terça-feira, janeiro 31, 2017

Mais uma vez a rua D.João de Castro alvo da sanha camarária

Fotos de hoje à tarde na martirizada rua D.João de Castro em Sintra , após mais uma intervenção dos Serviços da Autarquia de Sintra. Sintra local de Paisagem protegida pela UNESCO.


Fotos em 31 de Janeiro de 2017
Fotos cedidas por M.Clara Gomes

A imagem de que a Câmara Municipal de Sintra não gosta
Em 4 de Dezembro de 2016 era este o aspecto da rua D.João de Castro! (Foto de M.Clara Gomes)

Outras Intervenções  da CMS neste local:
Posts relacionados publicados no blog sobre a mártire rua D.João de Castro, e das sua tílias e plátanos ao longo do tempo-ver aqui:
http://riodasmacas.blogspot.pt/search?q=rua+D.Jo%C3%A3o+de+Castro

2 comentários:

Rosa disse...

O processo de "desarborização" desta rua é uma infâmia e uma cobardia. Anos de maus tratos sem outro o objectivo do que o conseguir ir abatendo todas estas magníficas tílias. E isto porque nunca houve a coragem política para elaborar um plano com pés e cabeça para este espaço ou assumir uma posição. Se as árvores tinham de ser abatidas porque nesta rua se privilegia a circulação automóvel e a manutenção dos muros, essa posição deveria ser assumida e defendida publicamente pela autarquia.

Anónimo disse...

Grande comentário Rosa. Assino por baixo.

A única coisa ali a mais é o poste de electricidade.

As árvores pelo que vejo tanto em Sintra como em Lisboa são para abater. E arranjam as mais variadas desculpas para tal acção; a última são as alergias.