quarta-feira, fevereiro 10, 2010

Petição on-line pela defesa das árvores (II)

Photobucket
Pela sua importância, voltamos a publicar as questões constantes de um documento que um grupo de cidadãos dirigiu ao Presidente da Câmara de Sintra, relativamente à forma como se está a processar o abate e as podas de árvores em Sintra - transformando-o em petição para que um maior número de pessoas o possam assinar.

As questões que foram dirigidas ao Presidente da Câmara de Sintra, são as seguintes:
As boas práticas arborícolas também parecem ser uma preocupação de vossa excelência uma vez que é do conhecimento público que em 2005 o Presidente da Câmara de Sintra assinou um regulamento para a intervenção em árvores de Sintra que faz parte do Plano de Gestão da Paisagem Cultural de Sintra onde está explícita a forma de proceder nas podas.
Por conseguinte gostaríamos de ver esclarecidas as seguintes questões:
1. As árvores da vila de Sintra são diferentes ou obedecem a regras diversas das árvores existentes noutras localidades do concelho?
2. Qual a competência técnicas das equipas que procedem ao abate e podas das árvores?
3. A que entidade pertencem estas equipas de abate e poda?
4. O que justifica a poda radical das árvores?
5. Que destino tem a madeira resultante de tais podas e abates?
6. Quais são os planos para os espaços ajardinados acima citados onde existiam árvores?
7. Quais são os planos para plantação de árvores nos locais acima descritos?

Pedimos-lhes também que providencie e dê instruções para o fim da destruição do pouco património arborícola que nos resta e que se não for para nós próprios ao menos que seja para continuarmos a merecer a distinção de sermos Património Cultural do Mundo.

Para ler e assinar a petição -Aqui

Sem comentários: