domingo, agosto 13, 2017

Os cavalos da raça Ardennais do Parque da Pena

Foto dos cavalos Ardennais no cortejo do Círio de N.Senhora do Cabo Espichel no sábado 13 de Setembro de 2014

A Parques de Sintra Monte da Lua (PSML) iniciou, em 2010, um projecto para a recuperação de métodos tradicionais de trabalho na exploração e manutenção florestal, nomeadamente a utilização de cavalos.

Por esse motivo foi feita a aquisição de três exemplares da raça Ardennais (cavalos de tiro).
O Kali, o Valseur e o Medhi são três excelentes cavalos da raça Ardennais que chegaram ao Parque da Pena, em 21 de Abril  de 2011.

http://riodasmacas.blogspot.pt/2011/07/tres-cavalos-belgas-na-serra-de-sintra.html

Foto dos Cavalos Ardennais no II desfile Equestre de Sintra durante os festejos de N.Senhora do Cabo Espichel em Setembro de 2011


Os cavalos de raça Ardennais são comandados essencialmente através de ordens vocais e sem grande auxílio das rédeas. Respondem a mais de 10 tipos diferentes de ordens vocais e respondem sempre pelo seu nome.

http://riodasmacas.blogspot.pt/2011/09/festas-de-sintra-na-freguesia-de-santa_04.html



Foto de um Ardennais durante uma sessão de trabalho no Parque da Pena em 2011

http://riodasmacas.blogspot.pt/2013/08/demonstracao-com-cavalos-de-raca.html

"Com vista à introdução de cavalos de trabalho na Serra de Sintra, a PSML estabeleceu contactos com o Centro Europeu do Cavalo, nomeadamente com o seu director Pierre Arnoud (Centre Européen du Cheval, localizado perto de Liège, instituição do Governo Belga vocacionada exactamente para manter viva esta prática florestal), com o qual veio a contratar o apoio logístico e de consultoria ao projecto, a aquisição de três cavalos e a formação de técnicos portugueses.
Em 2011, o projecto concretizou-se e a 21 de Abril chegaram ao Parque da Pena, três cavalos da raça Ardennais: o Kali, o Valseur e o Medhi. A opção por esta raça deveu-se ao facto deste tipo de cavalos serem muito populares para trabalhos na floresta, por serem relativamente pequenos, ágeis, muito fortes, e de temperamento muito dócil. Esta é uma das raças mais antigas e bem documentadas em toda a Europa.(...)"

In  revista online “Voz do Campo”

Sem comentários: