segunda-feira, janeiro 21, 2013

Protecção Civil prevê agravamento das condições meteorológicas para as próximas 24 horas


Photobucket
A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) aconselhou hoje os cidadãos a adotarem medidas de precaução nas estradas e a desobstruírem os sistemas de escoamento de águas devido à previsão de mau tempo para as próximas 24 horas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje e terça-feira ocorrência de aguaceiros localmente fortes, que poderão ser de granizo e acompanhados de rajadas de 80 a 100 quilómetros por hora.
Segundo o IPMA, está igualmente previsto a queda de neve para cotas que poderão chegar aos 600 e 1000 metros, com especial incidência nas regiões do Norte, e a agitação marítima é entre os cinco e os sete metros, podendo atingir os oito metros na terça-feira de manhã.
Face às previsões meteorológicas, a Proteção Civil alerta para o piso escorregadio e eventual formação de lençóis de água, possibilidade de cheias rápidas em meio urbano e de inundações, quedas de árvores, danos em estruturas montadas ou suspensas, e possíveis acidentes na orla costeira, adianta a ANPC em comunicado.
Nesse sentido, a ANPC aconselha a adoção de comportamentos adequados, nomeadamente a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, a adoção de uma condução defensiva, não atravessar zonas inundadas, ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas mais vulneráveis a inundações rápidas e a não praticar atividades relacionadas com o mar.
A Proteção Civil recomenda ainda à colocação de correntes nas viaturas em caso de deslocações para áreas atingidas pela queda de neve.

1 comentário:

Anónimo disse...

E as podas(?) parece que vão começar hoje -22- a R. D. João de Castro já tem as tílias que restam marcadas e na R. Francisco dos Santos (que não estava na lista)havia ontem papeis a anunciá-las.