terça-feira, maio 15, 2012

Impunidades Sintrenses

Texto1Publico Texto2Publico Jornal Público de 14 de Maio de 2012

3 comentários:

Fatyly disse...

Mas se fosse de um Zé ninguém já há muito que tinha ido abaixo!

Uma vergonha...aliás no Tribunal de Sintra a lentidão é assustadora em todos os aspectos!

Anónimo disse...

E o Sr. Fernando Andrade é que teve que pagar a multa por ofender este "exemplar" cidadão!
A nossa justiça é o espelho do nosso País mesmo!

pedro macieira disse...

Este caso da mansão do comendador, é um caso para estudo de como "funciona" a justiça para os poderosos.O caso de S.João da Lampas claramente demonstra que tipo de Estado de "Direito" temos por cá e ao serviço de quem.
Cumprimentos