terça-feira, novembro 21, 2006

O estado do legado do Dr.António Brandão Vasconcelos a Colares

Num país em que o Estado vive normalmente com cortes orçamentais , especialmente nas áreas da educação , existirem instalações modelares para a actividade pedagógica, depois de grande investimento por parte do próprio Estado (Ministério da Agricultura) em 1998, e depois deixar completamente ao abandono, sem qualquer uso e permitir que esse património seja completamente vandalizado, é uma história escandalosa (sem responsáveis, com é hábito), que aconteceu nesta Sintra, aqui mesmo em Colares.

A quinta da Sarrazola em Colares, foi deixada em legado ao Estado,por testamento pelo Dr.António Brandão de Vasconcelos e sua esposa,para que ali fosse construído uma “escola agrícola que servisse os filhos e filhas da região dos vinhos de Colares”, médico e grande benemérito da região de Colares e de Sintra,fundador do Sindicato Agrícola da Região de Colares, e primeiro Presidente da Adega Regional de Colares, faleceu em 14 de Janeiro de 1934.

Até finais dos anos 60 funcionou naquele espaço (Escola de Pomicultura D.Alda Madureira)cursos de técnicas agrícolas, para rapazes e cursos de puericultura, artesanato, e culinária para as raparigas.Mais tarde a escola por falta de alunos fechou.A partir de 1975 foi tentado por um grupo de habitantes da freguesia reactivar o projecto mantendo o espírito do legado.Após várias peripécias ao longos dos anos passando pela degradação do local, e por obras avultadas de recuperação do imóvel, até à vandalização das instalações, que é a situação que encontra hoje, aconteceu de tudo, sem que a vontade do benemérito tivesse sido cumprida.

No sentido de fazer cumprir a vontade expressa no testamento pelo Dr.Brandão de Vasconcelos é criada uma associação “Pró-Colares”, que ao longo dos anos tem feito vários projectos às entidades governamentais, para aquela quinta.

Entretanto uma notícia do Jornal da Região Sintra de 14 de Novembro , com o título “Colares; Luz ao fundo da Quinta da Sarrazola-Escola Profissional abre portas em 2007”,pode talvez trazer para a luz do dia uma possível solução para aquele espaço.
Segundo o JRSintra:”A recuperação do espaço vai ser assumido pela Cenintel (...) que é detida por duas entidades, uma dela a Cooptécnica/Escola Profissional Gustave Eiffel, sediada na Venda Nova e com um polo na cidade de Queluz”.Quanto ás intenções para aquele local, a directora da Cenintel adianta que pretende “respeitar o legado do espaço que foi doado no sentido do funcionamento de uma escola na área da agricultura, mas vamos tentar explorar também outras áreas no domínio da floresta ambiente e turismo rural.”, embora adiante que ,”não está definido o número de cursos.estamos neste momento num processo junto do Ministério da Educação para formalizar as acções de formação , que darão equivalência ao 12ºano e deverão estar disponíveis no próximo ano lectivo.”

Não tendo conhecimento da opinião da associação “Pró- Colares”, nem conhecimento do valor pedagógico da Cenintel, aqui fica a notícia, aguardando mais desenvolvimentos.Também aqui neste processo,a Câmara Municipal de Sintra , e o Ministério da Agricultura não ficam bem na fotografia.

Nota:Foto do interior do imóvel -"Jornal de Sintra"

Foto de Dr Brandão Vasconcelos -"Sintra Regional"

2 comentários:

Anónimo disse...

Caro Dr. Pedro Macieira,
Sou sobrinho-neto do Dr. António Brandão de Vasconcelos e cheguei ao sue blog via leitura do texto de hoje do Público.
Tomei conhecimento da existência da Associação Pro-Colares que desconhecia. Gostaria de saber mais sobre ela. Não podendo contactá-lo por outra via utilizo esta. Se me quiser dizer alguma coisa o meu endereço é mba@iseg.utl.pt.
Com os melhores cumprimentos
Manuel Brandão de Vasconcelos Alves

Anónimo disse...

Caro Manuel Brandão de Vasconcelos Alves,
Sou um pesquisador de personalidades luso-brasileiras e tenho por algum tempo seguido por informações sobre o Dr. António Brandão de Vasconcelos, sem muito conseguir.
Seria possível enviar-me alguma informação ou fonte de pesquisa para que eu possa conseguir uma biografia, fotos e passagens da vida desse nobre e grande médico?
Agradeço, atenciosamente, vossa prestimosa atenção e me coloco ao inteiro dispor através do endereço: robert.t@globo.com.
Grande abraço do Brasil e me coloco ao aguardo de notícias.
Muito obrigado
Roberto Antonio Trinconi