quinta-feira, junho 08, 2017

Notas sobre a Vila Costa em Colares


Após vários anos ao abandono, a Villa Costa em Colares está  agora de novo, a ser recuperada e já em fase próxima de conclusão de obra. Este chalet é uma das imagens de marca de Colares.
Felizmente neste caso houve condições para a  recuperação, e  para a sua preservação até aos nossos dias. Segundo pensamos saber  a Vila Costa, terá agora uma utilização com interesse para Colares.

O Chalet de José Inácio Costa , ainda em construção em 5 de Novembro de 1885
“O Chalet de Inácio Costa que constitui um exemplar arquitectónico muito interessante, com as sua janelas góticas e decoração vegetalista estilizada dos capitéis patentes nas janelas maineladas, cuja gramática recorda vagamente certo estilo revivalista.”
No "Colares" de Maria Teresa Caetano

*Foto  não datada, cedida por Maria Clara Gomes, Chalet da Vila Costa, ainda com o pombal

José Inácio Costa
"Natural de Colares , foi criado no seio de modesta familia e, ainda jo
vem fixou-se em Lisboa onde aprendeu o oficío de latoeiro.Um dos proprietários da fábrica onde trabalhava, sem herdeiros ,afeiçoou-se ao moço e ,legou-lhe uma das suas industrias conserveiras, Inácio Costa soube gerir o seu património e diversificou a sua actividade, acumulando fortuna.Manteve, apesar de tudo, grande afeição à sua terra natal, tornando-se num dos maiores beneméritos da Vila de Colares, onde faleceu a 13 de Abril de 1896".(cfr ROCHA, 1997,10p.3)

O estado actual  do Chalet 

Photobucket
A Villa Costa, o chalet de José Inácio Costa
«A “Villa Costa” e o Eden Hotel agremiaram um círculo intelectual e mundano da vilegiatura de fin de siécle e crente no progresso anunciado para o evo que se avizinhava, onde incluiam, para além da familia Costa , Chaves Mazziotti-proprietário da Quinta Mazzotti e deputado pelo Partido Progressista-Alfredo Keil, marquesa de Vale Flôr,conde de Sabugosa, conde de Valenças,viscondessa de Santarém,familia Portocarrero,o pintor Veloso Salgado-que em 1923 retratou o ilustre médico e cientista Carlos França-entre outros.»

Texto retirado de "Colares" da autoria de Maria Teresa Caetano



N

Sem comentários: