quarta-feira, abril 09, 2014

Postal do Penedo



Aldeia do Penedo

Talvez a mais tradicional aldeia de Sintra, situada estratégicamente sobre um alto esporão em plena serra . A sua origem não está muito bem definida mas existem autores que apontam para a referência ao Penedo já no séc.XIII, mais propriamente dados de 1527, que indicam que o Penedo e as Azenhas teriam já 34 “vizinhos”. Posteriormente, o Conde de Jerumenha publicou uma relação por localidades com a data de 1744, na qual o Penedo apresenta já 119 habitantes. Esta aldeia apresenta uma planta circular. No centro da aldeia um cruzeiro e um fontanário, e num ponto mais elevado um largo com a Capela de Santo António ou Capela de Nossa Senhora das Mercês de duplo orago, com Nossa senhora das Mercês e Santo António. Esta terá sido fundada em 1547 por Francisco Nunes Dias e sua mulher Maria dos Anjos Gonçalves Perpétua, moradores na Ribeira do Valente. O pequeno templo rural foi implantado no local do Penedo, à volta do qual acabaria por desenvolver-se posteriormente a aldeia, com um imponente coreto no centro.

A aldeia do Penedo, actualmente com  limitações de acessibilidade, em virtude da estrada que dá acesso a Almoçageme e à estrada Sintra Cascais, estar inacessível pelo perigo de desabamento de um muro da propriedade de Vale e Azevedo em Casa Novas.

http://riodasmacas.blogspot.pt/2014/04/um-dia-o-muro-vem-abaixo.html

1 comentário:

natercia disse...

A minha tia avo Amelia morava na Rua da Cruz,depois de irmos ve-la iamos poir essa rua direitos ao Penedo,Casaa Novas e Almocageme e ai ajudar o meu tio na Viuva Gomes depois era avolta pela Urca,Carmo ate a quinta.Tudo a pe era uma maravilha.Bons tempos