domingo, novembro 02, 2014

O Mar em tempo de Poesia


Neste Domingo, publicamos um novo trabalho de  Ilda Gomes do Mucifal, que nas suas palavras retrata um tema bem conhecido das gentes que vivem no litoral sintrense, na  quotidiana convivência com o Oceano.


A lua paira e brilha
na água calma e fria do mar.
Ao longe um barquito tenta a sua sorte
à luz do luar.
Um homem sozinho cansado
de muito navegar
adormece e sonha com uma sereia a cantar.
Acorda e tem a rede a transbordar,
volta para terra feliz,
tem peixe para vender e dar.
A quem passa diz é bom acreditar que há vida no mar.

Ilda Gomes


Post relacionado:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2014/02/porque-hoje-e-sabado.html

Sem comentários: