terça-feira, fevereiro 15, 2011

As Árvores de Sintra

Photobucket

A convite de Pedro Nuno Teixeira dos Santos, da Árvores de Portugal e autor do blogue Sombra verde, escrevi um texto que pretende relatar o processo da intervenção da Estradas de Portugal SA. em Colares - intervenção que ainda está a decorrer.

O texto publicado no site da Árvores de Portugal –Aqui
Photobucket
Photobucket
Photobucket
http://www.arvoresdeportugal.net/2011/02/os-platanos-de-colares/#more-4153

4 comentários:

Anónimo disse...

Ainda hoje ouvi em Sintra, junto dum plátano que andavam a podar: - "Se os cortassem todos pela raíz..."
Esta gente não merece viver em Sintra!

pedro macieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse...

De facto é pena a indiferença que existe em relação aos plátanos de Colares ( e às árvores em geral)- estes plátanos fazem parte do património de Colares, são parte integrante da sua paisagem e deveriam ser mais respeitados.
Um abraço

Anónimo disse...

As podas (amputações) que se têm verificado um pouco por todo o Concelho de Sintra, são uma vergonha um crime. A Várzea de Colares está triste, com um aspecto desolador, não sei se alguma vez estas pobres árvores voltarão à sua frondosa grandiosidade. Achei curioso na notícia da manif dos pais por causa do Polo, ler que pena que ninguém tivesse aproveitado para também falar dos plátanos. Se perguntarmos a cada um individualmente o que acha da poda ou do Polo educativo, as respostas são idênticas, indignação, revolta, mas daí a conseguirmos que as pessoas deixem a sua vidinha diária e acima de tudo a convicção de que não vale a pena fazer nada, porque deixámos de ter força e poder para alterar alguma coisa ..... é ainda mais triste e essa sim é uma verdadeira amputação de que todos nós nos fomos deixando apoderar, permitindo que nos façam quase tudo, filhos incluídos.