segunda-feira, novembro 23, 2009

Casas de Sintra III

Photobucket

AltpPenedo2

No alto do Penedo, talvez a aldeia mais típica da Serra de Sintra, existe uma construção de linhas modernas, orientada em toda a sua frente para o Oceano Atlântico.
Casa da autoria da Arquitecta Leonor Duarte Ferreira, e residência do músico Mário Laginha.

AltoPenedo3
A razão da escolha deste fabuloso local para a construção da casa é descrita , em 2006, numa edição do PNSC "Parque Paraque Tequero":

"A atracção que Mário Laginha sente por aquela zona * é tão grande, que acaba de comprar um terreno no Penedo, onde, com Francisca está a construir a sua morada definitiva, uma casa de onde se vê a serra e o mar. Num lugar ainda mais dentro da serra."

* Anteriormente Mário Laginha vivia no Mucifal.
Nota : Esta casa já foi anteriormente publicada no blogue "Arrumário"

4 comentários:

Anónimo disse...

Pode ser que seja um optimo projecto e tudo o mais mas, que não tem qualquer enquadramento com a arquitectura tradicional da zona que seria desejável manter ... não tem !!! é pena ...muita pena !!!
saloio

Anónimo disse...

..."talvez a aldeia mais típica da Serra de Sintra"...
Era. Em breve será uma aldeia descaracterizada como todas as outras. Ou já será mesmo?
G.Lima.

pedro macieira disse...

Caros, Saloio e G.Lima,

Este ciclo de posts sobre arquitectura moderna em Sintra, levantou-me também várias questões, algumas sem resposta definitivas.

Aqui ficam algumas ideias:

-A questão do enquadramento de projectos modernos em zonas com características tradicionais, deverá ser sempre considerado - mas também há a considerar outros factores, exemplo:

http://riodasmacas.blogspot.com/2007/07/manso-de-colares-e-o-juiz-do-tribunal.html

A mansão do comendador Justino em Colares, além de ser um projecto cheio de ilegalidades,e de estar em zona que devia ser protegida do PNSC, e ter uma volumetria excessiva, imita uma "mansão" de outra época...

-Portanto a falta de enquadramento e o mau gosto tem que ser considerado...

-A questão de várias construções recentes (autorizadas?)em pleno PNSC, quando os próprios habitantes da área do parque, com imóveis antigos tem problemas nas alterações das sua antigas habitações.

-A descaracterização de uma zona rural - caso da aldeia do Penedo com construções que não respeitam as características tradicionais do local - no caso da casa de Leonor Duarte Ferreira, esta casa não se encontra no centro histórico do Penedo, embora do centro se possa vê-la –2ª foto que publiquei.

-O Penedo teve ao longo do tempo a vantagem de estar no interior, afastado das principais vias, isso de certo modo permitiu a conservação do seu aspecto histórico, com o seu largo, Fontanário, Igreja e Coreto até aos dias de hoje. O mesmo não se pode dizer das várias moradias que foram surgindo à sua volta.

-Numa altura em que mesmo no centro histórico de Sintra ,classificado pela Unesco “Património Mundial" existe grande dificuldade para preservar o património edificado, e defendê-lo da pressão dos interesses imobiliários, pois o poder autárquico, vive das taxas do próprio crescimento urbanístico que deveria controlar..

-Por outro lado existem projectos de arquitectura inovadores, com soluções (espaços e maior poupança energética) e enquadramento estético que merecem ser divulgados, e enriquecem e modernizam alguns locais da nossa paisagem.
-
-Continuarei a divulgar alguns dos projectos de arquitectura de Sintra, que na minha opinião sejam uma mais valia para Sintra.
Abraços

m. carmo disse...

Bela arquitectura mas para outro local!Vista de longe É mais uma ferida na paisagem da serra de Sintra tal como é o tribunal da localidade!Será que os responsáveis só vêem lucro e não possuem sensibilidade estética?!!Que responsabilidade terão os autarcas de Sintra?!Já vivi no Penedo (zona maravilhosa! Hoje angustia-me a visita!