terça-feira, agosto 23, 2016

Brumas de Sintra

PP22072016Pblog.jpg
"Se a obra moderna do barão de Eschwege, a quem D. Fernando confiou o traçado, se não distingue pelos primores da arquitectura e a harmonia do conjunto a extensa e caprichosa aglomeração de corpos que fantasticamente coroa  aqueles montes arborizados não deixa de agradar pelo pitoresco e pela cor, simultaneamente rica e mimosa. Ponte levadiça, bastiões, ameias, outros devaneios românticos e alguns pormenores inestéticos, tudo se perdoa pelo feliz resultado cenográfico, pelo consórsio que se logrou obter com a natureza."
Guia de Portugal 1924/Raúl Proença

*Foto Palácio da Pena, Agosto 2016

2 comentários:

Graça Sampaio disse...

Lindo!! O Palácio e o texto. E a foto, já se vê...

pedro macieira disse...

Obrigado pelo comentário, Graça.
Abraço