segunda-feira, junho 05, 2017

No tempo dos festivais de Verão (reedição)

A temporada dos festivais de música já começou. Oportunidade para voltarmos a publicar o post de hoje - uma memória do primeiro festival de música em Vilar dos Mouros, estávamos em 1971, num país muito diferente.
RockinRio2016MaioEricaMacieirablog.jpg
*Foto Rock in Rio, Parque da Bela Vista - Maio de 2016

Festivais de Música de Verão

A inflação de festivais musicais de Verão são um sinal dos nossos tempos - festivais que juntam milhares de jovens e menos jovens, um  tipo de eventos que há 45 anos em Portugal, enfrentavam grandes dificuldades e impedimentos nas tentativas da sua organização. A pedrada no charco foi dada pela organização do Festival de Vilar de Mouros em 1971 (Dr António Barge, mentor do Festival) - hoje publicamos, embora em mau estado, algumas  fotos inéditas desse festival e algumas notas da imprensa da época.

No tempo em que  ainda não havia Festivais de Verão

"A cerca de 25 kilómetros da fronteira com a Espanha , uma pequena aldeia viu-se sair - com espanto - do anonimato. A gente nova de Vilar dos Mouros - a aldeia, já o sabem -, obrigada a procurar outras terras para viver, foi repentinamente  substituída por milhares de jovens. Mas é uma juventude diferente, esta, de cabelos compridos e vestes esquisitas. Uma juventude que, para assistir à exibição de vários grupos de música dita "pop", pagou o equivalente a 4 dias de trabalho, com a enxada de uma natural da aldeia - 100 escudos, no total de 2 dias de espectáculo."
Século Ilustrado nº1751 de 11 de Agosto de 1971

VilardeMourosPblog.jpg
*Foto da assistência ao Festival de Música de Vilar de mouros em 1971 -já publicada neste blog

"Vilar de Mouros, 9 -Protegido por arame farpado à volta do palco (o tal exótico sentido de segurança de que falávamos...), o inglês Elton John foi o «top» da segunda parte do Festival de Música «Pop» que aqui decorreu."
Diário de Lisboa 9 de Agosto de 1971


"-E só quando Manfred Mann se resolveu a interpretar um êxito «dos antigos» - «Might y Queen», mais precisamente - é que o público sentiu que havia qualquer coisa ou alguém no palco. Pela primeira vez, surgiram palmas espontâneas."
A crónica de um dia/Jornal "DISCO Música & Moda" de 15 de Agosto de 1971

VilardeMourosbpblog.jpg
*Foto inédita da assistência de Vilar de Mouros, Agosto de 1971

"Requiem para um Festival
Seis dias de lição a reter. A Música viveu entre mortos, porque poucos foram os que a viveram. Vilar de Mouros morreu e com ele a esperança de poder viver o nosso tempo..."
Jornal "Disco Música &  Moda" nº14 de 15 de Agosto de 1971
VilardeMourosPCblog.jpg
*Foto inédita  do palco de Vilar de Mouros 1971 «PoP Five Music Incorporated(?)»

"O desaire financeiro parece inevitável
Madrugada alta, conclui-se a maratona de música moderna. No próximo fim-de-semana. a fechar o festival, estarão, Amália e Ouro Negro.
Será assim , então a altura de fazer contas. O desaire financeiro parece  tãi inevitável como comprometido o futuro do festival. Pelo menos é essa a opinião de amigos chegados da familia Barge.
E, se assim for, é pena.  Porque a teimosia o sonho com algo de quixotesco de um homem permitiram, em Vilar de Mouros, provar muita coisa importante. Em dois fins-de-semana, uma aldeia pitoresca e pobre. adormecida à beira do Coura, transformou-se em símbolo. Não o esquecerá quem o viveu: os jovens que , já ontem, noite adiante, partiam,e a aldeia que voltará à enxada e ao arado."
"Diário Popular" de 9 de Agosto de 1971
vilardeMourosblog.jpg
Foto publicada no Jornal de Notícias em Agosto de 1971

*Notas adicionais:
Conjuntos musicais que estiveram presentes, além de Elton John e Manfred Mann:
-"1111" com José Cid, Moniz Pereira, Tó Zé Brito e Michel
-"Chinchilas" com Felipe Mendes
-"Pop Five Music Incorporated" com Miguel Graça Moura
-"Psico"
-"Sindicato"
-"Bridge"
-"Pentágono"
-"Objectivo" com  Zé Nabo (baixo) que segundo o critico musical do jornal "Disco Música &  Moda" de Agosto de 1971, regista  "Uma referência para o Zé Nabo, que Manfred Mann considerou ser sensacional e que deu show".

Post relacionado sobre o Festival de 1971 de Vilar dos Mouros:
http://riodasmacas.blogspot.pt/2013/08/porque-hoje-e-sabado.html

Sem comentários: