terça-feira, agosto 30, 2011

A procissão da Praia das Maçãs

Procissao20119352Final

Da capela da Vila Guida, construída por Alfredo Keil, saiu mais uma vez no Domingo, a denominada procissão da Nossa Senhora da Praia, iniciada por Keil em 1893.
A particularidade dos andores atravessarem o areal e entrarem no mar da Praia das Maçãs, onde segundo reza a tradição têm de aguardar por sete ondas, é um acontecimento sempre acompanhado por centenas de pessoas .

ProcissaoPMacas28082011

Procissao3Final

Procissao28082011Afinal

Procissao28082011AAfinal

7 comentários:

Miguel Ferreira disse...

Lá estive pela primeira vez... É impressionante a quantidade de gente que junta! A procissão é muito simples mas ao mesmo tempo muito bonita. Sendo uma tradição sem dúvida especial para a região...

pedro macieira disse...

Miguel Ferreira,
Obrigado pela visita e comentário.
Um abraço

Fatyly disse...

Há uns dois ou três anos vi de longe a chegada à praia e achei uma beleza pela sua simplicidade. Nesse ano chovia a potes e este ano com o tempo tão bom não pude ir.

As fotos estão geniais!

Anónimo disse...

Olá Pedro

Valeu a pena a banhoca porque as fotos documentam bem o evento. Posso bem dizer que o fotógrafo estava lá... mas foi apanhado.

Um abraço
J. Brás

pedro macieira disse...

Fatyly,

É de facto invulgar uma procissão atravessar um areal pejado de banhistas num domingo de Agosto, com vários andores e participantes com as suas brancas opas, da "Real Irmandade da Real Ordem de São Miguel da Ala", e dirigirem-se para as ondas do Oceano Atlântico encabeçados por um conhecido fadista. Todos essese aspectos despertam muita curiosidade, e noto nos últimos anos um maior número de pessoas a observar e a participar.
Um abraço

pedro macieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro macieira disse...

oão Brás,
Todos os anos é necessário tomar (grande)banho para fazer as fotos dos andores dentro de água.
Quanto ao "apanhado", é um sosia...pois eu estava a tirar a fotografia na sua frente.
Um abraço