domingo, agosto 23, 2015

Diamantes Negros em Nafarros II

NafarrosDNP1222D22082015blog.jpg
Cinquenta e um anos depois e com uma nova formação, os Diamantes Negros actuaram  no último Sábado na Festa de Nafarros. Uma noite de Agosto chuvosa, não impediu centenas  espectadores de estarem presentes para  assistir  a mais um  grande concerto deste conjunto  musical sintrense, com uma longevidade invejável.

DN2Nafarros0975blog.jpg

Na sua primeira apresentação no dia 25 de Janeiro de 1964, a constituição dos DIAMANTES NEGROS era a seguinte:
Carlos José Paulo Santos (Caínhas) -Álvaro José Silvestre, Carlos Alberto Rodrigues e Carlos Henriques, (Xixó).

DNNafarros122322082015blog.jpg

Fotos em Nafarros,  22/08/2015
 
DN2Nafarros1020blog.jpgA longevidade do Diamantes Negros
DN2Nafarros1047blog.jpg
Festas de Nafarros decorrem até  dia 26 de Agosto de 2015

NafarrosDN120822082015blog.jpg
Até ao próximo concerto!
NafarrosDN120322082015blog.jpg



4 comentários:

Carlos José dos Santos disse...

Obrigado amigo Pedro, bom amigo e comissário activo do Cinquentenário dos DIAMANTES NEGROS.
Fotos excelentes, como sempre!
Abraço.

Carlos José dos Santos disse...

Sobre a formação dos DIAMANTES NEGROS, neste concerto.
O concerto do cinquentenário do Olga Cadaval, foi uma viagem pelos 50 anos de vida do grupo, com todos os elementos que fizeram parte da banda a serem parte ativa do espetáculo.
Muitos ensaios, voltamos a estar juntos com antigas amizades, e neste momento os DIAMANTES NEGROS, têm nas suas fileiras, não gente estranha, mas sim antigos membros do grupo, reforçados com um teclista amigo Luís Costa, e com a Carlota minha neta, que por graça aos onze anos começou a tocar uns temas connosco. Tocou também no Olga Cadaval, e como neste momento é uma mais valia, e nós tocamos por prazer, por isso ficou na banda, enquanto os seus quinze anos, quiserem aturar os velhos da idade do avô.
Carlos José Santos, "Caínhas" baterista é o fundador, Carlos Rodrigues sax tenor é um fundador, Luís Cardoso não é fundador mas entrou no ano da fundação, Jaime Pereira baixo e cantor, entrou em 1970, Júlio Ribeiro guitarra/cantor entrou em 1965 esteve até 1966, atuou connosco no Monumental nas meias finais, o Necas, guitarra solo, fez parte de uma formação que representou os DIAMANTES NEGROS, ainda nos anos 90, em realizações sob a égide da extinta Associação anos 60.
Tenho/temos necessidade de nos retratarmos, porque quem gosta de nós e nos acompanha à muitos anos, diz-nos na cara que somos outros DIAMANTES, porque passaram muitos anos e da história sabemos nós.
Falta-nos o nosso leader XIXÓ, o tempo é que manda!...

pedro macieira disse...

Caínhas,
Obrigado pelo importante comentário.Quanto ao concerto de Nafarros, vocês são mesmo como o vinho do Porto...
Abraço e o e aguardo a data do próximo concerto!
Pedro

Graça Sampaio disse...

Parafraseando o meu querido amigo Caínhas, falta lá o Xixó!

Mas continuo a gostar muitos dos 'meus' Diamantes!