sexta-feira, janeiro 07, 2011

Mais opiniões contra a necessidade do abate dos Plátanos de Colares

Photobucket

Tem o Rio das Maçãs, dirigido os seus mais recentes posts, para o que se tem passado em Colares - local de início de uma intervenção da Estradas de Portugal SA. Intervenção que tem programado o abate de 41 árvores e podas em 300, em vários locais de Sintra .

Iniciada no dia 13 de Dezembro de 2010, provocou já o abate desnecessário de dois centenários plátanos, em frente à Adega Regional de Colares. Facto que se enquadra no crime de lesa-património, pois não existe qualquer estudo tornado público (nem o do Eng.º Fabião do ISA), que apontasse para a necessidade de tais abates.

Mais uma vez a EP, em recente comunicado-resposta, não assume qualquer justificação para estes dois abates – portanto como é hábito não haverá responsáveis.

A Quercus, Árvores de Portugal, Liga de Protecção da Natureza, Olho Vivo, Info Nature Portugal e o Rio das Maçãs, irão conforme comunicado apresentar queixa junto do Ministério Público no Tribunal competente.

Também a Associação de Defesa do Património de Sintra (ADPS), irá apresentar uma queixa sobre o mesmo assunto à Unesco.

Hoje publicamos mais dois pareceres de entidades estrangeiras que mais uma vez, após análise de fotos e do resistograma do Plátano abatido (A8) do estudo do Eng.º Fabião do ISA, concluem que o plátano não necessitava de ser abatido.

PARECER I

Based on the findings you sent, it appears that there is increased
resistance (better wood quality) the further the drill enters the
tree. I am not an expert in resitograph readings but have assessed
enough to know that these trees appear to have good wood at the test
zone.

I did notice that the avenue planting photo shows the trees as being
‘topped’. Maybe this was reason for their removal?

Regards

Andrew Scales
Member NAAA
Dip. Horticulture / Arboriculture AQF5

Tradução

Com base nas informações enviadas, parece que existe uma maior resistência (melhor qualidade da madeira) quanto mais fundo a perfuradora penetra na árvore. Não sou especialista em leituras do resistógrafo, mas na minha opinião parece que a madeira é de qualidade na zona de teste.
Reparei, na fotografia que demonstra a rua toda, que as árvores estão sem parte de cima. Terá sido esta a razão pela qual as removeram?

Cumprimentos

Photobucket
O plátano A8, durante o abate

PARECER II

I am not a Resistograph operator myself however do have Resistograph
reports carried out for me, from time to time. The readings do not
appear to show any dramatic evidence of decay.

Separately to that, even if there was some internal decay, cutting
back the branchwork would (almost certainly) have been enough to
improve safety to an acceptable level for some years.

The only case where I would be likely to think differently would be
a) if this tree was showing poor condition, definitely worse than the
other trees, or b) there was significant decay visible at the base.

Best regards, and good luck!

- Geoff

Geoffrey March Dip. Arb. (RFS) F. Arbor. A.
Registered consultant, Arboricultural Association
Director, Tree Maintenance Ltd, Unit 60, Aston Down, Stroud,
Gloucestershire GL6 8GA

Tradução

Não sou operador de Resistógrafo, no entanto analiso alguns relatórios de Resistógrafos de vez em quando. Estas leituras não demonstram nenhuma evidência dramática de apodrecimento.
Além disso, mesmo se a madeira estivesse apodrecida internamente, cortar os ramos seria (certamente) suficiente para melhorar a segurança para um nível aceitável durante alguns anos.
O único caso no qual eu pensaria de forma diferente seria se esta árvore demonstrasse uma péssima condição, definitivamente pior do que as outras árvores, ou se fosse visível o apodrecimento na base da árvores.
Melhores Cumprimentos, e Boa Sorte!

Photobucket
Local onde antes existia o plátano A8

Outros pareceres:
-Parecer da organização Tree Strategies -Aqui!

-Parecer do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra -Aqui!

4 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Tomara que sejam salvas as outras e que sejam punidos exemplarmente estes ...assassinos.

Fatyly disse...

Subscrevo as palavras de Dona Sra. Urtigão.

Quanto àqueles que referi em baixo, não vão mesmo ser abatidos...UFA:)

Anónimo disse...

Divulgado aqui: http://tudosobresintra.blogspot.com/2011/01/rio-das-macas-divulga-pareceres-contra.html

LC disse...

Boas, achei este blog hoje, e gostaria de saber se posso utilizar a foto do Rebocador "Praia da Adraga", pois ele passou por cá e gostava de fazer um post sobre ele.
Obrigado.