terça-feira, junho 21, 2011

O 59º Aniversário da Força Aérea

Photobucket

1 de Julho Dia da Força Aérea
As Comemorações do 59º Aniversário da Força Aérea terão lugar em Sintra, na Base Aérea Nº 1, situada na Granja do Marquês.
Ao longo de 3 dias, esta será uma excelente oportunidade para acompanhar e participar nos eventos propostos e ainda conhecer e visitar as aeronaves, desde as mais antigas que fazem parte do espólio do Museu do Ar, até aos mais recentes Sistemas de Armas em actividade.


Entrada Livre no Museu do Ar


Photobucket

*Fotos do 57º Aniversário da Força Aérea (BA1)

6 comentários:

Fatyly disse...

A primeira foto o velho Noratlas...comoveu-me muito e fiz um retorno ao malvado do passado, pobres militares/soldados que iam defender..."o nada" e os que se mantiveram vivos ainda hoje recebem um balde de...!

a 2ª é até hoje o único meio aéreo no qual nunca entrei.

Parabéns pelas fotos

Anónimo disse...

A primeira foto não é de um Noratlas, é de um Lockheed C-130H Hercules, modelo que ainda se encontra ao serviço da FAP.

pedro macieira disse...

De facto a primeira foto é de C-130H, da Esquadra 501 (Bisontes) do BA6 do Montijo e que tem como missão:
transporte aéreo táctico;
Transporte aéreo geral;
Patrulhamento marítimo;
Busca e salvamento e apoio logístico.

O Noratlas de que o Museu do Ar tem um recuperado o nº6403, será o motivo do próximo post de Sábado, na medida que está o próximo o 59º Aniversário da Força Aérea.
Abraços

Anónimo disse...

Salvo erro, em Angola, chamava-se ao Nord Atlas "Barriga de Jinguba", dado que fazia lembrar, pelo seu desenho, o amendoim (jinguba)

Carlos José Santos disse...

Entrei para a FAP, em Julho de 1966
fui para Angola em Janeiro de 1968 e fiz o meu baptismo de voo precisamente num NORD ATLAS, de Luanda para o NEGAGE, com bancos laterais corridos, repletos de militares, no meio estava a carga diversa, onde seguiam também galinhas vivas, e outros animais de capoeira. As galinhas dão-se mal com o calor, e deixam um cheiro nauseabundo, defecam o que têm e o que não têm.
No meio de isto tudo o meu primeio voo de avião.
Um primor, o avião voava a uma altitude baixa, em Fevereiro na força do calor africano, as galinhas de bico aberto e mal-cheirosas, o barulho dos motores tudo misturado dá um cocktail, de vómitos irresistível, e eu como passageiro de primeira vez não resisti e fui deitar "carga ao mar", como se diz na gíria, mas foi remédio santo a partir daí, fiquei vacinado para as outras viagens.
Espero lá estar no dia 1 Julho, já que tenho programa para dia 2.

Fatyly disse...

Pareceu-me de facto um "barriga de jinguba":):):)