domingo, março 22, 2015

A noite do Baile das Camélias

CameliasSUS21032015Fgblog.jpg
Na abertura do Baile das Camélias 2015, os presidentes e o vereador da CMS
CameliasSUSc21032015blog.jpg
A Sociedade União Sintrense teve ontem mais um momento alto com a realização pela 74ª edição do tradicional Baile das Camélias, numa sala decorada com  extrema dedicação com a flor que  dá o nome à festa; as Camélias. Abrilhantada pelo conjunto musical, Vice-Versa  e com a lotação esgotada, como acontece sempre  ao longo dos anos nesta realização da Sociedade União Sintrense.
CameliasSUSPP21032015blog.jpg
. A tradição da noite das Camélias remonta a 19 de Março de 1941, quando um grupo de sintrenses decidiu organizar esta festa. Na época havia grande rivalidade entre os jardineiros das quintas, e a noite das camélias era preparada pelos trabalhadores das quintas existentes em Sintra que queriam exibir as flores mais bonitas. Por isso e após a festa, decorria o baile dos jardineiros.
CameliasSUSP21032015Blog.jpg
 
"Os artistas tinham orgulho em vir ao Baile das Camélias, e os cartazes eram muitas vezes feito por artistas que vinham a titulo gracioso, pelo prazer de estarem presentes num baile tão famoso, onde a beleza da decoração do Salão estava em sintonia com os vestidos elegantes das senhoras, e dos melhores fatos apresentados pelos cavalheiros. A afluência era enorme, para se chegar do salão ao bar, chegava a levar-se mais que uma hora. Hoje isso não seria possível por quebra visível das mais elementares normas de segurança, com excesso de pessoas dentro de um espaço fechado, felizmente nunca sucedeu nada nem mesmo num dia em que faltou a Luz mais de duas horas e ninguém arredou pé e à luz de coutos (velas) dentro do maior civismo tudo se resolveu."
É deste modo que Carlos José Santos - Caínhas,  testemunha um acontecimento, em que muitas vezes participou também como baterista dos Diamantes Negros.

1 comentário:

Graça Sampaio disse...

Ai os Bailes das Camélias nos velhos anos 60!!! Que saudades!