, partiu em 1886, para Paris onde frequentou a Escola de Paris e classes particulares de Paul Blondel.
Da sua vasta e preciosa obra, salientamos as medalhas de ouro e prata, obtidas no ano de 1900, na Exposição Mundial de Paris e, no ano seguinte, o projecto da Escola Monumento D.Luis I, em Cascais.
Entre 1902 e 1912 ganhou os concursos públicos para o projectos das Escolas de Instrução Primária, originando a construção de 184 escolas, sendo a Escola Primária de Colares, uma delas.
No Concelho de Sintra, para além da obra atrás indicada, são de sua autoria os desenhos da antiga Cadeia Comarcã de Sintra e o edifício dos Paços do Concelho da Edilidade Sintrense, inaugurados em 13 de Junho de 1909.

*Adapt. de um texto publicado pela Junta e Freguesia de Rio de Mouro em Setembro de 2008

5 comentários:

Anónimo disse...

É curioso que uma vez na zona de Moncorvo vi uma escola igualzinha à Primária de Colares. Mas é exactamente igual: Desde a casa de banho, paredes, janelas, portas. Tenho pena não ter tirado fotografia na altura, mas não tinha máquina, já foi há uns anitos.

António disse...

É natural que tenha encontrado uma escola igualzinha à de Colares em Moncorvo, como poderia ter sucedido noutros locais, pois eram escolas-tipo, ou seja, o Estado lançava um concurso e depois o projecto vencedor era reproduzido em vários pontos. Era altamente prestigioso para um arquitecto ganhar esses concursos, como sucedeu com Bernmudes por mais de uma vez.
Nem sempre é lembrado que, em Sintra, além dos Paços do Concelho e da Cadeia Comarcã, os projectos do antigo Matadouro da Ribeira (1905), demolido palos fins da década de sessenta para alargamento da estrada, e da antiga Colónia Penal Agrícola António Macieira (1910), hoje Estabelecimento Prisional de Sintra, são também de Bermudes.
Caro Pedro Macieira: não sei se conhece imagens dessa quinta em Paiões. Julgo tê-la visitado em criança, longe de saber quem era Adães Bermudes. Recentemente, dei uma volta pela área mas não fui capaz de reencontrá-la. Lembro-me vagamente de existir nessa quinta uma espécie de casa acastelada, a fazer lembrar o estilo da cadeia comarcã. Não sei se ainda existirá, Não sei sequer se foi mesmo essa a quinta que visitei. Era interessante explorar o assunto.


Cumprimentos,

António Lourenço

pedro macieira disse...

Mentepositiva,
De facto esistirão cerca de 184 escolas semelhantes à escola primária de Colares. Amanhã espero publicar um segundo post sobres Adães Bermudes.
Um abraço

pedro macieira disse...

Caro António Lourenço,
A minha infância e juventude foi passada no Cacém, e as idas de bicicleta a Paiões eram frequentes, mas não me lembro da Quinta da Saibreira, será como sugere um motivo para tentar saber o que lhe terá acontecido.
Um abraço

pedro macieira disse...

Continuação do comentário anterior.

Penso talvez amanhã publicar mais um post alusivo a Adães Bermudes.
Um abraço