quarta-feira, fevereiro 06, 2013

O Baile da Rainha em S.Pedro de Sintra

Photobucket
A histórica Sociedade Filarmónica "Os Aliados", de S.Pedro de Sintra, fundada em 1922, vai organizar o tradicional Baile da Rainha, no próximo dia 8 de fevereiro, pelas 22H00, na sede da coletividade. Este carnaval caracolino teve origem em 1926 e tem como principal objectivo preservar a tradição e cultura popular.
 

5 comentários:

Graça Sampaio disse...

Aos anos que não ouvia falar no Baile da Rainha!... Como era em S. Pedro e eu morava na Vila, a minha mãe nunca me deixou ir ver...

pedro macieira disse...

Graça,
Talvez por distração da minha parte, só este ano tomei conhecimento deste tradicional baile de carnaval -assunto que tentarei investigar futuramente.
Um abraço

Carlos José dos Santos disse...

Caros amigo Pedro, o Baile da Raínha, também teve os seus tempos aureos. Quando eu era rapaz de bailaricos, a partir dos meus quinze anos, fui várias vezes ao Baile da Raínha. Nunca participei no corso carnavalesco, nem pensava que alguma vez viesse a fazê-lo, eis que este ano, como as minhas netas fazem parte da Escola de música e da Banda dos Aliados, onde eu toco, fui apanhado pela minha neta mais velha, que queria participar mas se o avô fosse com ela. Avô sofre!...
Sem ter o fulgor dos anos cinquenta e sessenta, parece-me que o Baile da Raínha está a renascer das cinzas, espero que sim. Este ano há propaganda a preceito, com cartazes grandes, e em locais bem visíveis.

Carlos José dos Santos disse...

No video, deste post poderemos ver em determinada altura a minha neta Carlota, toda lindona com o seu par, também aluno da escola de música.
Este filme é do do desfile do ano passado, e já teve uma participação interessante.
Nos tempos aureos, era até perigoso entrar lá dentro, porque o chão, com o peso abanava tanto que se temia que viesse tudo parar à cave, onde funcionava antigamente um bar, e um jogo de laranjinha.

pedro macieira disse...

Caínhas,
agradeço as memórias dos outros Bailes da Raínha de S.Pedro de Sintra.Assunto que merecerá um tratamento mais desenvolvido no blogue em breve e como sempre irei solicitar de novo a inestimável colaboração do Caínhas.
Um abraço