quinta-feira, janeiro 31, 2013

Carnaval MTBA 2013 no Magoito,Tojeira,Bolembre e Arneiro de Marinheiros

 - Photobucket  Porque tristezas não pagam dívidas


Foto do desfile carnavalesco  de  2012, MTBA, que contou com a intolerância  de ponto da CMS

Notícia do jornal  "Cidade Viva":
A tradição mantém-se e os foliões das aldeias do Magoito, Tojeira, Bolembre e Arneiro dos Marinheiros, na freguesia de São João das Lampas, vão sair mais uma vez à rua, numa organização do clube MTBA, que conta com o apoio da junta local.
Os Anos 80 e a Disco, Saltimbancos, Forró do Nordeste, Argentina e Piratas das Caraíbas são os temas que vão brilhar neste ano. Dias 8, 9, 10 e 12 de fevereiro num vasto programa animado, colorido, folião e claro com muita diversão.
O carnaval MTBA é uma das tradições que aquele clube vem mantendo, e que conta anualmente com a participação de cerca de 400 pessoas das várias aldeias. Anualmente cresce o número de participantes e ainda o número de pessoas que se deslocam ao pavilhão ou às ruas daquelas aldeias para participarem e se juntarem à festa. Um espetáculo para todos, que é feito com o envolvimento de muitos! E esta é, a chave daquele carnaval e que tem atraído ao longo dos anos diversas pessoas do concelho de Sintra e não só às ruas das aldeias, ao pavilhão do MTBA, a todos os locais por onde passa o Carnaval MTBA 2013.
Este ano são 5 os temas representados, com novas coreografias, novas roupas e trajes e novas danças. Na edição de 2013 teremos então o Magoito com os Anos 80 – Disco, a Tojeira com Saltimbancos, Bolembre com Forró do Nordeste e o Arneiro dos Marinheiros leva-nos à Argentina. A Marcha do MTBA apresenta-se este ano com o tema Piratas das Caraíbas. Como manda a tradição os reis do carnaval, Sherk e a Fiona, reis do ano de 2012 irão coroar os reis de 2013, este ano da aldeia do Arneiro.
Para além das atuações das aldeias, e como tem acontecido, vai decorrer um baile onde a organização convida todos a vestirem uma mascara e juntarem-se à festa e brincarem ao carnaval no pavilhão do MTBA.

Sem comentários: