quinta-feira, junho 20, 2013

Homenagem a Valdemar Alves na Ribeira de Sintra

homenagemvaldemaralves2016a

Realizou-se ontem em Sintra, uma homenagem a Valdemar Alves, recentemente falecido, um grande amigo do Eléctrico de Sintra, que terá a partir de agora o seu nome no local onde sempre o encontrei. Por decisão da Câmara de Sintra as instalações  do eléctrico  na Ribeira de Sintra, tem a  partir de ontem  a denominação de "Complexo Valdemar Alves".
Na sessão de homenagem, na Vila Alda, foi entregue à família pelo presidente da Câmara,  a título póstumo a medalha de ouro do Município.

homenagemvaldemaralves2016ddjpg homenagemvaldemaralves2016dejpg homenagemValdemarAlves20130616 homenagemvaldemaralves20160616b

6 comentários:

Fatyly disse...

Há coisas com que nunca concordei embora o ditado já diga que "mais vale tarde do que nunca"...e é sempre depois da morte que prestam homenagens? não seria bem melhor enquanto ser vivo? A vida de trabalho e dedicação de Valdemar era conhecida de todos e há muito que lhe deveriam ter dado esta "homenagem mais que merecida"!

Anónimo disse...

Tudo, mas tudo, está a voltar ao "antigamente", se até já voltamos a ver fotos com Inaugurações de "corta-fita"...
Recalcamentos!

pedro macieira disse...

Valdemar Alves, era um amigo sempre disponível para prestar informações do seu Eléctrico.Colaborador atento deste blog -possibilitou diversas vezes a publicação de diversa documentação de Sintra antiga da sua colecção particular.
A justa homenagem que a CMS, ontem lhe prestou é merecida pelo seu empenho e dedicação a uma imagem de marca de Sintra -o Eléctrico.
Não é hábito deste blog a publicação de fotos estilo "corta-fitas",a foto publicada, pela sua importância tem como objectivo confortar e dar o apoio possivel à viúva e o filho, neste momentos complicados, e um agradecimento da nossa parte por uma amizade infelizmente interrompida tão cedo.
Sendo habitualmente critico da gestão de Fernando Seara em Sintra -reconheço que a medida tomada de dar o nome de Valdemar Alves ao complexo da Ribeira de Sintra, tem todo o meu apoio.
Abraços

Anónimo disse...

Quando falei em tudo como antigamente, era nas homenagens não serem feitas em vida e no caso do corta-fita, não me referia a esta situação que é louvável, mas mais concretamente a um real cortar de fita no presente:
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=521331851265773&set=gm.204990586318405&type=1&theater

Fatyly disse...

Quando disse o que disse foi apenas que a Câmara pecou por tardio, há muito que ele merecia o que agora publicas e não apenas após a morte!

pedro macieira disse...

Fatyly,
Claro que entendi o sentido do comentário -neste caso o precoce desaparecimento de Valdemar Alves -permitia pensar que teria ainda muitos anos para acompanhar e defender o seu eléctrico.
Abraço