terça-feira, junho 13, 2017

Assinado protocolo para a Gestão da Quinta da Peninha

 Capela da Peninha

Informação PSML:
"A Parques de Sintra, o ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas) e a EMAC (Empresa Municipal de Ambiente e Cascais) assinaram, hoje,  um protocolo para gestão da Quinta da Peninha. A cerimónia decorrerá na Quinta de Peninha e contará com a presença da secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos

A Quinta da Peninha está situada num dos cumes mais elevados da Serra de Sintra, sobre o Cabo da Roca, na zona tampão da Paisagem Cultural de Sintra, e é composta por uma parte urbana – o Santuário da Peninha, classificado como imóvel de interesse público, que integra a ermida de São Saturnino, a Capela de Nossa Senhora da Penha e um palacete romântico - e uma parte rústica, que se estende para o concelho de Cascais.

No âmbito deste protocolo, a Parques de Sintra procederá à reabilitação e à gestão do conjunto edificado do Santuário da Peninha, a fim de assegurar boas condições para a fruição deste património pelo público. Já a EMAC ficará responsável pela gestão da parte rústica da Quinta da Peninha, para realização de atividades relacionadas com a natureza.

O protocolo prevê a elaboração de um Plano de Gestão, que estabelecerá objetivos em matéria de valorização do património, conservação da natureza, educação e sensibilização, animação ambiental e cultural, bem como nos domínios da segurança e manutenção do espaço e da ligação a outras áreas de interesse natural e cultural (por exemplo, o Convento dos Capuchos, o Cabo da Roca, os sítios arqueológicos do Monge e da Anta de Adrenunes e as rotas de caminhada do Parque Natural de Sintra-Cascais).

A execução do plano de gestão será acompanhada por uma Comissão designada por representantes da Parques de Sintra, da EMAC e do ICNF.(...)"

"Este conjunto histórico engloba a Ermida de São Saturnino e a Capela de Nossa Senhora da Penha. Foi fundado por Frei Pedro da Conceição, nos finais do sec XVI, e o seu interior barroco, inclui um conjunto de páineis de azulejos azuis e brancos do início do sec.XVIII, representando cenas da vida da Virgem. Junto à capela existe uma residência romântico-revivalista mandada construir em 1918 pelo mecenas António Carvalho Monteiro."
CMS

"(...)No tempo do Cardeal Rei, pelos annos de 1579, acudiram a venera-la (imagem da N.Senhora da Penha) muitos povos como Collares, Cintra, Cascaes, e de todos aquelles logares circumvizinhos até o Milharado(...) "

Visconde de Juromenha-Cintra Pinturesca, 1838



Ermida de São Saturnino


Uma vista da Peninha para o Cabo da Roca
Foto em 30/03/2017