sábado, fevereiro 22, 2014

Porque hoje é Sábado...



Eduardo Lourenço afirmou ontem, durante a 15.ª edição do Correntes d´Escritas, na Póvoa de Varzim, que houve uma invasão por «uma espécie de vampiros», que são quem controla o sistema inventado pela modernidade, vivendo-se agora um «apocalipse indirecto» em «estado de guerra permanente».



 «Dá a impressão de que, de repente, fomos invadidos, não por uns castelhanos arcaicos nossos vizinhos e que são nossos irmãos e primos, mas por uma espécie de vampiros como aqueles que o cinema de Hollywood ilustra. Não é por acaso que o tema dos vampiros se tornou um tema da moda, os vampiros são emissários da morte, é como se estivéssemos a viver uma espécie de apocalipse indirecto».

Afirmou  o vencedor do prémio Camões de 1996, também, não acreditar que o tempo desta «espécie de submissão mansa» vá perdurar, ressalvou não querer contribuir para algo como uma «depressão de segundo grau, por conta dos outros».

«Não sei se é um comportamento muito português dormir em cima daquilo que nos ameaça profundamente e nos põe problemas que não podemos resolver esperando que, com o tempo, com um pouco de sorte, acabemos por sair desta espécie de atoleiro em que estamos mergulhados»

«Os vampiros não são tão vampiros como isso, são pessoas reais. São as pessoas que controlam o sistema que a modernidade foi inventando pouco a pouco, com os seus novos meios de produção, que aumentaram efectivamente de maneira fantástica a possibilidade que os homens têm de aceder a um certo número de coisas que são importantes»

Ler no Diário Digital com Lusa notícia integral:
 http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=686490

Os Vampiros
*Letra dos "Vampiros"  de José Afonso,encontrada no blog "As Brumas da Memória"

2 comentários:

Fatyly disse...

Um post muito interessante e assustador...esta realidade em que nos enfiaram e o resultado está mesmo "ele comem tudo...e não deixam nada"!

Um bom sábado

pedro macieira disse...

Fatyly,
Eduardo Lourenço, fez uma análise muito correcta destes tempos sombrios em que "eles" comem tudo!*
Abraço e bom domingo

*sempre os mesmos...