quarta-feira, abril 19, 2017

A Comissão de Ambiente, Ordenação do Território Descentralização, Poder Local e Habitação e o futuro de 1400 árvores no PNSC

Foto em 30/03/2017 no PNSC

Ontem 18 de  Abril o Presidente do ICNF, foi ouvido na Comissão da A.R. sobre o abate em massa que pretende levar a cabo na área protegida do Parque Natural Sintra-Cascais.

Engº Rogério Rodrigues, peremptório : "O ICNF é o Director do Parque, eu sou o Director do Parque..."


O presidente do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) assegurou hoje que o corte de mais de um milhar de árvores no Parque Natural de Sintra-Cascais "não é uma questão economicista", mas uma obrigação legal.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/icnf-diz-que-abate-de-mais-de-mil-arvores-no-parque-sintra-cascais--e-imposicao-legal?utm_medium=Social
  A comissão de Ambiente, ontem na A.R.

Encontro durante uma visita em 28/03/2017 no PNSC

"Ficou da intervenção do presidente do ICNF que este compasso de espera é meramente para explicações aos “chatos” e que mais tarde se retomará o processo, depois do Verão, admitiu, depois da “época de fogos”. Há que voltar à estaca zero e fazer estudos criteriosos, ouvir as pessoas, consultar o comité da UNESCO e obrigar a que qualquer árvore que tenha de ser abatida (em última circunstância, e atenta a segurança de pessoas e bens estritamente necessária)) seja de imediato substituída, a par dum plano activo para reflorestar a serra. A procissão ainda vai no adro, e é preciso um sinal claro dos superiores hierárquicos do ICNF de que assim será, com um novo plano e calendário, mais abertura e mais diálogo."

Fernando Morais Gomes /Alagamares


Foto em 30/03/2017
Foto em 28/03/2017 no PNSC

Sem comentários: